Governo precisa assumir que há crise no agro, afirma Lupion


A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) se reuniu nesta semana para discutir e buscar soluções para a crise do setor agropecuário brasileiro. Com a projeção de colheita de grãos no Centro-Oeste reduzida, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) passou a projetar para o cenário mais amplo da produção, números ainda menores. 


A preocupação da bancada é que o problema se alastre em todo o Brasil, com consequências no Produto Interno Bruto (PIB) e aumento do desemprego. 


Em relatório divulgado no começo de fevereiro, o número de 299,8 milhões de toneladas apresentado pela estatal, é 6,6 milhões menor que o previsto em janeiro e volume 6,3% inferior ao calculado para o ciclo 2022/23 (319,8 milhões de toneladas).


Para o presidente da FPA, deputado federal Pedro Lupion (PP-PR), já podemos falar em crise e a situação não será resolvida agora. “São dois, três anos de enfrentamento pela frente. Temos que nos adaptar a uma nova realidade que está pesando demais para os produtores. A quebra de safra é desequilibrada em diversas regiões e vemos um montante de crise gigantesco”.


Lupion acrescenta que é preciso indicar caminhos para a solução dos problemas e não apenas ir para o embate político. “A gente precisa se preocupar e sentar com o governo para achar alternativas. Essa é a nossa obrigação como representantes do setor. Deixar de lado essa questão política de quem é a culpa da crise, mas principalmente tentar socorrer o nosso produtor neste momento”, assegurou.


O presidente da FPA contou que tem conversado com o Ministério da Agricultura sobre o governo assumir e indicar que existe uma crise e que será necessário um montante importante e razoável de recursos para conseguir compensar essa crise, seja no Plano Safra, seja no seguro rural.



Brasília, com Agência FPA

APAE de Assaí participa do Projeto Desperdício Zero



A Escola Drª Zilda Arns - Apae de Assaí é contemplada com mais um projeto do Governo Municipal - o Desperdício Zero.
A escola recebeu da Secretaria municipal de Educação um equipamento buffet térmico e a Secretária de Segurança Alimentar e Nutrição Margareth Ferreira realizou um trabalho de orientação com os alunos visando a promoção de de uma alimentação saudável e sustentável, reduzindo o desperdício de alimentos nas refeições escolares.
O Prefeito Tuti Bomtempo acompanhou o horário do lanche do alunos nesta terça-feira (27) "É muito bonito e satisfatório ver de perto a autonomia das crianças ao se servirem com porções de acordo com sua fome e preferência e ainda a conscientização da importância de evitar o desperdício de alimentos".

2º Encontro de Carros Antigos aquece Cornélio Procópio

 

Cornélio Procópio, uma cidade rica em história e cultura, celebrou seu 86º aniversário no último domingo, 18 de fevereiro, com o 2º Encontro de Carros Antigos. O evento, que atraiu milhares de visitantes, foi um marco nas festividades da cidade.

Você ainda não está no grupo do Blog do whats? CLIQUE AQUI


O Prefeito Amin Hannouche e a Vice-Prefeita Angélica Olcahneski parabenizaram a coordenação do evento. Em seu discurso, a Vice-Prefeita reforçou que Cornélio Procópio é uma cidade
plural e está sempre aberta para apoiar todas as promoções em favor dos cidadãos procopenses. Ela assegurou que o encontro de carros antigos sempre terá o suporte e apoio da Prefeitura.

Os organizadores criaram um ambiente animado, com muito rock e diversas alternativas de lazer e diversão para os participantes. Muitos modelos de carros antigos foram expostos, deixando a festa ainda mais nostálgica e agradável.

O 2º Encontro de Carros Antigos foi, sem dúvida, um grande sucesso e um belo exemplo do espírito comunitário de Cornélio Procópio. (Paulo Bueno/DECOM)



Pavimentação do Jardim Panorama chega a 65% de execução 

 

A obras de pavimentação asfáltica do Jardim Panorama, em Jacarezinho, estão em cerca de 65% de execução, de acordo com dados atualizados nesta semana pela prefeitura junto à empreiteira que realiza o serviço. 

Você ainda não está no grupo do Blog do whats? CLIQUE AQUI

Aguardada há décadas pelos moradores, a pavimentação do bairro acontece com investimento de mais de R$ 11 milhões por parte da prefeitura, e deve ser concluída ainda neste semestre. 

Até o momento foram asfaltados desde a Avenida Dr. Tito, que dá acesso ao bairro (passando pelo Instituto Federal do Paraná e o campus de Odontologia da UENP) e praticamente todas as ruas da parte mais alta do Jardim Panorama, até a Rua Franco Olivieri. 

No total serão pavimentados cerca de 47 mil m² de vias públicas do bairro. Por enquanto já foram concluídos aproximadamente 30 mil m², o que representa cerca de 65% da totalidade da obra.




Antes do asfalto, foram implantados quase 4 mil metros de manilhas. São 1.550 metros de tubulação com 40 cm de diâmetro, 233 metros com 50 cm, 473 metros com 60 cm, 630 metros com 80 cm, 115 metros com 1,2 m e 643 metros com tubos de 1,5 m de diâmetro.

De acordo com o prefeito Marcelo Palhares, a obra, que é uma das mais importantes de infraestrutura urbana de Jacarezinho, representa o compromisso de melhoria da qualidade de vida da população. 

"A pavimentação do Jardim Panorama é um marco, porque a população não acreditava mais que sairia do papel depois de tantas promessas. E é uma das inúmeras obras de pavimentação que tiramos do papel, como a conclusão da Vila Scyllas, conclusão da Nossa Senhora das Graças e Vila Leão, todo o Jardim Castro e todo o Chácara Maravilha e João Afonso, agora o Jardim Europa, Avenida da Cidadania, e muitas outras ruas. Estamos transformando a realidade de milhares de famílias, com um trabalho honesto, sério e eficiente", comemora.



FONTE: ASSESSORIA

Estado abre inscrições para maior edição do Ganhando o Mundo, com 1,2 mil alunos

 

Estão abertas as inscrições para a edição 2025 do programa de intercâmbio Ganhando o Mundo, iniciativa do Governo do Estado viabilizada por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seed-PR). São 1.200 vagas disponíveis para estudantes da 1ª série do Ensino Médio. Esta será a maior edição do programa, além de incluir pela primeira vez a Irlanda na lista de destinos, ao lado de Austrália, Canadá, Nova Zelândia e Reino Unido. Os embarques dos intercâmbios estão programados para acontecerem a partir de janeiro de 2025.

Os alunos interessados podem se inscrever desta quarta-feira (28) até o dia 19 de abril na Área do Aluno (sistema próprio da Seed). O edital pode ser consultado AQUI. Para se inscrever é necessário ter cursado do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental em uma instituição estadual, além de ter idade entre 14 e 17 anos.

Entre os critérios de seleção do programa estão o desempenho acadêmico do ano anterior (médias iguais ou superiores a 7,0 em cada uma das disciplinas da Matriz Curricular nas avaliações ao processo seletivo, constatadas no Sistema Estadual de Registro Escolar – SERE); frequência igual ou superior a 85% (oitenta e cinco por cento) em cada uma das disciplinas; participação em atividades extracurriculares e pontuação obtida no Programa Aluno Monitor. 

Cada município terá uma vaga e outras, outras 100 serão destinadas a beneficiários do Bolsa Família e 701 vagas serão distribuídas conforme critérios da Seed especificados no edital.  As vagas serão distribuídas da seguinte forma: 200 para a Austrália, 500 para o Canadá, 150 para Irlanda, 200 para Nova Zelândia e 150 para o Reino Unido. O resultado da classificação está marcado para maio. 

“É com imensa alegria que anunciamos a edição 2024/2025 do Ganhando o Mundo, reconhecendo a importância que o programa tem desempenhado entre os estudantes do ensino médio da rede estadual que, ao retornarem de suas jornadas, voltam não apenas mais maduros e profissionalmente preparados, mas também trazem à comunidade escolar uma visão mais ampla do mundo, inspirando seus colegas e educadores e promovendo um ambiente escolar mais diverso, inclusivo e globalmente consciente”, afirma o secretário da Educação, Roni Miranda.

GANHANDO O MUNDO – Idealizado pelo Governo do Estado e desenvolvido pela Secretaria da Educação (Seed-PR), o programa viabiliza a oportunidade de intercâmbio internacional a estudantes matriculados em escolas públicas estaduais do Paraná, no qual os alunos estudam em países que oferecem curso equivalente ao Ensino Médio no Brasil. Ele foi instituído pelas Leis Estaduais nº 20.009/2019 e nº 20.601/2021 e regulamentado pelos Decretos nº 4.166/20 e nº 4.785/2020.

O programa foi lançando em 2019 e, desde então, em suas quatro edições, 1.240  estudantes da rede de ensino já atravessaram o mundo, onde vivenciaram experiências de imersão nas culturas dos países anfitriões, além de aprenderem novos idiomas.

Entre fevereiro e julho de 2022, na primeira edição, 100 alunos foram enviados ao Canadá, e na segunda, entre julho e outubro do mesmo ano, outros 100 viajaram para a Nova Zelândia. Já na terceira edição, cujas inscrições foram realizadas em 2023, a França passou a integrar a lista de destinos na versão do Ganhando o Mundo França. Na ocasião, 40 estudantes viajaram ao país. No início de 2024, mais mil alunos embarcaram para Austrália, Canadá, Inglaterra, Nova Zelândia e Estados Unidos na quarta edição do Ganhando o Mundo.

O intercambista permanece por um período letivo (aproximadamente seis meses) em instituições de ensino estrangeiras, tendo a oportunidade de aprimorar o repertório cultural e acadêmico; vivenciar a realidade de outros países; desenvolver a autonomia; aperfeiçoar o idioma estrangeiro e consolidar-se numa rede de jovens líderes que atuarão nas escolas da rede pública estadual de ensino.

Os custos de alimentação, hospedagem, transporte, emissão de vistos e passaportes, passagens aéreas e terrestres, exames médicos, vacinas, seguro viagem e saúde, taxa de matrícula, mensalidade da escola no exterior, material didático, uniforme, tradução juramentada da documentação escolar, reuniões de orientação, assim como o curso preparatório de língua estrangeira, são custeados pela Secretaria. Os alunos também recebem um auxílio de R$ 800 mensais.

GANHANDO O MUNDO PROFESSOR – Lançado em 2023, o Ganhando o Mundo Professores é uma ampliação do Ganhando o Mundo. Para a primeira edição do programa no Canadá e Finlândia – na qual participaram 96 docentes – foram investidos R$ 3,9 milhões.

Nos mesmos moldes da versão dos alunos, os custos de alimentação, hospedagem, transporte, passagens aéreas e terrestres e outras despesas foram custeados pela Seed-PR. A seleção dos participantes levou em conta a experiência no programa Formadores em Ação e uma prova didática, em que era necessário elaborar um plano de ação abordando uma situação-problema do ambiente escolar e uma proposta de solução. As vagas foram abertas para professores ou pedagogos cursistas e professores ou pedagogos formadores de todas as regiões do Estado.

GANHANDO O MUNDO DIRETOR – Depois de estudantes, professores e pedagogos, os diretores da rede estadual terão uma experiência internacional. O anúncio foi feito em fevereiro durante o Seminário dos Diretores com Foco na Aprendizagem, que reuniu em Foz do Iguaçu, no Oeste do Estado, 2 mil profissionais da educação de toda a rede estadual. O programa levará, ainda em 2024, 200 gestores das escolas estaduais para uma capacitação de duas semanas no Chile, com embarques previstos para agosto. O investimento será de cerca de R$ 5 milhões.

Prefeitura lança programa 50+ DE GERAÇÃO DE EMPREGOS

 

 A Prefeitura de Francisco Beltrão, através da secretaria do Emprego, Mulher e Bem-Estar Social, lançou na noite de terça-feira (27) o programa 50+, destinado a incentivar a inserção e a manutenção das pessoas com 50 anos ou mais no mercado de trabalho. O lançamento aconteceu no auditório da Câmara de Vereadores. 

       O programa foi criado através do projeto 44/2023 do Legislativo, de autoria do vereador Silmar Gallina, sancionado em dezembro de 2023 pelo prefeito Cleber Fontana. O programa terá um cadastro para intermediar trabalhadores a partir dos 50 anos no mercado de trabalho, bem como registrar estas pessoas que exerçam atividades autônomas.

        Também prevê a realização de cursos e projetos de capacitação, reciclagem profissional, campanhas informativas e de conscientização para a redução do preconceito de idade no mercado de trabalho, além de uma série de outras ações. A operacionalização do programa será pela Agência do Trabalhador, que fará a recepção dos currículos, oferecerá cursos de capacitação e a intermediação das contratações junto com as empresas. 



       Durante pronunciamento, a secretária Flaviana Tubin disse que “a contratação de pessoas com mais de 50 anos para determinadas funções é algo muito positivo e produtivo para as empresas”. O vereador Silmar Gallina relata que se trata de uma demanda da população nesta faixa etária, que muitas vezes tem dificuldades para a inserção no mercado de trabalho. 

         Acompanharam a secretária Flaviana e o vereador Silmar na frente de honra o secretário de Gabinete, Alaércio Corazza, que representou o prefeito Cleber Fontana, o presidente da Associação Empresarial, William Madruga, a secretária executiva da CDL, Sirley Zapelini, e a diretora da Agência do Trabalhador, Noely Thomé. Equipes do setor de recursos humanos e gestores de várias empresas também participaram do lançamento.


FONTE: PREFEITURA DE FRANCISCO BELTRÃO

Regional de saúde une 22 municípios contra a dengue



Uma reunião estratégica ocorreu na última sexta-feira em Santana do Itararé, congregando representantes de 22 municípios. O encontro, centrado nas equipes de vigilância em saúde e atenção em saúde desses municípios, destacou a importância crucial da remoção de criadouros na luta contra a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

O foco recaiu sobre a vigilância em saúde, ressaltando a remoção efetiva de criadouros por meio de visitas domiciliares. Ao mesmo tempo, a atenção em saúde entrou em pauta, abordando a preparação das unidades de saúde e hospitais para receber pacientes sintomáticos.

Marcelo Nascimento e Silva, chefe da 19ª Regional de Saúde com sede em Jacarezinho, enfatizou a importância desse esforço conjunto para evitar a disseminação da dengue nos municípios e assegurar o devido manejo clínico dos casos sintomáticos.



FONTE: PORTAL JNN 

Jaboti está em união contra a dengue

 

O município de Jaboti está realizando trabalho constante contra o mosquito da dengue. O prefeito Régis William destaca que os ACE e ACS realizam ação de remoção de criadouros e a importância do apoio da população na causa.

 Você ainda não está no grupo do Blog do whats? CLIQUE AQUI

A melhor forma de prevenção da dengue é evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, eliminando água armazenada que podem se tornar possíveis criadouros, como em vasos de plantas, lagões de água, pneus, garrafas plásticas, piscinas sem uso e sem manutenção, e até mesmo em recipientes pequenos, como tampas de garrafas.

Itambaracá entrega kits famílias

 

Nesta semana foram entregues kits famílias pelo CRAS de Itambaracá. A prefeita Mônica Zambon participou da entrega e destacou sobre a demonstração seu comprometimento e proximidade com a comunidade.

 Você ainda não está no grupo do Blog do whats? CLIQUE AQUI

“Agradecemos a dedicação e o trabalho de todos que contribuíram para tornar esta ação possível. Assim, construímos uma comunidade mais unida e resiliente”, comenta a prefeita Mônica Zambon.

Santana do Itararé destaca importância do Aterro Sanitário



O perfil oficial da Prefeitura de Santana do Itararé divulgou recentemente uma nota sobre a importância do Aterro Sanitário no município. Sobre a importância de continuar a aprimorar esforços no respeito ao meio ambiente para proporcionar um futuro melhor para as novas gerações.

 

VEJA O TEXTO NA ÍNTEGRA:

Há alguns anos, a Professora Miriam Monteiro foi pioneira na separação de lixo e recicláveis em nosso município, tornando-se um exemplo para todos até hoje. Em meus primeiros mandatos como prefeito, testemunhamos as dificuldades enfrentadas por ela e muitos habitantes com o lixo, sua separação e destino final.

Criamos a Asagasi para coletar e separar o lixo até o aterro sanitário, capacitando trabalhadores que se tornaram referência na área. Nas décadas de 90 e início dos anos 2000, grandes lixões se acumulavam pela cidade, representando perigos à população com a propagação de doenças e diversas consequências do lixo acumulado em locais inadequados.

Além dos riscos à saúde, o lixo acumulado impactava o meio ambiente, contaminando solos e águas, prejudicando a fauna e a flora locais. A criação do aterro sanitário foi um marco para nossa cidade, trazendo melhorias significativas para o meio ambiente e a qualidade de vida dos habitantes.

Embora ainda haja desafios a superar, hoje somos um exemplo na região, atraindo o interesse de outras cidades que buscam replicar nosso sistema. Reconhecemos a importância do tratamento adequado do lixo e seu destino final para construir uma cidade mais limpa, agradável, saudável e sustentável para todos.



FOTO: REPRODUÇÃO TVONLINE SANTANA