Umuarama fará parte de programa da Itaipu para conservação de estradas



A Prefeitura de Umuarama, junto com outros integrantes da Associação dos Municípios da Região Entre Rios (Amerios), participará de um convênio com a Itaipu Binacional para conservação de estradas rurais, microbacias e curvas de nível. O prefeito Hermes Pimentel e o diretor de Meio Ambiente do município, Rubens Sampaio, participaram de uma reunião com prefeitos, técnicos ambientais e agropecuários e o gestor de bacias da companhia de geração de energia, Marcelo Uliana.

A finalidade do convênio é a recuperação de nascentes e a preservação os córregos e rios que formam a bacia do Rio paraná e abastecem o lago da hidrelétrica – cursos d’água de mais de 200 municípios das regiões Oeste e Noroeste deságuam no rio Paraná e despejam toneladas de sedimentos que, acumulados ao longo dos anos, podem comprometer a saúde do lago de Itaipu.

Conforme o presidente da Amerios, prefeito Marcos Alex (de Icaraíma), apenas três municípios da região – Brasilândia do Sul, Francisco Alves e Altônia – são atendidos com o convênio. “Queremos incluir mais 10 municípios agora e, futuramente, estender os benefícios para todos os integrantes da associação. Além de recuperar e conservar as nossas nascentes, teremos um apoio financeiro importante para conservar estradas e curvas de nível”, destacou.

O prefeito Hermes Pimentel disse que Umuarama não será beneficiada pelo convênio neste momento, mas garantiu que o município vai participar. “Existem locais com maior necessidade de conservação de estradas. Nossas equipes têm feito um bom trabalho nessa área, por isso podemos participar do convênio a partir do ano que vem”, afirmou. O atendimento será feito através de termos de cooperação entre Itaipu e consórcios ambientais, como o Cibax e o Coripa, com o aval da Amerios.

Pela proposta, a companhia vai arcar com 50% dos custos dos serviços até o limite de R$ 5 milhões. A estimativa é atender 140 quilômetros de estradas, implantação de um grande volume de curvas de nível e obras para recuperação de nascentes. A finalidade é produzir mais água de qualidade, sem sedimentos, para recuperar a bacia do rio Paraná e assegurar a produção energética.


FONTE: PREFEITURA DE UMUARAMA

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas