Em Ibiporã, campanha de Castração Solidária atendeu, em setembro, cerca de 400 animais entre cães e gatos



Aconteceu no final do mês de setembro na antiga Biblioteca Cidadã, a campanha de Castração Solidária, em parceria com o projeto PARE (Proteção aos Animais Rejeitados e Excluídos), com a equipe da Dra. Fabiana Caetano, idealizada e promovida pela vereadora Maria Galera, por meio de seu gabinete, com apoio da administração municipal.

Objetivada em atender a população que não se enquadra nos programas sociais e ações de castração gratuitas, a campanha, por meio da administração municipal, contou com local e infraestrutura adequados para o seu desenvolvimento e atendeu, naquela semana, cerca de 400 animais entre cães e gatos, a preço popular.

O prefeito José Maria Ferreira, em fala sobre a iniciativa, registrou: “Esta ação da vereadora Maria Galera é de muita importância, vem para colaborar com o controle de animais em nossa cidade, vem para evitar que muitos sejam deixados nas ruas e que sofram maus tratos. Além disso, precisamos reiterar que os tutores devem exercer com responsabilidade os cuidados, que promovam a estes animais, um tratamento digno. Esta é uma ação que valoriza a vida, que cuida da saúde do animal, que respeita a natureza, a nossa cidade, e é por isso que enquanto administração municipal, apoiamos integralmente”, concluiu o prefeito.

Vale lembrar que a castração é um procedimento cirúrgico, foi realizado de maneira responsável por médicos veterinários, e o pós operatório também foi assistido pelos profissionais. Os tutores receberam orientações para a continuidade dos cuidados, a fim de instruí-los sobre as práticas que evitarão infecções e auxiliarão na recuperação dos pets.

A vereadora Maria Galera afirmou: “Esse projeto é fruto de muito esforço, e conta com a boa vontade de várias pessoas envolvidas, pois o valor das castrações em clínicas particulares geralmente ultrapassa a casa dos R$400,00 até 10kg, e com esse projeto o preço médio ficou em torno de R$ 100,00 até 20kg com a medicação inclusa, deste modo foi possível que varias pessoas pudessem dar melhor qualidade de vida para seus bichinhos e ainda contribuírem para que a longo prazo não tenhamos animais abandonados pelas ruas de nossa cidade”, concluiu a vereadora.

A ação, desde sua data inicial, permaneceu em atendimento inclusive aos finais de semana, tendo considerável adesão e sucesso nos procedimentos realizados.


FONTE: PREFEITURA DE IBIPORÃ

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas