Feira Internacional de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná é realizada de quarta e sexta-feira



Os olhos do mercado cafeeiro do Brasil e até do exterior estão voltados ao Norte Pioneiro. Isso porque nesta quarta-feira (27) teve início mais uma edição da Feira Internacional de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (Ficafé), novamente contando com a participação de um grande número de produtores, profissionais do agronegócio, empresas, torrefações, cafeterias, compradores nacionais e internacionais, e amantes da bebida.

Em sua 14ª edição, a feira vem em formato 100% digital, assim como no ano passado, em virtude da pandemia. Todos os conteúdos da feira são disponibilizados no site da Ficafé ou no aplicativo da feira, disponível para celulares.

A programação é variada. Serão abordados temas como planejamento anual e gestão da propriedade cafeeira; agricultura 4G na cafeicultura moderna, uso de drones e vants; mercado de cafés especiais; energias renováveis nas propriedades; produção de café com sustentabilidade; evolução e aspectos técnicos de regulagem de colhedoras de café; plantio de café sem sustos e irrigação por gotejamento; o papel da mulher na cadeia do café especial; café especial do pé à xícara; uso racional de fertilizantes na nutrição e qualidade do café; poda do café e produtividade.

A grade ainda traz palestras específicas para mulheres que atuam na produção e gestão de propriedades cafeeiras, e conteúdos relacionados à fruticultura, especificamente para a produção de maracujá, abacaxi, goiaba e morango. Temáticas como gastronomia, turismo, casos de sucesso em produção orgânica, panorama regional da agroindústria familiar, protagonismo feminino e liderança da mulher nas propriedades rurais também fazem parte da programação.

A abertura, na manhã desta quarta, contou com representantes de diferentes órgãos, lideranças e autoridades de todo Estado, que ressaltaram a importância e o potencial que o café tem para o desenvolvimento econômico da região.

De acordo com o consultor do Sebrae/PR, Odemir Capello, um dos idealizadores da feira, a Ficafé consegue levar ao mercado como um todo o potencial produtivo do Norte Pioneiro. “Agora em formato digital a feira tem mais alcance e conseguimos chegar a várias partes do mundo. E esse é um dos grandes objetivos, levar os produtos diferenciados do local para o global”.



O chefe da Casa Civil do governo do Paraná, Guto Silva, garantiu apoio e incentivos do Estado ao Norte Pioneiro. “O governador Ratinho Júnior sempre cobra de todo secretariado que duas regiões do Paraná recebam todos os apoios possíveis: o Litoral e o Norte Pioneiro. Sabemos que existem trabalhos estruturantes muito bons no Norte Pioneiro e dentro de dois ou três anos tenho certeza que essas rodas vão alavancar e muito a região economicamente”.

Para o prefeito de Jacarezinho, Marcelo Palhares, a Ficafé vem para fortalecer o agronegócio tanto de Jacarezinho como de toda a região. “É fundamental que o agronegócio tenha esse tipo de visibilidade, de apoio, de busca por inovações. Acredito que este é um dos melhores caminhos para desenvolvermos cada vez mais os produtos diferenciados de todo o Norte Pioneiro, gerando emprego e renda para nossa região”.

Em suas falas, o secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, e o presidente nacional do Sebrae, Carlos Melles, destacaram todo o vínculo histórico e a capacidade da região com a produção de cafés, além da qualidade dos cafés especiais hoje produzidos no Norte Pioneiro.

Ainda participaram da abertura da Ficafé 2021 o presidente do IDR-PR (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná), Natalino Avance de Souza, o presidente do Cocenpp (Cooperativa de Cafés Certificados e Especiais do Norte Pioneiro do Paraná), Paulo Frasquetti, o diretor superintendente do Sebrae, Vitor Tioqueta, e o deputado federal Pedro Lupion.

 

FEIRA

A Ficafé 2021 acontece até sexta-feira e é uma realização do Sebrae/PR, Acenpp (Associação de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná), Cocenpp (Cooperativa dos Produtores de Cafés Certificados e Especiais do Norte Pioneiro do Paraná), Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar-Emater (IDR-PR) e Prefeitura de Jacarezinho. 

A feira conta com o apoio do Sindicato dos Corretores de Café no Estado do Paraná (Sincafé), Fecomércio PR, Senac, Associação das Mulheres do Café do Norte Pioneiro do Paraná (Amucafé), Probat, Leogap, Bunn.



FONTE: ASSESSORIA

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas