Marcelo Nascimento destaca que SESA tem intensificado orientação para cuidados em caso de sintomas gripais

 


O diretor da 19ª Regional de Saúde Marcelo Nascimento destacou nesta semana que a Secretaria Estadual de Saúde (SESA) tem intensificado orientação para cuidados em casos de sintomas gripais neste início do ano. Atualmente, a transmissão da Influenza H3N2 é considerada comunitária, isto é, ocorre entre pessoas do mesmo território e com indivíduos sem histórico de viagens, o que torna impossível definir a origem da transmissão do vírus. 

“Diante da atual situação é esperado que aumente o número de pessoas que procurem as unidades de saúde com sintomas gripais. A SESA está atenta a situação”, alerta Marcelo Nascimento.

CUIDADOS 

Os cuidados preventivos da gripe também compartilham similaridade com a maioria das doenças transmitidas por vias respiratórias. Entre as principais orientações estão: uso correto de máscara, distanciamento social, manter ambientes ventilados com livre circulação de ar, higienização das mãos e evitar contato próximo com pessoas que apresentem sintomas respiratórios.

Ao notar a presença de sintomas, a Sesa orienta para que se busque o atendimento na unidade de saúde mais próxima e, em caso de confirmação, para que o paciente siga as indicações médicas. O período de transmissão é de um dia antes do aparecimento dos sintomas e até cinco a sete dias após adoecer. Também é recomendado à população geral, acima de seis meses de idade, que se imunize com a vacina da gripe.

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas