Curitiba é finalista do Desafio Turistech Brasil



Com o projeto Destino Turístico Inteligente, que vem sendo desenvolvido pelo Instituto Municipal de Turismo, Curitiba foi selecionada entre os finalistas no Desafio Turistech Brasil 2021, na categoria Destino, Academia e Empresas. 

A competição é realizada pelo Ministério do Turismo (MTur) e pelo Wakalua Innovation Hub (primeiro hub global de inovação em turismo, presente em mais de 150 países), em colaboração com a Organização Mundial do Turismo (OMT), agência da ONU dedicada ao turismo, com a parceria do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações e do Sebrae. 

Foram 351 projetos inscritos de 24 unidades da federação, três rodadas de avaliação e uma disputa acirrada para chegar ao topo do ranking. Nesta quinta-feira (18/11), das 11h às 12h, os finalistas terão três minutos para defender o projeto em um pitch, durante a 8ª edição da Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo da Associação Brasileira de Startups. Na data serão conhecidos os vencedores. As apresentações serão on-line, com transmissão aberta ao público neste link.

“Ser finalista no Desafio Turistech Brasil é o reconhecimento da qualidade do trabalho que estamos realizando nesse processo de Destino Turístico Inteligente, que envolve a cidade como um todo, beneficiando turistas e moradores”, comenta Tatiana Turra, presidente do Instituto Municipal de Turismo.

O projeto

DTI Curitiba é uma das ações em andamento no Plano Municipal de Retomada da Economia das empresas do turismo de Curitiba. Fazem parte do projeto representantes de diversos órgãos públicos municipais e estaduais, empresas privadas e academia. Já foram realizadas 537 horas de consultoria e gerado um mapa estratégico com definições e ações para o DTI Curitiba a serem implantadas até 2030.

Os beneficiários diretos do projeto DTI Curitiba são os turistas, que terão uma melhor experiência no destino, com impacto também aos moradores locais, que podem se beneficiar das melhorias propostas no conceito dos pilares de um destino inteligente (governança, tecnologia, inovação, sustentabilidade e experiência) em seus atrativos, serviços e produtos turísticos.

Além da equipe do Instituto Municipal de Turismo, Sebrae/PR e consultores contratados pelo convênio, o projeto conta com a participação de agentes públicos municipais de diversas secretarias e da Paraná Turismo, como também da iniciativa privada e academia.


FONTE: PREFEITURA DE CURITIBA

Foto: Luiz Costa/SMCS

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas