Da Porteira para Dentro, de Santana do Itararé, recebe prêmio de gestão pública do Paraná


 O projeto Da Porteira para Dentro, da cidade de Santana do Itararé, recebeu nesta terça-feira, 12, o “Prêmio Gestor Público do Paraná” entregue ao prefeito Joas Michetti (PDT) pelo deputado Romanelli (PSB) em sessão solene na Assembleia Legislativa em Curitiba. "Essa premiação mostra o quão importante são os projetos na vida das pessoas que mais precisam da ação de um governo e o prefeito Joas Michetti e sua equipe desenvolvem muito bem esse trabalho. Estão de parabéns", disse Romanelli.

"A prefeitura fez uma série de melhorias para incentivar a produção local já que 34% dos 5,5 mil moradores vivem na área rural, formada por pequenos agricultores produtores de leite, fruticultura (morango, maracujá, abacaxi e banana) e olericultura (tomate, pepino, pimentão)", completa Romanelli

Realizada pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná, com apoio do Tribunal de Contas do Estado, Assembleia Legislativa e outras entidades, a sétima edição do prêmio estabeleceu o urbanismo como tema do ano, analisando a capacidade de planejamento e execução de ações que desenvolvam as áreas rural e urbana dos municípios. De 2013 a 2018, já haviam sido inscritos mais de 700 projetos, dos quais 180 já foram premiados.

Programa - "Em abril 2017, levantamento da Secretaria da Agricultura apontou que para estimular as famílias de produtores a  permanecerem no campo era preciso promover incentivos nas atividades agrícolas. Foi o que fizemos", disse o prefeito Joas Michetti.

O prefeito adianta que foram realizadas várias ações, entre elas, a 
revitalização e melhorias em estradas, pontes e instalações de bueiros, construção de terraços, curvas de nível e caixas secas, proteção de minas e de nascentes, implantação de fossas verdes para esgoto doméstico e de esterqueiras para manejo adequado, atividades de integração e recreação das famílias, cursos, palestras e dias de campo para aprimoramento e qualificação e medidas para baixar os custos de produção de leite para os produtores com menos de 300 litros/dia.

"Diante das necessidades levantadas, a prefeitura criou em maio 2017 o programa “Da porteira para dentro” (lei municipal  nº 018/2017) que tem por objetivo fomentar e incentivar de forma sustentável as atividades desenvolvidas pelos agricultores familiares e desta forma proporcionar o aumento de renda e da qualidade de vida", completou Joas Michetti.
 
FONTE: ASSESSORIA
 
Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. CLIQUE AQUI
SIGA O LINKEDIN. CLIQUE AQUI
 
 
Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas