UENP realiza programação especial em comemoração aos 15 anos



A reitora da UENP, Fátima Aparecida da Cruz Padoan, destacou a história da Universidade ao recordar a trajetória das antigas faculdades. “Ao visitarmos a exposição, podemos ver que os primeiros tijolos foram colocados em 1959, 60, 63, quando as faculdades começaram a ser criadas e essas faculdades têm um valor muito grande”, ressaltou. “Hoje, nós somos o que somos porque temos história, uma história muito bonita, aqui contada por essas fotografias”, completou Fátima. A exposição faz referência à história da Instituição. As fotografias recordam as antigas faculdades isoladas e contemplam momentos marcantes da UENP, desde a sua criação até hoje.

O repasse que assinamos possibilita que a universidade coloque em funcionamento um conjunto de atividades culturais, coordenadas por projetos de extensão. Estamos convictos de que esse espaço poderá servir à comunidade, oportunizando que a UENP cumpra ainda mais com seu papel social”, destaca o superintendente da Seti, Aldo Bona.



No período da tarde, aconteceu o lançamento dos programas “UENP Sustentável” e do “Programa de Desenvolvimento da Cultura da Região Norte do Paraná”. A solenidade foi realizada no PDE – Campus de Jacarezinho. A reitora agradeceu a presença das autoridades presentes, reforçando a importância do apoio para a Universidade. “O apoio de vocês é fundamental para que possamos crescer cada dia mais. A UENP é uma Universidade construída com bases muito sólidas”, disse. “Nós temos muita história e a nossa história não está limitada a esses 15 anos, por isso, precisamos muito do apoio de vocês. A presença de vocês aqui hoje representa este importante apoio”, finalizou.



O deputado Federal Pedro Lupion parabenizou a Universidade e enalteceu o trabalho realizado pela Instituição nos últimos anos. “Eu sinto um orgulho imenso de poder ter participado de momentos importantes desta Universidade. Entendo que o ensino superior, sem dúvida alguma, é o que forma o nosso futuro e precisamos valorizá-lo cada vez mais. Ficam aqui os meus parabéns à UENP e a certeza do compromisso para que consigamos atendê-los, trazendo recursos à Universidade”, finalizou o parlamentar, reforçando o seu apoio à Instituição de ensino.



O prefeito de Jacarezinho, Marcelo Palhares, saudou a Universidade pelo aniversário de 15 anos. “É uma alegria participar deste momento tão importante para a UENP. Sei que ainda temos muito a evoluir e ainda há muitas coisas para acontecer, mas, aqui em Jacarezinho, estamos juntos”, afirmou. O prefeito ainda reforçou o apoio para a construção da nova Clínica de Fisioterapia e demais ações que a Universidade realizará no município.



Na ocasião, o deputado estadual Luiz Claudio Romanelli, realizou a entrega de uma menção honrosa da Assembleia Legislativa do Paraná à Universidade, representada pela reitora Fátima Padoan. 

História

A UENP foi criada pela Lei nº 15.300, de 28 de setembro de 2006, e autorizada pelo Decreto Estadual no 3909/2008 com sede da reitoria em Jacarezinho e campi nas cidades de Bandeirantes, Cornélio Procópio e Jacarezinho, reunindo as antigas instituições de ensino superior: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Jacarezinho (FAFIJA), Faculdade de Educação Física e Fisioterapia de Jacarezinho (FAEFIJA), Faculdade de Direito do Norte Pioneiro (FUNDINOPI), Fundação Faculdades Luiz Meneghel (FFALM) e Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Cornélio Procópio (FAFICOP).


TEXTO: ASSESSORIA UENP

FOTOS: MARCOS JUNIOR


Marcelo Nascimento destaca ações no “Outubro Rosa”

 


O Diretor da 19ª Regional de Saúde Marcelo Nascimento destacou neste final de semana sobre a Campanha Outubro Rosa. Na última sexta-feira, 22, aconteceu uma ação com as funcionárias do órgão regional com palestras e orientações sobre os cuidados.

“O Paraná rosa é uma importante campanha de conscientização para incentivar as mulheres a cada vez mais a fazer os exames de prevenção, ter acesso a informação e a todos os tratamentos necessários para o combate ao câncer de mama, mas o Paraná Rosa não é só relacionado ao câncer de mama, mas a promoção total de saúde das mulheres. Precisamos falar de todas as doenças que atingem as mulheres e priorizar o diagnóstico no primeiro estágio da doença, no mês de outubro foram ofertadas a coleta de exames de colo de útero, agendamentos de mamografias, testes rápido de hepatite, HIV e sífilis, vacinas e diversas atividades, com palestras de profissionais das áreas de saúde, nutrição e educação física.”, finaliza Marcelo Nascimento.







Projeto Crochetando Histórias de Cambará tem reconhecimento

 


O Projeto Crochetando Histórias – Espalhando Amor de Cambará foi um dos ganhadores do Prêmio Gestor Público Paraná (PGP). A informação foi confirmada nessa semana após apreciação da Comissão Julgadora que é uma iniciativa do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Paraná com apoio da Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas do Estado e AMP (Associação dos Municípios do Paraná).

O projeto atende 30 mulheres, com idades entre 40 e 70 anos, que apresentam traços de vulnerabilidade emocional. A proposta resgata as vivências de convivência e promove o inter-relacionamento e as habilidades já desenvolvidas pelas mulheres, criando um espaço de troca de afetos e de saúde mental.

Melhorias na rede de esgoto de Conselheiro Mairinck

 


Uma parceria entre a Prefeitura de Conselheiro Mairinck e a SANEPAR está garantindo a troca da tubulação de água a estrada da D.E.R e da Vila São Pedro. O prefeito Alex Sandro explica que a atual rede está sendo substituída por uma ligação melhor e será transferida para a calçada. “A troca será para evitar possíveis manutenções depois que fizermos a pavimentação do trecho”, comenta o prefeito de Conselheiro Mairinck.

Betão da Curva destaca campanha multivacinação

 


O vereador de Jacarezinho José Roberto Souza de Assis, o Betão da Curva, parabenizou a ação realizada na Praça Rui Barbosa nesse sábado, 23. Os pais ou responsáveis puderam levar as crianças para a campanha de multivacinação. “Na ocasião elas tiveram a oportunidade de atualização das vacinas e também puderam participar de momentos de lazer e diversão. Parabéns a todos os funcionários da saúde pelo empenho durante todo o sábado”, comenta Betão da Curva.

“TOLEDO É + DIGNIDADE”: Cartão é lançado e já começa a ser distribuído



Solenidade realizada na manhã desta segunda-feira (25), no Auditório Acary de Oliveira, marcou o lançamento e a entrega das primeiras unidades do “Toledo é + Dignidade”, cartão que será distribuído a cerca de 1.400 famílias residentes do município que se encontram em situação de vulnerabilidade social. A partir de agora, serão creditados R$ 130,00 mensais em cada unidade e este valor poderá ser utilizado em estabelecimentos comerciais conveniados para a aquisição de alimentos e itens de higiene e limpeza.

 

Antes, essas pessoas recebiam uma cesta básica cujo valor médio era de R$ 90,00 e os itens geralmente eram comprados de empresas de outras cidades. Agora, estes recursos - quase R$ 2,2 milhões por ano - movimentarão a economia local, sendo que R$ 50 mil retornará aos cofres do município na forma de pagamento de impostos, o suficiente, por exemplo, para contratar 1.250 consultas com especialistas.



 

O primeiro cartão foi entregue a Claudineia Schibichewski, moradora do bairro São Francisco. “É algo que vai nos ajudar muito lá em casa, nos possibilitará comprar de vez em quando um biscoito, um iogurte, uma opção diferente na alimentação. Sem falar que agora não vou mais ter que ir até o Cras [Centro de Referência de Assistência Social] do Panorama buscar a cesta básica de bicicleta, muitas vezes precisando da ajuda dos outros para empurrá-la”, relata.

 

A secretária de Assistência Social e Proteção à Família, Solange Silva dos Santos Fidelis, informa que a distribuição dos cartões do “Toledo é + Dignidade” será realizada pelas equipes dos Cras, que entrarão em contato com os beneficiários agendando data e horário para a retirada. “Para evitar aglomerações, este trabalho será iniciado hoje e prosseguirá nos próximos dias. Assim que o processo for finalizado, o usuário já sai com o cartão carregado e pode usar nos estabelecimentos conveniados. Só hoje, 85 famílias já puderam aproveitar este benefício”, explica.

 



Conquista histórica

Instituído pela Lei “R” nº 56/2021, o “Toledo é + Dignidade” representa uma conquista histórica tanto nas políticas públicas de assistência social quanto nas de segurança alimentar. Este aspecto foi abordado na fala de Solange e dos demais integrantes da mesa de honra do evento: o prefeito Beto Lunitti; o vice-prefeito Ademar Dorfschmidt; o presidente da Câmara Municipal, vereador Leoclides Bisognin; o secretário de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, de Inovação e Turismo e representante da Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit) na ocasião, Diego Bonaldo; e a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), Rachel Lucia Rech.

 

Bonaldo e Rech falaram dos benefícios em oferecer este auxílio em pecúnia. “Este cartão representa a capacidade deste governo em se preocupar com as pessoas, que vão consumir no mercadinho do bairro e não nas grandes redes. Coloca comida no prato das famílias que mais necessitam e dinheiro no caixa de muitos pequenos comerciantes para quem estes valores fazem toda a diferença”, comenta o secretário. “O benefício pago desta maneira é um avanço enorme. É uma satisfação enorme estar aqui e deixo os meus parabéns para todos os que trabalharam para viabilizar este programa”, salienta a presidente.

 

Fidelis destacou que a entrega do “Toledo é + Dignidade” é um marco para a história das políticas públicas sociais no município. “Antes da Constituição Federal de 1988, a entrega da cesta era vista como um favor, não como direito. Com a vigência da atual Carta Magna, houve muitos avanços nesta área, com o reconhecimento de que se tratava também de uma ação de segurança alimentar da população em favor de famílias em situação de vulnerabilidade social, bem como aquelas que sofrem ou sofreram algum tipo de violação de direitos”, analisa. “Este cartão foi idealizado há 10 anos e chega num momento importantíssimo, em que a demanda está em ascendência. É um sonho que se tornou realidade cujo exemplo já está sendo observado por outros municípios do Paraná, ou seja,é uma semente que está rendendo muitos frutos”, avalia.

 

Bisognin e Dorfschmidt destacaram a vontade política necessária para colocar fim a uma prática que causava desconforto e constrangimento ao cidadão, além de gastos e esforços inúteis por parte da administração pública. “Neste sistema antigo, havia muita burocracia, toda uma logística complicada de transporte, distribuição e armazenamento de cestas básicas. Quando este projeto chegou até nós, foi um prazer apreciá-lo, discuti-lo e aprová-lo. Deixo aqui nosso reconhecimento para todos aqueles que romperam essa barreira e inovaram na forma de ajudar aqueles que mais precisam de alimento na mesa”, observa o presidente do Legislativo. “Oferecer dignidade é não ‘engessar’ o cidadão a uma lista de alimentos que ele não teve como escolher, mas, sim, fazê-lo comprar uma proteína, uma salada, uma fruta. Nós fazemos política para as pessoas e muitas delas estão precisando da nossa ajuda e é nosso dever abraçá-las. É gratificante fazer parte desta história e, parafraseando o nosso prefeito, estamos colocando a pujança da nossa economia a serviço da vida”, pontua.

 

Em sua fala, Lunitti frisou a união de esforços que viabilizou a implantação do “Toledo é + Dignidade” e falou dos projetos na área da assistência social enviados recentemente à Câmara. “Sonhar é importante, mas ele só se torna realidade com uma equipe comprometida e o desejo das autoridades eleitas para os poderes Executivo e Legislativo. A união entre Paço e Câmara é fundamental em qualquer momento, mas principalmente neste, em que boa parte da população empobreceu em virtude da pandemia e da inflação. Temos o dever de apresentar soluções, não esperando que elas venham somente dos governos estadual e federal. Desejo que, em breve, haja empregos para todas as famílias que receberão este cartão e que este não seja mais necessário”, observa. “Os avanços nas políticas sociais não param por aqui: enviamos para os vereadores apreciarem projetos para a criação da casa-abrigo para moradores de rua, a implementação da residência inclusiva para pessoas que não podem contar com o suporte da família e a instalação de uma sede fixa para o Cras Itinerante nas imediações da Prefeitura e da Rodoviária para atender as demandas do interior”, anuncia.


FONTE: PREFEITURA DE TOLEDO


Novo veículo para Godoy Moreira

 


O município de Godoy Moreira recebeu um carro 0km na manhã de quinta-feira (21), em Curitiba, para o setor de saúde. O veículo será utilizado pelas equipes para fortalecimento do trabalho de assistência em saúde nós domicílios.  O veículo foi recebido pelo prefeito, Primis de Oliveira, e pelo assessor do deputado estadual, Artagão Júnior, Enerson Antoniolli.

 

FONTE: PREFEITURA

Prefeito é empossado presidente da Junta Militar de Arapongas



O prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, tomou posse na manhã desta segunda-feira (25), do cargo de presidente da Junta de Serviço Militar do Município de Arapongas. A posse ocorreu no gabinete municipal durante um ato simbólico. A ação foi conduzida pelo 1º tenente Reginaldo da Silva, delegado de Serviço Militar do Posto de Recrutamento e Mobilização de Apucarana – PRM 05/002, juntamente com a presença do secretário da Junta Militar, Matheus Gasparoto e Cabo Naves. Na ocasião, o chefe do Executivo proferiu o juramento à bandeira e assinou o termo de posse de presidente do órgão, contribuindo para o exercício da cidadania e engrandecimento da Pátria, tornando-se o representante oficial da Junta de Serviço Militar n° 099 – Arapongas-PR. “ Recebo esta nova responsabilidade, buscando fazer o melhor junto a toda equipe”, disse Onofre.



A Junta Militar é responsável pelo serviço de alistamento dos jovens do sexo masculino no ano que completam 18 anos, prestando atendimento relativo à obtenção de documentos de natureza militar.


FONTE: PREFEITURA DE ARAPONGAS

Iniciativa de shopping incentiva ação social em Cascavel



O vice-prefeito Renato Silva, o secretário de Assistência Social, Hudson Moreschi Júnior, a voluntária do Provopar, Fabíola Paranhos,  e a superintendente do Cascavel JL Shopping, Ana Paula  Karmouche, participaram  hoje (25) do lançamento oficial do programa ‘Cascavel JL Shopping do Bem’.

“Esta parceria com o shopping é  a  realização de um sonho. Que esta iniciativa sirva de incentivo para novas empresas se abrirem para esta ação. Além do Provopar, outras entidades serão beneficiadas. Este espaço do bem é você se colocar no lugar do outro e ajudar a quem mais precisa”, destacou Fabíola Paranhos.

 

Todas as doações arrecadadas, neste primeiro momento, serão repassadas ao Provopar e posteriormente outras entidades assistenciais do Município serão atendidas. O vice-prefeito Renato Silva ressaltou a importância do envolvimento da iniciativa privada em ações como esta.“É importante  esta ação porque as pessoas se sensibilizam e, com estas iniciativas muitas famílias serão beneficiadas”, disse.

 

De acordo com a Ana Paula Karmouche, todos os anos o shopping abre suas portas para ações  sociais como esta, principalmente na época do Natal. “Sempre fizemos parcerias com entidades e ONGs e este ano a gente quis ampliar esta ação neste momento onde mais  famílias estão precisando de ajuda”, afirmou.

 

Os cascavelenses já estão  fazendo suas doações de roupas e calçados adulto e infantil, alimentos não perecíveis e utensílios domésticos. “Com o Shopping JL do Bem, as pessoas poderão contribuir com Provopar, que é uma entidade de referência de Cascavel e que ajuda cerca de cinco mil famílias cadastradas. Com esta ação famílias em situação de vulnerabilidade serão atendidas pelas doações que serão feitas", finalizou o secretário, Hudson Moreschi Júnior.



FONTE: PREFEITURA DE CASCAVEL

Campanha Futuro Criança viabiliza repasse do imposto de renda a projetos sociais



Para estimular a população e as empresas de Londrina a destinarem parte do imposto de renda devido aos projetos sociais da cidade, na manhã desta sexta-feira (22), o prefeito Marcelo Belinati e a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMCDA), Magali Batista de Almeida, lançaram oficialmente a Campanha Futuro Criança 2021. Na oportunidade, as autoridades também apresentaram o Banco de Projetos e a Lei Municipal nº 13.262/2021, que trata da Política Municipal de Prevenção e Enfrentamento à Violência contra Crianças e Adolescentes.

O objetivo da campanha é esclarecer a população e incentivá-la a destinar parte de seu imposto de renda devido ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA). Com isso, as pessoas físicas e as empresas podem contribuir com projetos executados na cidade de Londrina, em prol dos menores de idade, ao invés de pagar o imposto diretamente para a União. “A campanha abre a possibilidade de os empresários e as pessoas comuns destinarem parte de seus impostos para programas e projetos sociais, que visam à proteção e a defesa das crianças e dos adolescentes que estão em situação de vulnerabilidade social. Ninguém pagará imposto a mais, mas, ao contrário, ao invés de destinar para o Governo Federal, a pessoa vai repassar para projetos sociais de Londrina”, disse o prefeito Marcelo Belinati.

Para que o repasse chegue até uma das entidades sociais – que atendem o público infantojuvenil carente -, é preciso que as instituições proponham projetos sociais e inscrevam os mesmos no Banco de Projetos. Assim, por meio deste banco, os cidadãos terão acesso às iniciativas que podem vir a ser desenvolvidas na cidade. “O Banco de Projetos é o local onde a pessoa que vai destinar parte do imposto de renda vai escolher para o que ela quer destinar. Temos desde instituições que fazem serviços de convivência até creches, que podem receber os repasses. A pessoa poderá acompanhar, para saber aonde o recurso destinado está sendo aplicado e com isso vai saber exatamente para onde seu imposto de renda está indo”, pontuou a secretária municipal de Assistência Social, Jacqueline Marçal Micali.


FONTE: PREFEITURA DE LONDRINA