Trabalhadores de transportes autônomos se posicionam contra greve dos caminhoneiros



A Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) se posicionou, em nota, contra a greve de caminhoneiros prevista para o dia 1º de fevereiro. A entidade, que tem representação legal da categoria, entende que, “apesar das dificuldades dos caminhoneiros, este não é o momento ideal para uma paralisação”, considerando a pandemia de coronavírus.

A confederação leva em conta, também o cenário positivo para o transporte de carga e o bom relacionamento com o governo federal. A nota divulgada ainda ressalta que a decisão sobre eventual paralisação é prerrogativa exclusiva da categoria e sugeriu que a prevista para o próximo dia 1º estaria pautada em “interesses pessoais e políticos de indivíduos com fins de autopromoção”.

“A CNTA acredita que a deflagração de uma greve, especialmente de caminhoneiros, deve ocorrer somente quando esgotadas todas as alternavas plausíveis de discussão e negociação”, finaliza a nota.


FONTE: CANAL RURAL


Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas