Guto Silva faz alerta e diz que governo avalia medidas mais duras

governo paraná covid



Guto Silva, chefe da Casa Civil e braço direito do governador Ratinho Junior (PSD), fez um alerta contra a covid-19 no Paraná nesta sexta-feira (26). Segundo ele, os técnicos avisaram que as próximas semanas serão duras no combate à pandemia.

“Gostaria de compartilhar com vocês a minha preocupação com os próximos 15 dias. Estamos fazendo todo o trabalho de ampliação do sistema de saúde, testes etc, mas hoje recebi novo alerta dos técnicos que as próximas semanas serão duríssimas”, disse.

“Por favor, orientar amigos e familiares pra buscarem o isolamento pois a situação é muito grave. Estamos avaliando medidas mais duras para os próximos dias, mas será a consciência da população que garantirá sairmos desta pandemia o mais rápido possível”, completa ele no alerta que está sendo compartilhado nas redes sociais.
A vericidade do texto foi confirmada pelo próprio Guto Silva ao Paraná Portal.

CASOS DE COVID-19 TRIPLICARAM NO PARANÁ NESTE MÊS

Conforme o último boletim da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde). o Paraná registra 17.618 casos e 526 mortes por coronavírus.
O número mais que triplicou em relação aos dados do dia 1º de junho, quando o Estado tinha 4.835 casos. O número mais que triplicou no dia 22 e pode quadruplicar ainda neste mês caso o ritmo de crescimento siga o mesmo nos próximos dias.

O recorde de confirmações em 24 horas foi na última quarta-feira (24), quando 1.094 contaminados foram incluídos no balanço do governo estadual.
A semana passada ficou marcada pela “explosão” de casos, alertada pelo presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, Clóvis Arns, e pelo Conselho Regional de Medicina. Agora, é o governo quem emite o alerta.

POR ENQUANTO, GOVERNO APOSTA NA CONSCIENTIZAÇÃO DA POPULAÇÃO 

Até o momento, o governo do Paraná e a prefeitura de Curitiba seguem apostando na conscientização da população no uso de máscaras, distanciamento social e evitar aglomerações. Contudo, o transporte coletivo segue sendo o principal obstáculo da administração.
Os últimos decretos estaduais, publicados no fim da semana passada, proibiram o consumo e venda de bebidas alcoólicas no Estado e limitaram os horários de atividades comerciais em Curitiba e Região Metropolitana. Ratinho Junior enxerga que a Covid-19 está atuando de forma mais rápida e forte em Curitiba e por isso a Região Metropolitana deve seguir as mesmas regras da capital.
Por isso, shoppings centers devem funcionar das 12h às 20h, de segunda a sexta-feira, e o comércio apenas das 10h às 16h. Contudo, os comerciantes de Curitiba não flexibilizaram o horário de trabalho dos funcionários, o que fez com que o decreto não surtisse efeito.
FONTE: PARANÁ PORTAL



Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI 
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
Entre no nosso grupo do Telegram. CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. CLIQUE AQUI
SIGA O LINKEDIN. CLIQUE AQUI
Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas