Médicos participam de reunião da Frente Parlamentar do Coronavírus


O deputado Michele Caputo (PSDB), coordenador da Frente Parlamentar do Coronavírus, confirmou nesta terça-feira, 7, a participação dos médicos Clóvis Arns da Cunha e Dorival Ricci Júnior na reunião da frente de quinta-feira, 9, às 10h, em videoconferência. O evento será transmitido ao vivo pelos canais oficiais de comunicação da Assembleia Legislativa.

Arns da Cunha é presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia e Ricci Júnior defende o tratamento precoce da covid-19. "O doutor Clóvis falará sobre a situação do coronavírus no Paraná, o comportamento da doença e o que podemos esperar para o futuro", disse Michele Caputo.

"Trata-se de uma doença muito séria, que já vitimou mais de 65 mil brasileiros. Por isso, não podemos subestimá-la. É fundamental que todos cumpram com as recomendações das autoridades de saúde e respeitem os profissionais que estão dedicados para cuidar da vida das pessoas",completa o deputado.  

Medidas - O médico Arns da Cunha deve apresentar dados importantes que reforçam a necessidade de medidas mais rígidas de combate ao coronavírus. As novas restrições, segundo médico, determinadas pelo Estado refletem o agravamento do quadro da Covid-19 nas cidades que integram as oitos regionais de saúde.

"Infelizmente, a sociedade vai ter que dar um passo para trás e não temos outra opção a não ser fazer agora o isolamento", disse Arns de Cunha. Para ele, a colaboração da sociedade é fundamental no controle da situação no Paraná.

Já o doutor Dorival Ricci Junior defende o tratamento da doença desde os três primeiros dias. O uso dos medicamentos certos de forma precoce, segundo ele, pode reverter o quadro do paciente e evitar a internação.

Os especialistas que defendem esse tipo de tratamento afirmam que é possível reduzir a zero o número de internações caso os medicamentos corretos sejam administrados a partir dos três primeiros dias dos sintomas da covid-19.

Subcoordenadores - A frente parlamentar, composta por 31 deputados, indicou a deputada Maria Victória (PP) como vice-coordenadora e dividiu os trabalhos em 11 áreas. Cada uma delas tem subcoordenador.

Foram indicados os deputados Arilson Chiorato (PT) - subcoordenadoria da retomada da economia, Emerson Bacil (PSL) - ciência e tecnologia, Subtenente Everton (PSL) - assistência social, Goura (PDT) - mobilidade, Delegado Jacovós (PL) - segurança, Professor Lemos (PT) - educação, Mabel Canto (PSC) - mulheres e pessoas em situação de vulnerabilidade, Soldado Fruet (Pros), defesa civil, Nelson Luersen (PDT) - agricultura, e Tercílio Turini (CDN) - saúde.
Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas