Prefeito se reúne para tratar sobre piso nacional do magistério

O prefeito Dr. Antonely Carvalho se reuniu na última terça-feira (12) com o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado ? TCE Ivan Lelis Bonilha em Curitiba. O prefeito estava acompanhado do presidente da Câmara Municipal Sidinei Róbis de Oliveira, o vereador Jose Oscar Belão, o procurador Geral do Município, Dr. Juventino Antônio de Moura Santana, a secretária de Educação Tânia Fátima Fadel Bueno e a assistente da Secretária de Educação Edineya Miguel Pereira.
A reunião foi para tratar de assuntos relacionados a categoria dos professores municipais de Ibaiti. No ano passado, o prefeito Dr. Antonely enviou uma demanda ao TCE consultando sobre a possibilidade da aplicação do piso nacional do magistério à todas as classes e os níveis da tabela de distribuição salarial dos professores da rede municipal de ensino. Dr. Antonely falou também com o conselheiro Bonilha sobre a necessidade da realização de concurso público para Educação Infantil no município de Ibaiti.
No momento a Prefeitura de Ibaiti está impedida legalmente de implantar o piso nacional do magistério, pois é de conhecimento de todos que a despesa total com pessoal do Município de Ibaiti excedeu os 95% do limite prudencial imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal - LRF. O prefeito consultou o TCE se a Administração Municipal poderá conceder o aumento aos professores mesmo com o índice já excedido. O conselheiro Bonilha se prontificou de levar aos demais conselheiros do TCE o pedido do prefeito de Ibaiti. O município aguarda a decisão do TCE, que poderá aclarar a possibilidade de atendimento ao reivindicado.
No ultimo dia 25 de fevereiro, o prefeito recebeu em seu gabinete na prefeitura municipal os professores e representantes da APP - Núcleo Sindical de Jacarezinho. Na reunião foram abordados assuntos relacionados as deliberações da Assembleia Municipal Extraordinária do dia 5 de fevereiro de 2018.
O prefeito confirmou o compromisso firmado do reajuste no percentual de 5,5009% a título de revisão geral anual, correspondente a 2,0669% de janeiro/2017 a dezembro/2017 e 3,434% de janeiro a dezembro de 2018. O reajuste foi creditado já na folha do mês de fevereiro de 2019, com retroativo do mês de janeiro de 2019. Dr. Antonely salientou que está ao lado dos professores, e acima de tudo, ao lado da educação.


Edição: Gilson Sarrafho


Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI 
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
NOS SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI

 
Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas