Com cancelamento da FRUTFEST, devolução financeira é realizada



No mês de setembro o município de Carlópolis seria o centro do Norte Pioneiro com atrações artísticas atraindo um grande público para a FRUTFEST. Devido a pandemia, ainda no início de maio foi adiada para dezembro e posteriormente cancelada.
Nesta quarta-feira, 12, a Comissão Organizadora e o prefeito Hiroshi Kubo explicaram que todas as providências decorrentes do cancelamento da FRUTFEST foram concluídas e dentro da legalidade.
Entre os exemplos que o prefeito explica foram as rescisões dos contratos dos shows, praça de alimentação estacionamento, com devolução financeira e integral. Além disto, as cotas de patrocínios também tiveram devolução financeira integral como os valores pagos pelos camarotes.
“Esclarecemos que ninguém e nenhuma empresa teve prejuízo com o cancelamento da FRUTFEST devido a pandemia da COVID 19. O orçamento ultrapassou R$ 1,3 milhão”, finaliza o prefeito Hiroshi.


É proibida a cópia ou reprodução total ou parcial dos artigos do Blog do Marcos Junior bem como de suas imagens sem autorização por escrito. O conteúdo do Blog do Marcos Junior é protegido pela Lei de Direitos Autorais (nº 9610/98).



Já segue nossas Mídias Sociais?
ENTRE EM NOSSO GRUPO DO WHATS. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
Entre no nosso grupo do Telegram. CLIQUE AQUI


Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas