Compra Direta é exemplo para o País, diz deputado Romanelli



O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) destacou, nesta sexta-feira (6), o reconhecimento nacional do programa Compra Direta Paraná, finalista do Prêmio de Excelência em Competitividade do Centro de Liderança Pública. “A estruturação deste programa é resultado de um esforço conjunto que permitiu transformá-lo em política pública. É um exemplo para o País e que merece reconhecimento pelos resultados que apresenta”, afirmou o dpeutado, que atuou diretamente nesta iniciativa como secretário do Trabalho do Estado, no início da década passada.

Romanelli explica que o Compra Direta contribui para o desenvolvimento da agricultura familiar, que é quem fornece os produtos, por meio de associações e cooperativas, e atende uma grande rede de assistência social. “É o típico caso do ganha-ganha. O programa fortalece o pequeno agricultor e coloca comida na mesa de quem mais precisa”, disse o deputado.

"No Paraná durante os anos de 2011 a 2014, a Política Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional e através do Programa Compra Direta, parceria com o governo federal, foram R$ 92 milhões investidos, dez mil agricultores familiares e 3.200 entidades sociais atendidos", completa.

Agricultura familiar - Em 2020, o programa atendeu 12,5 mil agricultores vinculados a 147 cooperativas ou associações de pequenos produtores. Elas forneceram gêneros alimentícios a mais de 900 entidades. Neste ano, foram contratadas 148 cooperativas e associações da agricultura familiar (18.052 agricultores) que estão entregando os alimentos em 1.100 entidades da rede socioassistencial.

A lei 7.306, de 13 de abril de 2021, transformou o Compra Direta Paraná em uma política de Estado. Nos últimos dois anos o investimento alcançou R$ 47 milhões, recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza.

Prêmio - Neste ano, 280 políticas públicas de todo o Brasil foram inscritas no Prêmio de Excelência em Competitividade. Das seis finalistas, três serão vencedoras. Entre os critérios avaliados pela banca de seleção estão a inovação, competitividade, replicabilidade, sustentabilidade e equidade.


FONTE: ASSESSORIA

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas