Palhares buscará soluções para trevos de rodovias e nova passarela

 


Melhorias e ações em rodovias não são prerrogativas de governos municipais, mas o prefeito eleito de Jacarezinho, Marcelo Palhares (PSD), deve levar antigos pedidos da comunidade ao DER/PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná) e DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte) para que providências sejam tomadas e soluções garantam mais segurança aos perímetros urbanos da BR-153 e PR-431.

Ao menos três situações se mostram urgentes: o acesso da PR-431 à Vila São Pedro, pela Rua São Paulo, o acesso da BR-153 ao Parque Industrial e a necessidade de uma passarela sobre a BR-153, ligando o Jardim São Luiz ll ao Jardim São Luiz e bairros vizinhos.

Além disso, os acessos ao Aeroporto também já demandam um estudo de fluxo, uma vez que o bairro tem uma quantidade de veículos superior a de muitos municípios da região, por exemplo.

Por fim o cruzamento entre as duas rodovias, BR-153 e PR-431, também é alvo de reclamações de motoristas. Cada uma das situações será levada de forma individual aos órgãos responsáveis.

“Jacarezinho é cortado por uma rodovia e margeado por outra então os acessos precisam ser seguros. Também existe a questão da instalação de uma passarela no Jardim, implantação de um acesso ao Parque Industrial e conforme a cidade crescer vão aparecer mais demandas, porque serão novos bairros, novos avenidas e mais carros trafegando. Então precisamos já ter um planejamento para o futuro, além, óbvio, de resolver os problemas atuais”, afirma Palhares.

“Existe um projeto muito real de duplicação da BR-153 para os próximos anos, então é preciso entender as modificações que acontecerão para adotar as medidas que garantam um fluxo seguro para moradores e acessos bem estruturados à cidade. De qualquer forma já levamos algumas dessas situações ao Sandro Alex, secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, e tenho certeza que com o tempo vamos conseguir sanar esses problemas”, projeta o prefeito eleito de Jacarezinho.


FONTE: ASSESSORIA

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas