Em Cambará, Professoras lançam projeto "Ruas sem Lixo"

Uma iniciativa de três professoras do Centro de Educação Infantil Bom Jesus, de Cambará, despertou atenção da comunidade local por sua utilidade e exercício da cidadania.

 Elas desenvolveram o projeto RUA SEM LIXO, que tem como objetivo conscientizar as crianças e a população sobre a importância de manter as ruas limpas e descartar o lixo em locais adequados.

Cambará é uma cidade carente deste tipo de serviço. São raros os pontos onde o transeunte encontra uma lixeira por perto. Nas demais localidades da rua do comércio este tipo de serviço praticamente não existe.  

Pensando nisto, as professoras Amanda Cristina Silva, Isabela Costa Piani Silva e Rosana Cristina da Silva iniciaram um projeto dentro do Centro de Educação Infantil Bom Jesus. A iniciativa visava primeiramente conscientizar as crianças sobre a importância de exercer a cidadania e o descarte adequado do lixo, por exemplo, é um bom começo para se tratar o assunto.
Durante a elaboração do projeto, foram realizadas diversas atividades em sala de aula com as crianças. Cartazes foram confeccionados, colagens, desenhos, pinturas, até uma exposição com materiais recicláveis foi realizado junto com os alunos. Foi realizado ainda, um passeio com as crianças na Rua Doutor Genaro Resende, onde foi observado o acúmulo de lixo nas vias públicas e a ausência de lixeiras no perímetro.

Com base nestas informações, as professoras Amanda Cristina Silva, Isabela Costa Piani Silva e Rosana Cristina da Silva, surgiu a ideia de expandir o trabalho para a comunidade. “Foi neste momento que despertou a ideia da confecção das lixeiras”, destaca a professora Amanda. “Mas não tínhamos noção de preço e de como seria possível desenvolver o plano”, acrescentou.

Foi nesta altura do projeto que elas decidiram procurar por gente entendida no assunto. Neste momento entra em cena o empresário Sergio Santana, proprietário da Sercal Serralheria, que abraçou a causa, desenvolveu um uma lixeira versátil, de fácil manuseio e economicamente viável.  

Com os valores em mãos as professoras procuraram alguns empresários e comerciantes da cidade, que sensibilizados, investiram recursos na ideia. “Queremos agradecer à Sementes Sorria,  Pastelaria Divino Recheio,  Eletro Lucas,  C. M. C Materiais de Construção e Supermercado Pelissari, eles nos receberam com muita atenção e aderiram ao nosso projeto”, disseram as professoras.
Elas contaram com o aval da prefeitura municipal que autorizou a implantação das lixeiras nas vias públicas.
“Agradecemos ao prefeito José Salim que nos autorizou a implantar o projeto e também queremos fazer um agradecimento especial ao Sr. José (Pedreiro) que fez trabalho de instalação de forma voluntária”, Disse Leia Donato, diretora do Centro de Educação Infantil Bom Jesus.
O lançamento oficial aconteceu na manhã desta quarta-feira (18). Alguns comerciantes apoiadores do projeto participaram da ação. Júlia Nassif, Presidente do Lions Clube, também prestigiou o acontecimento. A movimentação das crianças nas ruas do comércio atraiu atenção de populares. “Nós queremos ruas sem lixo”, disseram em coro. “Uma cidade é feita de gente e quando esta gente é preparada para o futuro, quem ganha somos todos nós”, disse senhor Romualdo que passava pelo local e soube da inciativa e diz ter ficado satisfeito com a ideia. “As crianças precisam de bons exemplos, o futuro agradece”, resumiu.  

 Para quem tiver interesse em aderir ao projeto, basta entrar em contato com a direção do Centro de Educação Infantil Bom Jesus.
O custo de cada lixeira é de R$200,00 pronta, adesivada, exceto a instalação, que foi gentilmente realizada de forma voluntária pelo Zé Pedreiro, neste projeto inicial.


FONTE E FOTO: Roberto Fransciquini - Circulando.aqui





Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. CLIQUE AQUI
SIGA O LINKEDIN. CLIQUE AQUI

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas