Santana do Itararé: soja e uma variedade grande de produtos


Premiado várias vezes nas edições do Prêmio Gestor Público Paraná, o programa “Da Porteira para Dentro”, da Prefeitura de Santana do Itararé, visa fomentar e incentivar as atividades desenvolvidas pelos produtores rurais do município. São ações que incrementam as atividades agropecuárias e agroindustriais, com a execução de obras preferencialmente nas pequenas e médias propriedades. Com homens, máquinas e outros equipamentos, o programa tem as participações da secretaria municipal de agricultura e pecuária e da secretaria municipal de obras.
Com certeza, em grande parte em virtude desse apoio, Santana do Itararé tem uma variada produção agropecuária. Conforme dados do Ipardes, o município, com 252 km2 de área territorial, é um dos maiores produtores de leite do Paraná, com uma produção de 17.204 litros. Tem soja plantada em 10.000 hectares, milho em 3.500, trigo em 2.500, feijão em 1.350. E a diversidade é grande: aveia, mandioca, café, manga, maracujá, banana, abacaxi, arroz, cana-de-açúcar, tomate, melancia, cebola. As maiores criações são de bovinos, galinhas e suínos. Destaque-se ainda a produção de mel. Recentemente, o queijo colonial da produtora Marisa Alexandre Martins conquistou o 2º lugar no Concurso de Queijos Artesanais do Paraná, promovido pela Emater. É feito com leite de gado Jersey que bebe água de boa qualidade.

Festa
Todos os anos acontece a realização da Feira do Produtor Rural. Neste ano, se as coisas melhorarem na questão do coronavírus, acontecerá a 4ª. edição em Outubro. Trata-se de uma grande festa, que coincide com a data de aniversário da cidade (59 anos em 2020, que foi emancipada de Wenceslau Braz.
Tem shows artísticos, feira de sabores, exposições de máquinas e implementos, mostra de produtos agrícolas, artesanato, produtos coloniais, gincana, cavalgada, parque de diversões, palestras técnicas, premiações aos melhores leites, gincana esportiva.

A atividade econômica ainda tem o “reforço” de uma atividade importante, a extração de areia do rio Itataré e do funcionamento de algumas indústrias, como de polvilho de mandioca, de polpas de frutas (duas empresas: a Frutamil e a Pro-Polpa) e da fábrica de rações da Nutriagro.
As principais atrações são o rio Itararé, que permite pescas de mandi, traira, tucunaré, pacu, tilápia, cascudo, curimba, piava; as cachoeiras do Saltinho e do Sene. Na área urbana, destacam-se os edifícios da Paróquia Sant´Ana (Diocese de Jacarezinho) e da CCB – Congregação Cristã do Brasil.


Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
Entre no nosso grupo do Telegram. CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. CLIQUE AQUI
SIGA O LINKEDIN. CLIQUE AQUI

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas