Primeiro caso do COVID em Tomazina já está curada



O prefeito de Tomazina Flávio Zanrosso divulgou em sua rede social que o primeiro caso confirmado do COVID 19 no município já está curada e recebeu alta neste sábado, 30. “A paciente não transmite mais o vírus, mas mesmo assim continuará em quarentena por precaução por mais uma semana”, explica o prefeito.
No início da semana a Prefeitura Municipal divulgou em nota oficial sobre a confirmação. A paciente de 49 anos estava com todos os devidos cuidados médicos. Desde a suspeita houve o isolamento da paciente e das pessoas com contato próximo recente. “Uma grande notícia. Peço que a população continue realizando as ações de prevenções”, finaliza Flávio Zanrosso.



Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
Entre no nosso grupo do Telegram. CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. CLIQUE AQUI
SIGA O LINKEDIN. CLIQUE AQUI

Site da Assembleia do Paraná ganha nova ferramenta com todas as leis aprovadas pelos deputados contra a Covid-19


Para facilitar ainda mais o acesso do cidadão à informação correta e de forma ágil, a Assembleia Legislativa do Paraná lança em sua página oficial na internet uma nova ferramenta destinada às ações de enfrentamento ao coronavírus. Uma nova área na página concentra em um único espaço todas as informações sobre projetos de lei e ações aprovadas pelos deputados, que têm impacto direito no combate à Covid-19.  Até agora já foram aprovados 11 projetos de lei, 10 projetos de decreto legislativo, quatro projetos de resolução e dois projetos de lei complementar. Desse total, apenas um ainda aguarda sanção.
O presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano (PSDB), ressalta que o Poder Legislativo está atento aos anseios da sociedade, principalmente, no que diz respeito ao enfrentamento do novo coronavírus. Para ele, informar a população de forma fácil e rápida é dever dos governantes. “A Assembleia Legislativa não parou devido à pandemia, muito pelo contrário, temos dado a nossa contribuição para que o Paraná possa enfrentar esse vírus. Implantamos o sistema de votação remota para continuar o trabalho mesmo durante o isolamento. São muitos projetos aprovados que já viraram leis e tem contribuído para que possamos passar por esse período da melhor maneira possível. É importante que a população possa acompanhar o que o Legislativo tem feito, conheça seus direitos e também seus deveres como cidadão consciente do momento no qual vivemos. A transparência é um dos pilares da nossa gestão”.
Assim que o internauta acessar o site da Assembleia Legislativa, no endereço assembleia.pr.leg.br, seja por computador ou pelo celular, uma barra no rodapé da página vai abrir automaticamente. Ali estão concentradas todas as informações sobre projetos de lei, a íntegra das leis já em vigor, notícias produzidas pela Diretoria de Comunicação, fotos e vídeos. Basta clicar em uma imagem ou em um ícone. Para navegar pelo site é só clicar no botão fechar, do lado direito. Para voltar a conferir o espaço dedicado ao coronavírus, você deve clicar na barra que permanece no rodapé da página. A ferramenta foi desenvolvida pela equipe da Diretoria de Comunicação da Assembleia Legislativa do Paraná com o apoio da Diretoria de Tecnologia da Informação.
Segundo o primeiro secretário da Assembleia, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), “o trabalho dos deputados, em conjunto com o Governo do Estado e a sociedade, para combater a pandemia do coronavírus, fez o Paraná subir 13 posições no ranking da entidade Open Knowledge, que avalia a transparência com relação à pandemia”. Ele reforça ainda que a Assembleia aprova e exige transparência, incluindo a divulgação oficial de número de casos, regiões e faixas etárias de maior incidência e as ações de enfrentamento.
Avaliação - O Paraná recebeu a pontuação 90 no Índice de Transparência da Covid-19 desenvolvido pela Open Knowledge Brasil. Classificado como alto, o índice do Paraná é a quarta nota mais alta atribuída aos estados brasileiros. A avaliação considera a qualidade dos dados e informações relativas à pandemia do novo coronavírus publicadas em portais oficiais.
A Open Knowledge Brasil ou Rede pelo Conhecimento Livre é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos e apartidária que desenvolve e incentiva o uso de tecnologias cívicas e de dados abertos. A ideia é promover o conhecimento livre para tornar a relação entre governo e sociedade mais transparente e participativa.
Ações – Entre as medidas que foram aprovadas pelos deputados e já estão em vigor está a obrigatoriedade do uso de máscara em ambientes coletivos públicos e privados, a proibição do corte de luz, água e gás enquanto durar a pandemia, a obrigatoriedade de higienização de equipamentos como carrinhos, cestas e máquinas de cartão, a proibição de cobranças adicionais nos planos de saúde, o Cartão Comida Boa para famílias vulneráveis, o repasse de R$ 37,7 milhões da Assembleia para a Saúde e um programa de apoio a empreendedores e municípios.
Além de poder conferir todas as novidades no site da Assembleia, você também pode acompanhar o trabalho dos deputados estaduais pelas redes sociais oficiais do Legislativo e pela TV Assembleia, no canal aberto 20.2 ou no canal 16 da NET.

FONTE: ASSESSORIA ALEP



Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
Entre no nosso grupo do Telegram. CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. CLIQUE AQUI
SIGA O LINKEDIN. CLIQUE AQUI

27 cidades do Norte Pioneiro não tem homicídios em 2020


Relatório da Secretaria Estadual de Segurança Pública divulgado nesta quinta-feira (28) aponta que 27 das 44 cidades do Norte Pioneiro não registraram nenhum homicídio no primeiro trimestre deste ano. Em três delas, houve redução deste tipo de crime em 100%. O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) disse a queda de homicídios é resultado do acompanhamento dos deputados nas ações e do investimento estadual em segurança pública.

“Temos um compromisso com a segurança pública e ver que o número de homicídios é zero em 27 municípios da região do Norte Pioneiro traz-nos a certeza de que estamos no caminho certo, apesar que temos ainda muito que melhorar com mais investimentos e mais policiais nas ruas”, disse Romanelli que representa a região na Assembleia Legislativa.

O relatório aponta que em Andirá, Quatiguá e Siqueira Campos houve redução a zero no número de homicídio. Na comparação com o primeiro trimestre de 2019 e o mesmo período deste ano, esses três municípios juntos registraram quatro homicídios. “No primeiro trimestre deste ano, estes três municípios não registraram nenhum homicídio, o que mostra que o investimento em segurança está trazendo resultados positivos a toda a população”, considera.


As 27 cidades que não tiveram homicídios no primeiro trimestre de 2020: Andirá, Bandeirantes, Itambaracá, Leópolis, Nova América da Colina, Nova Fátima, Nova Santa Bárbara, Rancho Alegre, Santa Amélia, Santa Cecília do Pavão, Santa Mariana, Sertaneja e Uraí, Abatiá, Cambará, Carlópolis, Conselheiro Mairinck, Guapirama, Jaboti, Joaquim Távora, Jundiaí do Sul, Pinhalão, Quatiguá, Salto do Itararé, Siqueira Campos, Tomazina e Wenceslau Braz.

Redução - 
Romanelli afirma que o efetivo, tanto da Polícia Militar quanto da Civil vai aumentar, com a realização de concursos públicos. A PM vai contratar dois mil policiais, em concurso que está em andamento. Já a Polícia Civil está com 400 vagas abertas - 300 para o cargo de investigador, 50 para delegado e 50 para papiloscopista. As inscrições encerram na terça-feira (2 de junho).

Levantamento prévio mostra que de janeiro de 2019 até março deste ano, 18 municípios da mesorregião do Norte Pioneiro não registraram nenhum homicídio. O deputado destaca que periodicamente se reúne com as autoridades policiais das regionais de Cornélio Procópio e Jacarezinho para apresentar propostas e debater ações efetivas de combate à criminalidade.

O relatório mostra alta redução no número de latrocínios e lesão corporal seguida de morte no Estado, quando comparados com o mesmo período do ano anterior. Em janeiro, fevereiro e março deste ano foram registrados 12 latrocínios (roubo seguido de morte) em todo o Paraná. O número é 58% menor que as 29 ocorrências do crime durante o mesmo período do ano anterior.

O deputado reafirma que é preciso repassar aos órgãos de segurança do Estado toda e qualquer informação relacionada a crimes relativos a mortes ocorridos no Paraná e que possam auxiliar nas investigações criminais.

“Essas informações vão servir de base para a elaboração de políticas públicas efetivas na área de segurança. As informações são sigilosas e podem ser feitas por meio de denúncia anônima, pelo Disque Denúncia 181”, informa.

(Foto de arquivo - antes da pandemia do coronavírus)





Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
Entre no nosso grupo do Telegram. CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. CLIQUE AQUI
SIGA O LINKEDIN. CLIQUE AQUI

ACIJA inicia campanha de sensibilização e conscientização junto a comunidade


A Associação Comercial e Empresarial de Jacarezinho (ACIJA) iniciou nesta semana uma campanha de sensibilização e conscientização junto a comunidade em geral sobre os cuidados necessários em relação ao comércio e ao combate ao novo coronavírus (Covid-19).
A campanha visa um apoio a prefeitura nesse momento em que a população precisa se conscientizar e adotar e respeitar todas as medidas de prevenção relativas ao enfrentamento da Covid-19, conforme o decreto municipal.
“Nós do Comércio de Jacarezinho precisamos trabalhar. Cuidando de nossa cidade podemos seguir em frente protegendo os empregos e renda e fazendo a roda da economia girar nosso município. Queremos a segurança e o bem estar de todos nossos colaboradores e clientes. Todo mundo tem medo e está suscetível, mas também não trabalhar não será a solução. Então seguimos em frente”, destacou a presidente da ACIJA, a empresária Ana Carla Molini.
Ainda segundo a presidente da ACIJA, a associação confeccionou cartazes informativos que serão distribuídos aos associados e não associados com objetivo de conscientizar ainda mais os colaboradores e clientes para que o comércio possa continuar em funcionamento. “Devemos seguir todas as recomendações para o nosso bem e do nosso comércio”, finalizou Ana Carla.


FONTE: JDS COMUNICAÇÃO


Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
Entre no nosso grupo do Telegram. CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. CLIQUE AQUI
SIGA O LINKEDIN. CLIQUE AQUI


Compra Direta atende 527 famílias de pequenos agricultores no Norte Pioneiro


O Governo do Paraná vai investir mais de R$ 1 milhão na compra de alimentos da agricultura familiar de cooperativas e associações de 13 cidades do Norte Pioneiro. Ao todo, são 527 famílias atendidas na região, confirmou nesta sexta-feira (29) o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), que representa a mesorregião na Assembleia Legislativa.

“O Compra Direta permite que o Estado compre, de forma emergencial, gêneros alimentícios destinados à restaurantes populares, cozinhas comunitárias, bancos de alimentos e hospitais filantrópicos, entre outros”, explica o deputado.

São R$ 20 milhões do Fundo Estadual de Combate à Pobreza no programa, que vai atender a grande variedade de produção da agricultura familiar. “O Compra Direta garante o fornecimento e a substituição de itens em decorrência de problemas climáticos, logísticos ou de sazonalidade e representa um incremento na renda do pequeno produtor rural paranaense”, destaca.

Romanelli lembra que o programa foi adiantado em função da pandemia do coronavírus. E acrescenta: “Serão atendidos também os Cras (centros de referência em assistência social) e os Creas (centros de referência especializados de assistência social), que poderão disponibilizar alimentos na forma de cestas básicas diretamente à população vulnerável”.

Economia —
 Em todo o Estado, 148 cooperativas e associações da agricultura familiar foram classificadas no programa coordenado pela Secretaria Estadual de Agricultura. No Norte Pioneiro são 13 as entidades classificadas dos municípios de Bandeirantes, Cambará, Ibaiti, Jacarezinho, Japira, Rancho Alegre, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Santo Antônio da Platina, São Jerônimo da Serra, Sertaneja, Siqueira Campos e Wenceslau Braz.

Juntas, essas entidades vão adquirir os produtos de 527 famílias, totalizando mais de R$ 1 milhão de investimentos. São Jerônimo da Serra é a cidade com o maior número de famílias beneficiadas: 71.

Por meio da Cooperativa da Agricultura Familiar de São Jerônimo da Serra, cada família poderá comercializar o valor de até R$ 1.775,24, totalizando R$ 126.042,04 destinados pelo programa.

Já o maior valor agregado, por família, é de Ibaiti. No município, 21 famílias que dependem da agricultura familiar vão fornecer os produtos para a Cooperativa de Produção Orgânica da Agricultura Familiar do Norte do Paraná. O montante destinado ao município é de R$ 357.411,39, o maior dentre todos os 13 da região atendidos pelo Compra Direta.

FONTE: ASSESSORIA



Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
Entre no nosso grupo do Telegram. CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. CLIQUE AQUI
SIGA O LINKEDIN. CLIQUE AQUI

Vereador solicita informações sobre projeto de novo prédio da SANEPAR



O vereador de Jacarezinho Edílson da Luz apresentou na última semana um novo Requerimento de Informações na Câmara Municipal para a Companhia de Saneamento do Paraná (SANEPAR). Neste documento é sobre a previsão para a construção de um novo prédio que a empresa alegou que será construído numa das respostas.
“É importante sabermos todos os procedimentos. Pois estamos numa situação de economia parada. Se realmente acontecer será importante, mas é necessário um cronograma de obra e investimento para sabermos”, comenta Edílson da Luz.
Toda a situação iniciou no dia 19 de março quando o vereador protocolou o Requerimento de Informações 29/2020 solicitando a possibilidade da mudança de um ponto de ônibus em frente ao prédio da empresa. “Ele daria mais segurança aos usuários com acessibilidade dos passageiros e do transporte coletivo”, ressaltou Edílson da Luz no documento.
A Gerência Regional da SANEPAR em Santo Antônio da Platina enviou a resposta CA 159/2020 dizendo que não existiria a possibilidade da mudança do ponto de ônibus. Pois está prevista a construção de um novo prédio para atendimento comercial e administrativo na referida área.
Novo pedido
No Requerimento de Informações 44/2020 o vereador Edílson da Luz reforçou a importância da mudança do ponto de ônibus instalado em frente ao prédio da Oi Telefonia para o novo local. “Há possibilidade da Companhia rever sua resposta e permitir a instalação do referido pontos de ônibus, pelo menos até que se inicia a construção do novo prédio. Todas as despesas para a realocação da parada serão de responsabilidade da Empresa de Transporte Coletivo”, finaliza Edílson da Luz.



Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
Entre no nosso grupo do Telegram. CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. CLIQUE AQUI
SIGA O LINKEDIN. CLIQUE AQUI

Criminosos se passam por agentes de saúde em Santo Antônio da Platina

Bandidos estão se passando por agentes da Secretaria Municipal de Saúde para praticar crimes em Santo Antônio da Platina. A ação da quadrilha foi gravada por câmeras de segurança, na manhã desta sexta-feira (29), na área central da cidade. O suposto roubo só não ocorreu porque os marginais desconfiaram que o plano poderia dar errado e eles deixaram rapidamente o local.
As imagens mostram dois homens usando jalecos brancos, máscaras e bonés. A dupla aperta o interfone, mas logo percebe que está sendo observada por pessoas que passam pelo local. Os bandidos então desistem da ação e saem caminhando normalmente para não levantar suspeitas.
De acordo com uma testemunha, um terceiro integrante da quadrilha monitorava a ação dos criminosos à distância e se juntou a eles enquanto todos caminhavam em direção ao bairro Jardim Saúde.

Procurada pela reportagem, a secretária municipal de Saúde, Gislaine Galvão, orientou para que a população se informe junto aos órgãos competentes sobre supostas ações desenvolvidas pela prefeitura. “Os agentes de endemias não usam jaleco e na Secretaria de Saúde não temos homens trabalhando na Saúde da Família, portanto, antes de abrir o portão pergunte o nome do funcionário, peça a ele que apresente seu crachá funcional e o informe que entrará em contato com a prefeitura para saber se realmente trata-se de alguma ação desenvolvida pela prefeitura. O morador deve ligar para os números 3534-3600 ou 3534-9099”, orienta.
O delegado Rafael Guimarães, titular da 38ª Delegacia Regional de Polícia, também orienta a população sobre os cuidados de praxe. “Nessa época de pandemia muitos criminosos se aproveitam desses meios para que a entrada nas residências seja facilitada. Então havendo suspeita de que se trata de ato ilícito o morador deve acionar imediatamente a polícia através do número 190 para que as equipes se desloquem até o local para verificar a situação”.  

FONTE: LUIZ GUILHERME - TANOSITE

Lei obriga farmácias e laboratórios a notificarem casos de doenças contagiosas


Com emenda do deputado Michele Caputo (PSDB), o projeto de lei que obriga farmácias e laboratórios a informarem resultados de exames de COVID-19 e outras doenças contagiosas foi sancionado pelo governador Ratinho Júnior. A notificação deve ser feita às autoridades de saúde em tempo real, através de email, telefone ou sistema de informação a ser definido pelas Secretarias de Saúde do Estado e dos Municípios.
“A emenda que fizemos foi justamente para incluir as farmácias nesta obrigatoriedade, tendo em vista que muitas já oferecem testes rápidas para a triagem de várias doenças. Além disso, estendemos o leque de notificação, incluindo outras doenças de importância para monitorar surtos e epidemias”, explica o deputado Caputo, que já foi secretário de Estado da Saúde.

Doenças contagiosas

De acordo com a lei, o Laboratório Central do Estado (Lacen-PR) também deverá ser comunicado sobre casos suspeitos ou confirmados das doenças elencadas. A lista é definida pelo Ministério da Saúde e contempla a dengue, febre amarela, hepatites virais, tuberculose, varicela, cólera e HIV.
“É mais uma importante ferramenta que o Paraná passa a ter para mapear e fazer uma grande radiografia do coronavírus no Estado. Permite ao Governo tomar decisões mais rápidas, de maneira mais assertiva”, destacou Ratinho Junior. “Reforça também a união e o compromisso de todos os Poderes em fortalecer o combate ao vírus”, completou.
O projeto é de autoria dos deputados estaduais Arilson Chiorato; Cantora Mara Lima; Luciana Rafagnin; Mabel Canto; Boca Aberta Jr.; Do Carmo; Emerson Bacil; Evandro Araújo; Goura; Requião Filho; Soldado Fruet; Tadeu Veneri; Luiz Claudio Romanelli; e Delegado Francischini.

Punição

Ainda segundo a legislação, a divulgação ou o compartilhamento indevidos dos dados estão sujeitas às sanções previstas na lei, assim como a não comunicação em tempo real.
As infrações vão da advertência, pena educativa, cassação da licença sanitária e multa. Os valores variam de R$ 277,97 a R$ 27.797,00.

FONTE: ASSESSORIA

Jacarezinho tem quase R$ 8 milhões em tributos para receber



Um dado preocupante foi divulgado na última semana sobre o valor que os contribuintes do município devem aos cofres públicos. Segundo o Ofício 98/2020 da Secretaria Municipal de Gabinete endereçado à Câmara Municipal o valor entre taxas, IPTU e ISS chegam a R$ 7.993.947,52.
Os dados foram divulgados após a vereadora Patrícia Martoni solicitar através do Requerimento de Informações 27/2020 os valores sobre a situação. “É preocupante o montante. Poderiam ser realizados vários investimentos em prol da própria população”, explica a vereadora Patrícia Martoni.
A discriminação dos valores são referentes: R$ 4.433.564,29 se referem ao valor principal, R$ 2.000.587,20 se referem aos juros e R$ 394.555,60 se referem à multa de mora, além de R$ 1.165,240,43 que se referem à correção monetária.







Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
Entre no nosso grupo do Telegram. CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. CLIQUE AQUI
SIGA O LINKEDIN. CLIQUE AQUI

Cartão Comida Boa tem mais duas parcelas, avisa Romanelli


Os beneficiários do Comida Boa precisam ficar atentos às regras estabelecidas e aos prazos para o recebimento da segunda e terceira parcelas que devem ser repassadas em junho e julho. Quem alerta é o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) que esclarece as dúvidas de beneficiários nas redes socais sobre os procedimentos pós-recebimento dos R$ 50 da primeira parcela do programa do Governo do Paraná.

"Me disseram que o cartão comida boa vai ser para três meses e eu já usei os R$ 50, posso jogar fora ou vai ser mesmo recarregado?", perguntou uma beneficiária. "Não joga fora não, você usará esse mesmo cartão e a prefeitura vai divulgar as datas do repasse das duas outras parcelas", esclareceu Romanelli.


O deputado atenta que alguns beneficiários têm dúvida sobre quais são os procedimentos a partir do recebimento da primeira parcela. "É necessário que se faça este esclarecimento para evitar que alguém fique de fora do programa”, explica. 

CadÚnico - 
As prefeituras que já entregaram os cartões aos inscritos no cadastro único (CadÚnico) nacional dos programas sociais, agora devem entregar os cartões aos que não estão atendidos nos programas, mas estão aptos a receber o benefício. "Mais de 80% dos cartões já foram entregues nesta primeira fase", disse Romanelli. Os não cadastrados no CadÚnico devem ser naior de 18 anos, paranaense, ter renda per capita de R$ 552,50 e a renda da família não pode ultrapassar R$ R$ 3.135,00.

Os beneficiários poderão usar o cartão nos mercados credenciados pela Secretaria Estadual da Agricultura e do Abastecimento. Até agora, são mais de 3.500 estabelecimentos credenciados em todo o Estado e a adesão pode ser feita por qualquer comércio de alimentos. O programa é operacionalizado por meio de um voucher com QR Code, para evitar falsificações. O valor de cada vale é R$ 50 e a distribuição é feita com auxílio das prefeituras.

Na primeira fase, mais de 520 mil pessoas já aderiram ao programa e receberam o benefício, que injetou R$ 20,5 milhões na economia do estado. Romanelli lembra que é necessário manter a posse do cartão e não se desfazer dele. No entanto, caso haja perda ou extravio, o beneficiário pode fazer a compra no estabelecimento comercial normalmente.

“Para isso, basta utilizar o número de CPF e apresentar um documento com foto. A compra será efetivada quando o usuário digitar a senha pessoal no momento da compra”, esclarece o deputado.

Ainda assim, se o beneficiário não se lembrar da senha cadastrada, não será impedido de receber o benefício. “Basta procurar a unidade de atendimento e alterar a senha. Para isso, o beneficiário deve portar um documento de identificação com foto e CPF”, acrescenta Romanelli.

Atendimento - O benefício é destinado a quem está inscrito no CadÚnico nacional e atende aos requisitos estabelecidos no decreto 4570/20, além de autônomos e microempreendedores individuais que tiveram sua renda afetada pela pandemia. O cartão deve ser usado exclusivamente para compra de produtos da cesta básica.

O programa limita a dois membros da mesma família o recebimento do vale e abre espaço para que a pessoa provedora de família monoparental (quando apenas um dos pais arca com as responsabilidades) possa requerer o recebimento de duas cotas do auxílio emergencial, independente do sexo, se cumprir os requisitos básicos do programa.

Para esclarecer quaisquer dúvidas referentes ao Programa Comida Boa, o Governo do Paraná disponibilizou dois canais de comunicação. Caso seja necessário, basta ligar para o número 0800-200-4150 ou acessar www.cartaocomidaboa.pr.gov.br

FONTE: ASSESSORIA


Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
Entre no nosso grupo do Telegram. CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. CLIQUE AQUI
SIGA O LINKEDIN. CLIQUE AQUI