Amin anuncia plano para complementação do sistema de Led no município

 


Recursos da ordem de R$ 6,55 milhões acertados junto ao Banco do Brasil vão permitir que a Prefeitura de Cornélio Procópio conclua o projeto de iluminação com lâmpadas de Led em toda a zona urbana do município. A projeção é do prefeito Amin Hannouche após reunir-se, na manhã desta quinta-feira (02), com dirigentes da agência local da instituição para acertar a concessão do empréstimo para aplicação  no programa.

    Os recursos foram conseguidos com 1 ano de carência com vencimento da primeira parcela em 2023. “A partir disto, vamos começar a pagar parcelas de aproximadamente R$ 200 mil”, informou o prefeito, após reunir-se com Pyterson Rizzo Ávila, gerente de relacionamento, e Flávio Wilson Toncovitch, gerente geral do banco. Explicou que a cessão será coberta pela própria economia que o próprio sistema  vai passar a  proporcionar.

     “Hoje a iluminação pública custa ao município algo em torno de R$ 300 mil por mês. Com a implantação do LED, esse valor  deve cair para aproximadamente R$ 150 mil, o que nos sobrará outros R$ 150 mil que vão compor a parcela mensal de R$ 200 mil. Com isso, vamos pagar mensalmente apenas R$ 50 mil. Assim, quando acabarmos de quitar o contrato, os R$ 150 mil sobrarão para a prefeitura”, projetou o prefeito.

     O recurso que virá  do Banco do Brasil vai permitir que o sistema, que foi  instalado em todo o centro da cidade, alcance também todos os bairros. O sistema de iluminação por  LED representa uma economia de mais de 40% do consumo de energia elétrica e é mais durável, com uma vida útil de cerca de 50 mil horas ou seis anos. As lâmpadas de vapor de sódio de alta pressão duram, em média, 20 mil horas. A vice-prefeita Angélica Olchaneski e o secretário de Administração, Geraldo Alves, também participaram da reunião.  (Comunicação/Prefeitura).

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas