Vamos vencer a pior crise sanitária do século, diz Michele Caputo




O deputado Michele Caputo (PSDB) disse nesta quinta feira, 21, que as cidades paranaenses estão dando um exemplo nesta campanha de vacinação contra o coronavírus. A expertise de décadas e a organização da atenção básica nos municípios são pontos fortes do Paraná neste processo de imunização.

“Acompanhei a agilidades das prefeituras e das equipes municipais de saúde que assim que receberam as doses já começaram a aplicar as vacinas. As cidades do Paraná estão dando um exemplo ao país e ao mundo", disse o coordenador da Frente Parlamentar do Coronavírus.

"Temos que continuar em alerta, usando máscaras, lavando as mãos e evitando as aglomerações, mas também temos mais um motivo para acreditar que estamos começando a virar o jogo contra o coronavírus. Que essas dois milhões de doses da CoviShield cheguem logo ao Brasil e já sejam distribuídas aos municípios", reforçou Michele Caputo ao comentar a decisão da Índia de enviar os imunizantes ainda nesta semana.  

O secretário de Relações Exteriores da Índia, Harsh Vardhan Shringla, confirmou a  exportação das vacinas ao Brasil. A Índia é o maior produtor mundial de imunizantes, pela longa trajetória e experiência desenvolvidas pela farmacêutica britânica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford.

Novas vacinas - As primeiras remessas de doses serão enviadas para o Brasil nesta sexta-feira, 22. O governo brasileiro aguarda os dois milhões de doses adquiridas pela Fiocruz. “As vacinas simbolizam a retomada da esperança, da economia, do emprego, do turismo, da vida sem medo", reiterou.

O Brasil também espera o envio de insumos farmacêuticos da China para produzir a vacina nos Instituto Butantan e na Fiocruz. O instituto paulista espera produzir 46 milhões de doses nos próximos quatro meses. A Fiocruz deve entregar 100,4 milhões de doses até o final do primeiro semestre. No segundo semestre do ano, a produção passará a ser 100% nacional e mais 110 milhões de doses serão entregues.

"Desejamos sabedoria ao governo federal e a celeridade nas tratativas referente aos imunizantes. Nosso desejo é ver toda a população imunizada o quanto antes, para que essa pandemia se torne apenas uma lembrança ruim. A ciência é a grande aliada da vida e graças a ela e a todos os guerreiros que dedicaram seu tempo a essa causa estamos vencendo umas das piores crises sanitárias do século", completou Michele Caputo.

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas