Asfalto cobre saibro em 25 ruas da Regional Santa Felicidade



Antigas ruas de saibro de sete bairros da Regional Santa Felicidade ganharam pavimento asfáltico e infraestrutura de drenagem, com galerias de águas pluviais, bocas de lobo e meio-fio. As intervenções do programa Asfalto no Saibro coordenadas pela Secretaria Municipal de Obras Públicas alcançaram 25 vias, sendo que a Rua Antônio Kolody recebeu as melhorias em dois diferentes trechos.

Nesta quinta-feira (13/5), Carlos Roberto Paes aproveitou a trégua da chuva para continuar o trabalho de pintura da sua casa que fica na Rua Jorge Dall'igna, no bairro Santo Inácio. A via está com obras prestes de serem concluídas e, em 107 metros do trecho entre a Rua Tadeu Rogério Pamplona e o seu final da rua, o pó e a lama não estão mais presentes.

“Aqui era terrível. A sujeita de poeira e lama me fazia deixar a casa sempre fechada. Meu carro, que é branco, não permanecia limpo por muito tempo. Com a obra ficou 100% melhor. Até me animei a pintar a casa”, contou Carlos Roberto Paes.

A Rua Jorge Dall'igna também foi alargada, permitindo a passagem simultânea de dois veículos. Inclusive, conforme relatou o morador, antes os caminhões da coleta de lixo chegavam a raspar e enroscar em pés de bambu plantados na margem da rua de tão apertado que era o espaço.

Também no Santo Inácio, a Rua Tadeu Rogério Pamplona passou a contar com asfalto novo e drenagem nos 57 metros entre as ruas Otávio Ganz e Jorge Dall'igna. Ainda no bairro, foram totalmente requalificadas as ruas Félix Domakoski, nos 220 metros do trecho entre as ruas Tobias de Macedo Júnior e José Cechelero; a Pedro Leitoles, em 59 metros entre a Rua Olívio Coraiola e o final da via; e a Rua José Boiko, entre a João Batista Dallarmi e o final da via em 165 metros de extensão. 

Histórico

De acordo com o secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues, os serviços nas 25 ruas da Regional Santa Felicidade transformaram 3.566 metros de piso de saibro em asfalto novo, eliminando o pó, a lama e os buracos.

“Vale lembrar que o novo pavimento também encobre o mecanismo de drenagem, que foi implantado no início das obras e que evita que a água das chuvas fique empoçada ou até provoque alagamentos. As ações do programa Asfalto no Saibro garantem mais qualidade de vida aos moradores”, disse Rodrigo Rodrigues.    

Confira os outros bairros e as demais ruas atendidas com obras na Regional Santa Felicidade:

1. Butiatuvinha

- Rua Hellena Betecek, entre o pavimento existente e a Rua Domingos Benatto (200 metros);
- Rua Antônio Kolody – trecho 1, entre a Travessa Ângelo Pianaro e a casa n.º 5 (70 metros);
- Rua Antônio Kolody – trecho 2, entre a casa n.° 5 e o final da rua (58 metros);
- Rua Serafina Cuman Culpi, entre a Rua Domingos Gulin e o final da rua (59 metros);
- Rua Astolpho Macedo Souza, entre o pavimento existente e o final da rua (184 metros);
- Rua Hellena Betecek, entre as ruas Brasílio Cuman e Domingos Benatto (450 metros).

2. Campina do Siqueira

- Rua Germano Demuth, entre os trechos da pavimentação existente (84 metros).

3. Cascatinha

- Rua Francisco Boscardin, entre a Avenida Manoel Ribas e a Rua José Scrickte (200 metros).

4. Mossunguê

- Rua Domingas Nicco, entre a Rua Tereza Zacot Nicco e o final da rua (82 metros);
- Rua Grã Nicco, entre a Rua José Nicco e o final da rua (65 metros); 
- Rua Jorge Lell, entre as ruas Marcos Andreatta e Ricardo Valt (89 metros);
- Rua Myriam de Lourdes Neves, entre a BR-277 e a Rua Bernardo Morosin (148 metros).

5. São Braz

- Rua Inácio Wichnewski, entre os números 290 e 830 (338 metros); 
- Rua Rosa Olivia Cruzeta, toda a extensão (67 metros);
- Rua São João do Triunfo, entre a Rua Quinta do Sol e o pavimento existente (213 metros);
- Rua Adaguimar de Pinho Klat, entre a Rua João Zílio e a Estrada da Mina do Ouro (93 metros);
- Rua Ivete Maria Vargas, entre a Rua Emílio Zattera e o final da rua (77 metros).

6. Santa Felicidade

- Rua Engenheiro Ronald Machado da Luz, entre as ruas Desembargador Edson Nobre de Lacerda e Francisco Fay Neves (100 metros);
- Rua José Wisnievski, entre a Rua Gerd Claassen e o final da rua (88 metros);
- Rua Fernando Corrêa de Azevedo, entre as ruas Aboud Khalil e Oswaldo Otto Stephanes (104 metros);
- Rua Papa Adriano IV, entre a Rua Justo Manfron e o final da rua (188 metros).


fonte: Prefeitura de Curitiba

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas