Volta às aulas presenciais no Paraná de forma escalonada será apenas na rede pública, diz Sesa



A retomada das aulas presenciais no Paraná de forma escalonada por faixa etária será obrigatória apenas para as escolas municipais e estaduais, segundo o diretor-geral da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Nelson Werner Júnior.


Uma resolução publicada na quinta-feira (4), que tem força de lei, também determinava a medida para as escolas particulares, que retomaram as aulas presenciais no início desta semana. Na rede pública, a volta será a partir de 18 de fevereiro.


A mudança foi divulgada no fim da manhã deste sábado (6) pelo diretor da Sesa. Segundo ele, o documento será editado e republicado na segunda-feira (8) com alterações.

As aulas presenciais foram suspensas no dia 20 de março de 2020, por tempo indeterminado, por causa da pandemia do novo coronavírus.


O início do ano letivo está previsto para o dia 18 de fevereiro, em sistema híbrido, com revezamento dos alunos na modalidade presencial e online. Além de escalonamento semanal, ou com outra periodicidade, a depender da estrutura, capacidade local e número de alunos matriculados.


De acordo com a resolução, está proibida a realização de atividades coletivas que envolvam aglomeração ou contato físico, incluindo esportes coletivos e modalidades de luta.


O texto ressalta que com suspeitas ou confirmações de Covid-19 na comunidade escolar ou acadêmica existe a possibilidade de cancelamento das aulas presenciais de forma parcial ou total.


A resolução vale para o retorno das atividades curriculares e extracurriculares.


Segundo a Sesa, a higienização e a desinfecção de áreas internas e externas das escolas devem ser intensificadas.


A ocupação máxima de cada sala deverá ser calculada de acordo com o espaço, respeitando distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os estudantes.



FONTE: G1 PARANÁ

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas