Prefeitura de Maringá vistoria uso obrigatório de máscara de proteção



A Prefeitura de Maringá vistoriou na manhã de sexta-feira (7) o uso obrigatório de máscara de proteção. Medida preventiva contra o coronavírus verifica o cumprimento do decreto 19/2022 anunciado ontem (6). Equipes da Guarda Civil Municipal (GCM), da Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal e da Vigilância Sanitária abordaram pessoas ao redor do Parque do Ingá, no comércio de rua e nos shoppings da região central. 


O trabalho continua até o horário do almoço e as vistorias seguirão nos próximos dias para outras regiões da cidade. “No geral, a receptividade das pessoas foi bem positiva” avaliou o secretário de Segurança Pública, Ivan Quartaroli, que acompanhou as abordagens. 

Quatro pessoas foram autuadas em 20 minutos no começo da ação no Parque do Ingá. Os pedestres flagrados sem máscara de proteção receberam uma máscara para colocar na hora. Os dados serão cruzados no sistema para verificar se o infrator não é reincidente. No caso das pessoas, a  autuação é efetivada pela Secretaria de Meio Ambiente e varia entre R$ 150 e R$ 550. No caso do comércio, é pela Vigilância Sanitária, com valores entre R$ 550 e R$ 1.250. 

Quem passava pelas equipes elogiava a atuação preventiva da prefeitura maringaense. A imprensa também acompanhou as vistorias entrevistando o secretário Ivan Quartaroli e algumas pessoas que passavam pelos locais. 

REFORÇO - Além da vacinação para a população, a Prefeitura de Maringá anunciou outras medidas preventivas contra o coronavírus, como a comprovação da vacina para pessoas participarem de eventos e o cancelamento do Carnaval. A combinação de todas essas ações visam reduzir os riscos de contaminação do novo coronavírus em Maringá.
Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas