Crea-PR apresenta propostas para candidatos de municípios do Norte Pioneiro



Com o objetivo de contribuir com melhorias na gestão pública, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) está distribuindo propostas nas áreas de Engenharias, Agronomia e Geociências para os candidatos das principais prefeituras do Norte Pioneiro.

O Programa chamado “Agenda Parlamentar – O Paraná em Debate” traz ideias e soluções de políticas públicas para os futuros gestores. A iniciativa conta com a parceria de Entidades de Classe e Instituições de Ensino Superior. As propostas foram apresentadas para os candidatos dos municípios de Jacarezinho, Santo Antonio da Platina, Bandeirantes, Uraí, Cornélio Procópio, Ibaiti, Ribeirão Claro, Cambará.

O Engenheiro Eletricista e gerente regional do Crea-PR em Londrina, Edgar Tsuzuki, explica que o objetivo da ação é sensibilizar os candidatos em relação às principais demandas relacionadas às áreas de Engenharia, Agronomia e Geociências dos municípios e da população. “Queremos abrir diálogo com os postulantes ao Executivo destas cidades e esperamos que as propostas apresentadas sejam incorporadas aos respectivos planos de governos”, diz. As propostas são apresentadas por meio dos Cadernos Técnicos e dos Estudos Básicos de Desenvolvimento Municipal (EBDM), materiais produzidos por profissionais técnicos altamente especializados que voluntariamente participam deste trabalho com o Crea-PR.

A Agenda Parlamentar é um dos programas mais importantes do Crea-PR. Os materiais produzidos para a edição de 2020, por conta das eleições municipais, estão disponíveis no site: https://agendaparlamentar.crea-pr.org.br/. Na região do Norte Pioneiro são 48 EDBMs e 17 candidatos a prefeito. Conheça as propostas para os oito municípios da regional:

Bandeirantes

Programa Casa Fácil, estacionamento rotativo, estruturação e valorização do quadro técnico municipal, hortas comunitárias urbanas, estradas e sinalização rural.

Cornélio Procópio

Lei da inspeção predial, implementação e operacionalização da coleta seletiva de resíduos sólidos urbanos recicláveis, sinalização de trânsito, estradas e sinalização rural, acessibilidade em calçadas, estruturação e quadro técnico municipal e Programa Casa Fácil.

Uraí

Programa Casa Fácil, estradas e sinalização rural, estruturação e valorização do quadro municipal, hortas comunitárias urbanas.

Ibaiti

Instituto de Planejamento Urbano, conservação de nascentes, implementação e operacionalização da coleta seletiva de resíduos sólidos urbanos recicláveis, acessibilidade em calçadas, mobilidade urbana, preservação permanente de microbacias hidrográficas.

Jacarezinho

Implementação da coleta seletiva de resíduos sólidos urbanos recicláveis, conservação de nascentes, preservação permanente de microbacias hidrográficas, estruturação de quadro técnico municipal, consórcios públicos intermunicipais (alternativa sugerida para gestão pública), mobillidade urbana, Programa Casa Fácil, estradas e sinalização rural.

Ribeirão Claro

Conservação de nascentes, Programa Casa Fácil, estruturação e valorização do quadro técnico municipal.

Cambará

Conservação de nascentes, Programa Casa Fácil, estruturação e valorização do quadro técnico municipal, preservação permanente de microbracias hidrográficas, agricultura familiar diversificada e sustentável, estradas e sinalização rural.

Santo Antônio da Platina

Sinalização de trânsito, Lei de inspeção predial, implementação e operacionalização da coleta seletiva de resíduos sólidos urbanos recicláveis, acessibilidade em calçadas, estruturação e valorização do quadro técnico municipal, mobilidade urbana, Programa Casa Fácil, conservação de nascentes, incentivo ao uso de energias renováveis.

Os Cadernos Técnicos orientativos

Os Cadernos Técnicos do Crea-PR apresentam propostas de solução para problemas enfrentados pela maioria dos municípios paranaenses e caminhos que podem ser seguidos pelos gestores públicos para seu enfrentamento. Os dados foram levantados por profissionais voluntários do Conselho e pelas Entidades de Classe regionais seguindo quatro eixos temáticos: Saneamento e Resíduos; Desenvolvimento Regional e Integrado; Desenvolvimento Rural e Infraestrutura, Mobilidade e Transporte.


FONTE: ASSESSORIA

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas