Conselheiro Mairinck conclui obra de água encanada no bairro Macária



Em parceria com a Câmara Municipal, a Prefeitura de Conselheiro Mairinck conclui a instalação da bomba, caixa de armazenamento e instalação de encanamentos para entregar água encanada no bairro Macária. Esse é o segundo poço artesiano ativado na atual gestão e são mais de 30 famílias que irão receber água potável de qualidade em suas propriedades.
Segundo o Prefeito Alex Sandro a saúde da população Mairinquense tem que ser levado a sério. “Queremos melhorar cada vez mais a qualidade de vida de toda nossa população e desta vez o bairro Macária recebe água encanada de qualidade”, destaca.
Foram usados recursos repassados no final do ano passado pelo Legislativo Municipal e recursos próprios. A obra teve um custo total de R$32.999,20, que foram gastos na contratação da empresa para instalar caixa d’agua com capacidade de 20 mil litros, encanamento especial, serviços de guincho, mão-de-obra, etc. Já que o poço foi perfurado em outra gestão e estava parado.
O poço, será administrado pela Associação de Moradores do bairro Macária, que ficará responsável pelas ligações. O primeiro poço foi construído no bairro Água Amarela e os próximos bairros que serão atendidos são: Bairro dos Pintos e Ponte Preta. Mais uma vez a parceria entre Prefeitura e Câmara traz benefícios e qualidade a vida do cidadão Mairinquense.

Associação de Moradores
A AMBAMA – Associação de Moradores do Bairro Macária foi fundada no dia 11 de setembro de 2019. Foi criada com o intuito de gerir os recursos hídricos provenientes do poço artesiano perfurado pela Prefeitura na propriedade do senhor Amauri Jacinto Nunes – que cedeu o terreno de 25 metros quadrados para perfuração. A caixa, onde será armazenada a água, foi instalada na propriedade do cafeicultor Carlos Roque de Siqueira, que cedeu uma área de 100 metros quadrados – que ficarão à disposição da associação enquanto ela existir, bem como o poço.
A AMBAMA, ficará responsável por arrecadar um valor mensal de cada morador para custear os gastos que o sistema de água encanada vai gerar. Os associados poderão usar a água, de maneira racional para o uso domésticos, pequenas hortas e criação de animais. Não será permitido que os produtores usem a água para encher represa, irrigação de lavouras e granjas.
A manutenção do sistema - rede central - ficará por conta da Associação. Já a ligação dos ramais na rede principal ficará por conta dos usuários.



FONTE: ASSESSORIA PREFEITURA




Já segue nossas Mídias Sociais

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
Entre no nosso grupo do Telegram. CLIQUE AQUI

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas