Autoridades Alertam sobre Epidemia de Dengue

 

Em uma coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira, 01, autoridades da cidade de Cornélio Procópio abordaram a grave situação da epidemia de dengue, especialmente o tipo 3 da doença, que se mostrou agressivo e potencialmente letal. Com um caso de morte já registrado e outro sob investigação, a comunidade enfrenta um momento crítico.

Prefeito Amin Hannouche destacou as ações em andamento para combater a dengue. Ele enfatizou a importância da colaboração de todos os cidadãos nesse esforço conjunto. “Estamos trabalhando incansavelmente para controlar a propagação do vírus e proteger nossa população”, afirmou o prefeito.

Vice-Prefeita Angélica Olchaneski expressou preocupação com a rapidez do avanço da doença. O número de casos confirmados continua a crescer, e muitos pacientes estão necessitando de medicamentos e soro para combater os efeitos debilitantes da dengue. “É crucial que todos estejam cientes dos sintomas e busquem atendimento médico imediatamente”, alertou a vice-prefeita.

Yago Pereira e Elizeo Rocha, representantes da Vigilância Sanitária, enfatizaram a importância da prevenção. Eles solicitaram aos moradores a cuidarem de seus quintais, eliminando qualquer objeto que possa acumular água e servir como criadouro para os mosquitos transmissores. “A varredura regular das residências é fundamental para evitar a proliferação do Aedes aegypti”, ressaltaram.

É necessário que a população se una nesse esforço coletivo para superar esse período delicado. A conscientização, a prevenção e a colaboração de todos são essenciais para controlar a epidemia e proteger a saúde da comunidade. (Paulo Bueno – DECOM)



Conversas em prol do desenvolvimento do Norte Pioneiro

O deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli e o deputado federal Pedro Lupion estiveram reunidos nesta terça-feira, 30, na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) em Curitiba. Em pauta assuntos e investimentos nos municípios do Norte Pioneiro.

 

“Um jovem político que merece toda minha consideração. É daqueles que acorda cedo e trabalha muito. Temos uma estreita relação de companheirismo e juntos desenvolvemos uma produtiva parceria em defesa das causas dos municípios do nosso Norte Pioneiro”, comentou Romanelli.

Colégio Dom Bosco de Tomazina realiza capacitação para o ano letivo

 

Com o intuito da preparação para que 2024 seja de muito aprendizado, os profissionais do Colégio Dom Bosco em Tomazina realizaram a capacitação para o melhor atendimento dos alunos.

 

A professora Clarice Furini Cascardo Hito que é fundadora do Colégio e durante todos esses anos esteve na direção ressaltou que é importante essa preparação. “Queremos continuar disponibilizando um alto nível de ensino aos nossos alunos”, explica.

 

Atualmente o Colégio Dom Bosco atende alunos do berçário ao Ensino Médio proporcionado formação integral e vários projetos interdisciplinares. Com 100% de aprovação nos vestibulares das melhores faculdades e universidades do país.

 

“Já temos muitos profissionais atuando com excelência no mercado de trabalho nas mais diversas áreas. O colégio atende alunos de Tomazina, Pinhalão, Jaboti e Siqueira Campos e possui uma equipe de 45 colaboradores entre professores e funcionários, contribuindo com o nível de empregos na região”, finaliza a professora Clarice Furini Cascardo Hito.

Complexo esportivo da corredeira em Tomazina

 

Uma verdadeira transformação foi entregue em junho de 2023 no Complexo Esportivo das Corredeiras em Tomazina. Além da pista de canoagem (Leia na página 21) o espaço tem a sede da Associação Tomazinense de Canoagem (ATOCA), com escritório, hangar para guarda de equipamentos e vestiários, uma nova lanchonete mais moderna, novas quadras para esportes de areia, campo de grama sintética, quadra de basquete 3x3.

Através de investimentos do Ministério do Esporte e contrapartida da Prefeitura de Tomazina o espaço teve um investimento de aproximadamente R$ 2,5 milhões. O prefeito Flávio Zanrosso explicou que numa segunda fase do projeto haverá uma trilha que levará o Parque até o Salto Santa Maria.

 

EDIFICAÇÕES

 

Uma obra dessa estrutura requer uma análise em toda a sua edificação. Por exemplo, a parte da cobertura as telhas são em fibrocimento com espessura de 0,6mm. Serão fixadas à estrutura de madeira por meio de parafusos de aço galvanizado, com arruelas de neoprene.

 

Os rufos deverão receber pintura com tinta esmalte sintético na cor branco. A telha deverá ser instalada com inclinação de 12°. As alvenarias foram executadas com tijolos furados e tijolos maciços (à vista) e obedeceram às dimensões e alinhamentos determinados no projeto arquitetônico. As espessuras indicadas no projeto referem-se às paredes com revestimento. Admite-se, no máximo, variação de 2cm em relação à espessura projetada.

 

Todas as saliências superiores a 40 mm serão constituídas com alvenaria de tijolos. Para a perfeita aderência das alvenarias de tijolos furados às superfícies de concreto a que devam justapor, serão chapiscadas, todas as partes destinadas a ficar em contato com aquelas, inclusive a face inferior – fundo vigas.

 

QUADRAS

 

A parte das quadras também tiveram cuidados especiais. Os alambrados foram executados em mourões de concreto com tela quadrangular. Já a mureta no entorno das quadras foi construída uma mureta de concreto estrutural (servirá de viga baldrame e mureta ao mesmo tempo. As quadras de futebol de areia e vôlei de areia foram preenchidas com camadas de 30cm de areia fina lavada.

 


ATENÇÃO:

Este texto é de conteúdo foi produzido pelo jornalista Marcos Júnior para a Revista 'AREA e seus Municípios'. Caso for reproduzir parcialmente ou integralmente não deixe de citar a fonte


foto cedido da Prefeitura Municipal de Tomazina


A 'Terra das Cachoeiras Gigantes' fica no Paraná

 

O local conhecido como ‘Terra das Cachoeiras Gigantes’ fica no Estado do Paraná. Um destino turístico bastante procurado que fica na cidade de Prudentópolis é o “Monumento Natural Estadual Salto São João”.

 

Segundo informações do site do Instituto Água e Terra (IAT) ele fica a 22 quilômetros do centro do município numa área de 15 alqueiras que impressiona pela beleza. “No meio de uma floresta de araucárias bem preservada, surge uma cachoeira com grande volume de água, com uma queda de 84 metros de altura e segue pelo Rio São João”, ressalta o site estadual.

 


A criação do Monumento Natural do Salto São João tem o objetivo de garantir proteção integral ao remanescente de Floresta Ombrófila Mista (Floresta de Araucárias), flora, fauna e recursos hídricos, em especial a cachoeira e os paredões e demais recursos ambientais protegidos e seu entorno que formam um cânion.

 

O Rio São João é um dos rios que compõem a Bacia do Rio Ivaí, com 56 km de extensão dentro do município. É um dos principais rios de Prudentópolis e ao longo do seu leito existem quedas d'água e locais utilizados para lazer. O local possui estacionamento com capacidade para 54 veículos leves e quatro ônibus. Um centro de visitantes de 453 metros quadrados, com anfiteatro, banheiros, lanchonete e loja de artesanato. A Gestão da Unidade é compartilhada, entre o Instituto Ambiental do Paraná e a Prefeitura Municipal de Prudentópolis.


 

Em contato com a Prefeitura Municipal de Prudentópolis, o Blog do Marcos Júnior teve a informação que somente no período festivo entre o Natal e Ano Novo foram aproximadamente 1.500 turistas e vários estados brasileiros e países como Itália, Portugal, Ucrânia, Paraguai e Argentina.

Prefeitura de Andirá anuncia Processo Seletivo com 15 vagas de estágio


No estado do Paraná, a Prefeitura de Andirá anuncia a abertura de um novo Processo Seletivo, destinado à admissão de estagiários de diferentes áreas.

De acordo com o edital, são ofertadas 15 vagas, além de cadastro reserva para os estudantes matriculados nos respectivos cursos: Administração (1); Pedagogia (1); Educação Física (1); Outras Licenciatura (1); Psicologia (1); Enfermagem (1); Arte (1); Fisioterapia (1); Engenharia Civil (1); Agronomia (1); Farmácia (1); Ciências Biológicas (1); Ciências Contábeis (1); Direito (1); Técnico de Enfermagem (1).

Para se inscrever, é necessário estar regularmente matriculado e com frequência efetiva em cursos do ensino técnico ou superior, de acordo com a área de interesse.

Aos estagiários selecionados, a bolsa-auxílio mensal a ser recebida varia de R$ 450,00 a R$ 650,00, acrescido de R$ 30,00 de auxílio-transporte, referente a jornada de estágio de 20 ou 30 horas semanais.

Inscrição e seleção

Os interessados devem se inscrever no período de 25 a 31 de janeiro de 2024, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30, exclusivamente de forma presencial, na sede da Secretaria Municipal de Educação, Rua Sergipe, nº 995, Jardim Montecarlo.

Como forma de seleção, os candidatos inscritos serão avaliados por meio de prova objetiva, prevista para ser aplicada no dia 3 de fevereiro de 2024, na Escola Ana Nery.

Este Processo Seletivo terá validade de um ano, prorrogável por igual período, a contar da publicação do edital de classificação final.


EDITAL DE ABERTURA - CLIQUE AQUI


FONTE: PCI CONCURSOS

Romanelli participa em Brasília de discussão sobre os leilões dos Lotes 3 e 6 do pedágio no Paraná


O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD) vai participar em Brasília no próximo dia 7 de fevereiro de reunião sobre os leilões dos Lotes 3 e 6 do novo programa de concessões de rodovias. O encontro entre parlamentares e equipes de órgãos federais está sendo organizado pela bancada federal do Paraná no Congresso Nacional e deve ter a presença do ministro dos Transportes, Renan Filho.


Os processos dos novos lotes foram entregues no início de janeiro ao Tribunal de Contas da União (TCU), que precisa dar o aval para a continuidade das concessões, e a expectativa é de que os leilões aconteçam no segundo semestre deste ano. O lote 3 abrange estradas do Norte do Estado, inclusive a Rodovia do Café (BR-376), enquanto o lote 6 engloba rodovias do Oeste e Sudoeste do Paraná, incluindo a BR-277, de Foz do Iguaçu a Guarapuava.


“O fato é que o governo federal precisou fazer alguns ajustes no programa de concessões porque a modelagem proposta não atraiu interessados. A falta de concorrência nos dois primeiros lotes é prova disso”, afirmou Romanelli ao lembrar que a Frente Parlamentar sobre os Pedágios ofereceu uma série de sugestões para aperfeiçoamento do processo. “Os paranaenses querem um pedágio com a menor tarifa e garantia da realização das obras”.


A expectativa do deputado é que as alterações no projeto sejam detalhadas na reunião com os órgãos federais responsáveis pela nova concessão. “Somos absolutamente contra o pedágio abusivo, mas a situação atual mostra a necessidade de termos empresas cuidando das rodovias. Estamos vivendo um verdadeiro caos nas estradas, sem manutenção, sem fiscalização e sem obras novas”, considerou.


Romanelli criticou a demora da realização dos leilões que, na avaliação dele, deveriam ter sido feitos antes do término das antigas concessões, em 2021. “Por uma questão eleitoral, o governo federal da época deixou de fazer as concessões no tempo correto. Foi uma grande irresponsabilidade”, disse o deputado em entrevista na Rádio Graúna FM, de Cornélio Procópio.


FONTE: ASSESSORIA

Marialva cria o Programa Horta Comunitária Urbana

 

A Prefeitura de Marialva publicou nesta segunda-feira, 29 de janeiro, um Edital de Chamamento Público buscando pessoas que se interessem em participar da primeira horta do Programa Horta Comunitária Urbana, que já tem local definido: ao lado da Capela Mortuária da Vila Antônio, nas proximidades do antigo IBC.

 

Serão selecionados 40 beneficiários (que não podem ser da mesma família), com preferência para aqueles que já usufruem de programas da Assistência Social.

 

O Programa Horta Comunitária Urbana tem como objetivos principais:
•    A complementação alimentar das famílias cadastradas;
•    Geração e complementação de renda, utilizando mão-de-obra de moradores do bairro ou região;
•    Melhorar a saúde da população, através do consumo de alimentos sem agrotóxicos;
•    Otimizar o aproveitamento dos espaços urbanos, contribuindo assim para a melhora do meio ambiente;
•    Incentivar a utilização e a reciclagem de resíduos sólidos, orgânicos e inorgânicos, tanto na forma de composto orgânico, como na forma de infraestrutura para as áreas da horta;
•    Valorizar o espírito comunitário na utilização do espaço público e na manutenção do mesmo;
•    Ser instrumento pedagógico para a compreensão da relação meio ambiente e alimentação saudável, relacionando-os a saúde, cidadania e qualidade de vida.

 

Quem está à frente do Programa é a Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária. De acordo com o secretário da pasta, Nathan Bortolon Lucca, o processo de implantação das hortas passa pela identificação dos locais e, se forem particulares, consulta ao proprietário e viabilização documental. Depois disso, o município promove a limpeza, cercamento e disponibilização de água. “No caso dessa da Vila Antônio, já está pronta para as famílias usarem, e foi feita em terreno público”, afirma. “É um projeto de grande importância para as famílias, especialmente as que mais precisam”, acrescenta.

 

O Programa está sendo acompanhado tecnicamente pelo engenheiro agrônomo Fabianderson José Baio de Souza, com o apoio de demais membros da equipe da Secretaria de Agricultura e Pecuária, sem contar também o apoio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, especialmente na busca de famílias já atendidas por programas sociais e que tenham interesse em participar da Horta Comunitária Urbana.

 

Quer saber mais sobre o Programa? Clique aqui para conferir o Decreto que o criou, e clique aqui para conferir o Edital de Chamamento para a 1ª Horta. Você também encontra estes documentos nos anexos desta notícia!

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Marialva

Norte Pioneiro realiza Fórum de Cidades Digitais

 

O Centro de Eventos Prefeito José Antônio de Oliveira em Jacarezinho será o palco do Fórum de Cidades Digitais e Inteligentes promovido pela Rede Cidade Digital (RCD) no dia 22 de fevereiro. A ação tem a parceria a APROVA e apoio da AMUNORPI (Associação dos Municípios do Norte Pioneiro) e AMUNOP (Associação dos Municípios do Norte do Paraná).

 

Conforme o diretor da RCD, José Marinho, o objetivo é promover a troca de experiências entre os gestores municipais e facilitar o acesso a soluções inovadoras. “O objetivo é abordar tudo que tem sido feito visando melhorar a oferta de serviços. A pandemia intensificou mais esse movimento com a implementação de políticas públicas voltadas para melhorar a vida das pessoas por meio da tecnologia e da inovação”, observa o diretor da RCD

 


As inscrições para o Fórum de Cidades Digitais e Inteligentes do Norte Pioneiro do Paraná são gratuitas para servidores públicos, vereadores, entidades e universidades e devem ser feitas pelo sympla.com.br/rcd. As vagas são limitadas.

 

O prefeito de Jacarezinho, Marcelo Palhares, destacou a importância do município sediar o encontro visando fomentar a inovação nos municípios da região. "Sediar um evento como o Fórum Rede Cidade Digitais e Inteligentes é motivo de grande alegria. Sobretudo porque temos trabalhado para que Jacarezinho possa se consolidar como um polo regional de inovação. O Fórum é uma oportunidade para que os municípios de nossa região possam conhecer ideais e projetos inovadores, capazes de potencializar a gestão e transformar de maneira positiva a vida das pessoas. Estou muito satisfeito em poder ser o anfitrião de um evento tão importante como esse”, destacou o prefeito.

 

Prefeitos Inovadores – Durante o Fórum de Cidades Digitais e Inteligentes, a Rede Cidade Digital também realiza a entrega do título de Prefeito Inovador 2024 da região. Para a seleção e o reconhecimento, são considerados diversos fatores, entre eles a utilização da tecnologia de forma estratégica na gestão pública, como forma de melhorar a prestação de serviços e qualidade de vida do munícipe, e o impacto positivo no desenvolvimento das cidades.



FOTO DO CENTRO DE EVENTOS: CRÉDITO BRUNO DUARTE

CCJ realiza primeira reunião no dia 06 de fevereiro

 

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Paraná realiza sua primeira reunião de 2024 no dia 06 de fevereiro. A informação foi confirmada pelo presidente do grupo de trabalho, deputado Tiago Amaral (PSD). A reunião está regimentalmente marcada para terça-feira, às 13h30, com transmissão ao vivo pela TV Assembleia e pelas redes sociais do Poder Legislativo. A pauta de votação ainda não está definida.

De acordo o deputado Tiago Amaral (PSD), a Comissão vai continuar trabalhando para melhorar a vida dos paranaenses. “Essa tem sido uma marca da minha atuação aqui dentro da Assembleia e, a partir do ano passado, quando assumi a presidência da CCJ. Nesse período foi possível intensificar o foco na qualidade legislativa para fazer leis que resolvam problemas e causem impacto positivo na vida das pessoas. Para 2024, eu sigo nesse propósito, dentro daquilo que é um dos meus lemas: não fazer promessas, mas assumir compromissos”, disse o parlamentar.

Em 2023, 864 proposições, tanto de autoria dos parlamentares, quanto de outros órgãos da Administração Pública, foram pautadas pela presidência e analisadas pelos deputados membros. Durante o ano passado, foram realizadas 48 sessões no total, sendo 38 ordinárias e 10 extraordinárias.

No período, foram analisados 613 projetos de autoria dos deputados estaduais, 215 projetos de autoria do Executivo, 21 do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), três do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), nove do Ministério Público do Paraná (MP-PR), três da Defensoria Pública, além de 160 emendas de plenário ou das comissões permanentes. Em 2023 não tramitou na Comissão nenhuma Proposta de Emenda à Constituição (PEC). Já Decretos Legislativos foram três. De acordo com a Comissão, 549 projetos apresentados receberam pareceres favoráveis, 14 contrários e 123 pareceres foram pela baixa em diligência.

Amaral lembra que 2023 permitiu um aproveitamento grande da pauta, com a oportunidade de aumentar a produtividade. Para ele, os deputados conseguiram melhorar o processo legislativo. O parlamentar disse ainda que é preciso enxergar este processo de forma mais rica e com mais qualidade.

No ano passado, a CCJ também criou um movimento de interação com a população, promovendo audiências públicas para debater temas relevantes para a sociedade. O grupo realizou quatro audiências públicas no primeiro semestre para esclarecer ideias que foram apresentadas em projetos de lei.

Funções

A Comissão de Constituição e Justiça é considerada a mais importante da Casa, por onde se inicia a tramitação de todos os projetos de lei. Sendo aprovados, estes podem seguir para as demais comissões permanentes e ao plenário. Entre outras funções, cabe à CCJ emitir parecer quanto à constitucionalidade, legalidade, juridicidade, adequação regimental e caráter estrutural das proposições. O grupo de trabalho é composto por 13 membros.

As reuniões ordinárias da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Paraná são transmitidas pela TV Assembleia nas terças-feiras, a partir das 13h30. A emissora do Legislativo pode ser sintonizada no canal 10.2 na televisão aberta. Na TV fechada, a emissora pode ser acessada pelo canal 16 da Claro/NET. A sessão também é transmitida pelas redes sociais do Poder Legislativo.



FONTE: ASSESSORIA

Ações para trabalhos de prevenção contra a dengue em Wenceslau Braz

 

A Prefeitura Municipal de Wenceslau Braz e a Secretaria Municipal de Saúde realizam reunião com equipes de saúde para repassar orientações da Secretaria de Estado da Saúde.

Você ainda não está no grupo do Blog do whats? CLIQUE AQUI

A secretária Ana Cristina Micó da Costa, juntamente com coordenadora de vigilância epidemiológica Erica de Jesus Rufino Videira, a enfermeira coordenadora da atenção básica em saúde Thaysa Pollyana S. Costa e o coordenador de educação continuada Danillo Lima, conduziram reunião na estrutura do PSF Central, sobre o manejo da dengue seguindo orientações da SESA – 2024, com os médicos e enfermeiros da atenção básica de saúde do município para fazerem os atendimentos frente aos possíveis casos e suspeitas de dengue.



FONTE: PREFEITURA DE WENCESLAU BRAZ

Soldados do 30º BIMec reforçam o combate à dengue em Apucarana

 

O trabalho de conscientização e vistorias nos quintais das casas realizado pelos 64 agentes de endemias de Apucarana para eliminar focos do mosquito da dengue ganhou, a partir de hoje, o reforço do Exército Brasileiro. Realizada como complemento do Mutirão de Combate à dengue, a ação em conjunto pela Autarquia Municipal de Saúde e 30º Batalhão de Infantaria Mecanizada BIMec teve início pelo Jardim Diamantina.

A parceria foi firmada após o prefeito Junior Femac enviar ofício solicitando o apoio ao comandante da 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada, de Cascavel, General Evandro Luiz Amorim Rocha. “O Exército Brasileiro está atendendo uma reivindicação nossa num momento de epidemia. Isso também ocorreu durante a pandemia da Covid, quando os soldados percorreram a cidade entregando máscaras e orientando a população”, agradece o prefeito.

O secretário de saúde, Emídio Bachiega, destaca que os soldados do exército representam um grande reforço no trabalho de conscientização e vistorias nos quintais das casas, para orientar e ajudar a eliminar focos do mosquito Aedes Aegypti, causador da dengue.

O Mutirão de Combate à Dengue, em Apucarana, começou no dia 8 de janeiro e vem sendo realizado em todas as regiões da cidade. Agentes de endemias, agora com o apoio dos soldados do 30º BIMec, fazem vistorias nos quintais das casas e as famílias são comunicadas com antecedência para depositar inservíveis nas calçadas, para serem coletados por equipes da prefeitura.

Em quinze dias de mutirão, em diversos bairros de Apucarana, a Secretaria de Serviços Públicos já recolheu mais 240 caminhões-caçamba de lixo e inservíveis, que agora têm destinação correta.



FONTE: PREFEITURA DE APUCARANA

Santin Roveda destaca parcerias com TJ-PR que levam justiça e cidadania em todo Paraná


O secretário estadual da Justiça e Cidadania, Santin Roveda, participou nesta segunda-feira, 29, no Tribunal de Justiça do Paraná, do início do ano judiciário que além de um momento de reflexão e renovação para o sistema da justiça brasileira e apontou como destaque a parceria das ações, programas e projetos entre o Governo do Estado e o TJ-PR. "Temos os programas Paraná em Ação e Justiça no Bairro, coordenados pela desembargadora Joeci Machado Camargo, como exemplos desta parceria profícua", disse Roveda


O início do ano judiciário neste ano contou com a presença do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Edson Fachin; do presidente do TJ-PR, Luiz Fernando Tomasi Keppen; da vice-presidente do TJ, desembargadora Joeci Machado Camargo; e autoridades judiciárias e do governo do Estado.


Roveda reiterou o que chamou de "parceria significativa" entre o Tribunal de Justiça e o Governo do Estado na promoção da justiça e da cidadania em todo o Paraná. "Os programas Paraná em Ação e Justiça no Bairro são um testemunho dessa união de forças", disse.


O programa Justiça no Bairro, sob a liderança da desembargadora Joeci Camargo, tem sido um veículo fundamental para levar serviços jurídicos e de cidadania às comunidades mais carentes. Paralelamente, o Paraná em Ação, liderado por Roveda, amplia o alcance desses serviços, disponibilizando-os para vários municípios. "Juntos, esses programas têm um impacto significativo, principalmente para as pessoas com menor acesso a tais serviços, priorizando os mais necessitados", disse


"Este início do ano judiciário não é apenas um marco no calendário, mas um lembrete da responsabilidade contínua do judiciário e do governo em trabalhar em uníssono para garantir a justiça e a cidadania para todos. A união de forças entre o judiciário e as instituições governamentais é um passo fundamental neste caminho, pavimentando o futuro com esperança e ação", completou Santin Roveda.



FONTE: ASSESSORIA

Estádio Municipal passará por reformas em Conselheiro Mairinck



O Estádio Municipal Oscalino Ferreira em Conselheiro Mairinck tem o começo de sua reforma. O primeiro ato é a perfuração dos espaços para iniciar o projeto para melhorias no espaço esportivo.

O prefeito Alex Sandro explica que através de recursos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SEDU) e investimentos próprios serão mais de 400 mil reais investidos na construção de novos vestiários, banheiros, lanchonete, construção dos muros, fachada e a troca do alambrado.

 

“Até a próxima semana concluiremos os ensaios e reabriremos para as práticas esportiva. Contamos com a compreensão de todos para que não aconteçam acidentes no local”, conta o prefeito Alex Sandro.

Leis estaduais garantem e promovem roteiros turísticos do Paraná

 

O turismo é um dos principais setores da economia do nosso estado que oferece inúmeras atrações históricas, naturais e culturais. Para desenvolver o setor por meio de um planejamento estratégico integrado, articulado e atendendo os vários setores interdependentes nas mais diversas regiões paranaenses, a Assembleia Legislativa vem debatendo e aprovando leis que garantem e promovem essa atividade.

Para desenvolver, ampliar, qualificar e dinamizar a oferta turística com atrativos, equipamentos, serviços e infraestrutura, a Comissão de Turismo da Assembleia promove estudos relativos à política e sistema estadual de turismo, bem como da exploração das atividades e dos serviços turísticos, qualificando-os dentro de padrões de excelência que possibilitem maior competitividade.

A Lei estadual nº 21.762/2023 instituiu o “Programa Paraná Turismo, Mais Infraestrutura”, com a finalidade de qualificar a infraestrutura turística, melhorar a qualidade dos produtos turísticos e contribuir para a expansão do setor turístico estadual e a Lei estadual nº 21.760/2023 instituiu o “Programa Paraná Mais Eventos”, com a finalidade de fomentar e contribuir para a realização de eventos de interesse turístico, ampliando o fluxo de turistas internos e propiciando o desenvolvimento local nos diversos setores da economia.

O setor turístico é sempre objeto de atenção e cuidado pelos legisladores paranaenses como a Lei estadual nº 16.896/2011 que instituiu o “Dia Estadual dos Trabalhadores em Turismo, Hospedagem, Gastronomia, Entretenimento, Diversão e Lazer” a ser comemorado em 11 de agosto anualmente; a Lei estadual nº 17.182/2012 que incluiu no Calendário Oficial de Eventos do Estado do Paraná, o dia 06 de outubro como o “Dia do Turismo Regional”, Lei estadual nº 21.456/2023 que instituiu o “Dia do Guia de Turismo” a ser celebrado anualmente em 10 de maio e a Lei estadual nº 21.602/2023 que estabeleceu o dia 23 de agosto como o “Dia do Mototurismo no Paraná”.

Já Lei estadual nº 21.7672023 instituiu o “Programa Paraná Mais Viagem”, com a finalidade de fomentar o desenvolvimento turístico no Paraná e estimular o fluxo de turistas, gerando emprego e renda para a população local e impulsionando a economia regional de forma integrada, sustentável e responsável. No âmbito do “Paraná Mais Viagem”, o “Projeto Viaja +60” tem por finalidade promover a inclusão social da pessoa idosa por meio do fomento das atividades turísticas direcionadas e aumento das oportunidades de viajar.

Parque Nacional do Iguaçu

Segundo maior destino turístico do Brasil, o Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as Cataratas do Iguaçu, no município de Foz do Iguaçu, oeste do Paraná, recebeu 1.833.398 visitantes de janeiro a dezembro de 2023. No final do século XIX, o engenheiro abolicionista André Rebouças, motivado pela criação da primeira área federal protegida do mundo – o Parque Nacional Yellowstone nos EUA – idealizou o Parque Nacional do Iguaçu. Em 1916, Santos Dumont visitou a região e ficou surpreso ao saber que a área onde se situam as Cataratas pertenciam a um particular. Após sua partida, teve uma conversa com o Governador do Paraná para que o local se tornasse público e protegido.

Em três meses o Estado do Paraná declarava de Utilidade Pública essa área para que nela se estabelecesse "uma povoação e um Parque" (Decreto Estadual Nº. 653 de 28 de julho de 1916). Mas somente em 1939 foi criado o Parque Nacional do Iguaçu, através do Decreto Federal Nº. 1.035 de 10 de janeiro de 1939, assinado pelo presidente Getúlio Vargas. Tornou-se o segundo Parque mais antigo do Brasil, depois do Parque Nacional do Itatiaia, no Estado do Rio de Janeiro. Em 1º de Dezembro 1981, pelo Decreto Federal Nº 86.676, o Parque Nacional do Iguaçu passou a contar com uma área de 185.262 hectares.

Reconhecido e admirado mundialmente, em 1986, a UNESCO o declarou Patrimônio Mundial Natural e, em 2012, as Cataratas do Iguaçu foi eleita uma das 7 Maravilhas Naturais do Mundo. Estes títulos são compartilhados entre os parques nacionais do Iguaçu/Iguazú do Brasil e da Argentina. A Lei estadual nº 18.641/2015 concedeu ao Município de Foz do Iguaçu, o Título de “Capital do Turismo do Estado do Paraná” e a Lei estadual nº 21.591/2023 o Título de “Destino do Mundo” a este município paranaense.

Roteiros turísticos do estado do Paraná

Os roteiros turísticos do estado estão garantidos por lei aprovadas na Assembleia Legislativa para fomentar o turismo e divulgar as inúmeras belezas nas mais diversas regiões do Paraná.

A Lei estadual nº 21.572/2023 inseriu no Calendário Oficial de Eventos do Estado do Paraná a Festa do Colono, realizada anualmente na semana dos dias 25 e 28 de julho nos municípios de Foz do Iguaçu e Santa Terezinha de Itaipu.

A Lei estadual nº 21.433/2023 instituiu o “Roteiro Turístico da Imigração Japonesa no Estado do Paraná” compreendendo locais onde os imigrantes japoneses, na sua maioria, se instalaram no estado, municípios de Curitiba, Maringá, Londrina, Uraí, Assaí, Rolândia, Paranaguá, Cambará, Apucarana, Paranavaí e Terra Boa onde podem ser visitados praças, parques, monumentos, palácios, portais, centros culturais, restaurantes e atrações que homenageiam a Imigração Japonesa.

No fomento ao turismo religioso, a Lei estadual nº Lei nº 15.025/2006 incluiu no Roteiro Turístico da Secretaria de Estado do Turismo do Estado do Paraná, o Santuário Morro da Salete, localizado no município de Medianeira e as Leis estaduais nº 19.820/2019, nº 19.998/2019, nº 20.408 e nº 20.652/2021 inseriram no Roteiro Oficial de Turismo Religioso do Estado do Paraná, os Santuários de Nossa Senhora Aparecida localizados nos municípios de Astorga, Itaipulândia, Reserva do Iguaçu e Londrina, respectivamente.

A Lei 12.958/2000 estabeleceu o “Polo de Turismo Gastronômico, Cultural e de Turismo de Negócios e Eventos do Oeste do Paraná”, centralizado no município de Toledo; a Lei estadual nº 12.983/2000 criou o Polo de Turismo "Café no Bule", nas zonas rurais dos municípios de Cambé, Rolândia e Arapongas para efeitos de incentivos fiscais, de crédito e de infraestrutura na região e a Lei estadual nº 18.473/2015 instituiu a “Rota das Ostras” nos municípios de Guaratuba, Matinhos, Pontal do Paraná, Paranaguá, Guaraqueçaba, Antonina e Morretes.

Os passeios mais famosos dos Campos Gerais como o Parque Estadual de Vila Velha, Cânion de Guartelá e Parque Histórico de Carambeí, também estão resguardados pela Lei estadual nº 18.940/2016 que instituiu a “Região Turística dos Campos Gerais”, que inclui, no Roteiro Turístico Oficial do Estado do Paraná, os municípios de Carambeí, Castro, Ipiranga, Jaguariaíva, Ortigueira, Palmeira, Piraí do Sul, Ponta Grossa, Porto Amazonas, Sengés, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania.

Enquanto a Lei estadual nº 19.688/2018 promoveu para “Região Turística Norte do Paraná”, incluindo no Roteiro Turístico Oficial do Estado os municípios de Alvorada do Sul, Arapongas, Assaí, Bela Vista do Paraíso, Centenário do Sul, Ibiporã, Londrina, Lupionópolis, Pitangueiras, Porecatu, Primeiro de Maio, Rancho Alegre, Rolândia, São Jerônimo da Serra, Sapopema, Sertanópolis e Tamarana. Ainda nesta região do Paraná, a Lei estadual nº 20.639/2021 concedeu o Título de Capital Paranaense do Turismo de Aventura ao Município de Sapopema.

A Lei estadual nº 21.747/2023 criou a “Rota Turística da Lavanda” que compreende os municípios de Palmeira, Toledo, Londrina, Umuarama Carambeí e Araucária para estimular o desenvolvimento socioeconômico regional, bem como das atrações e pontos turísticos destes municípios produtores de lavanda.

A “Rota Turística Caminhos da Erva-Mate” foi instituída pela Lei estadual nº 21.766/2023 abrangendo os municípios produtores de erva-mate, pertencentes à Região Sul do Estado do Paraná: Antônio Olinto, Bituruna, Cruz Machado, General Carneiro, Paula Freitas, Paulo Frontin, Pinhão, Porto Vitória, São Mateus do Sul e União da Vitória destacando os atrativos e características naturais, históricas e culturais da cadeia produtiva da erva-mate.

 Cicloturismo

A Lei estadual nº 20.196/2020 instituiu o “Circuito Cicloturístico do Litoral do Paraná” integrando os municípios de Antonina, Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Paranaguá e Pontal do Paraná com o objetivo de o incentivar o uso da bicicleta e a prática do turismo ecológico, a valorização da cultura e dos atrativos turísticos do litoral do estado e seus municípios, a melhoria da saúde e bem-estar dos cidadãos por meio da promoção do lazer e da atividade física e o desenvolvimento dos arranjos produtivos locais e movimentação da economia do litoral. Em decorrência, a Lei estadual nº 20.354/2020 instituiu a “Lei do Cicloturismo” com os mesmos objetivos, mas agora para estender os objetivos para todo o estado.

A Lei estadual nº 21.592/2023 incluiu no Roteiro Turístico Oficial do Estado do Paraná a trilha “Ciclorrotas Nascentes do Iguaçu”, compreendendo os Municípios de Pinhais, Piraquara e Quatro Barras, como forma de identificar, consolidar, incrementar e incentivar a atividade de turismo, esporte e lazer nestas localidades. A Ciclorrotas Nascentes do Iguaçu compreende vias urbanas e rurais, caminhos, trilhas, ciclovias e paisagens da região que envolve os Rios Atuba, Palmital, Rio do Meio, Iraí, Bacacheri, Canguiri, entre outros afluentes que juntos, formam as nascentes do Rio Iguaçu.

Para o Observatório de Turismo do Paraná, “os destinos turísticos do estado estão em reconhecimento no mercado nacional e internacional, como destinos turísticos de qualidade, inteligentes e inovadores, com base na melhoria contínua da competitividade da sua oferta, valorizando e respeitando suas características e diferenciais para gerar valor e experiências positivas. Estão alicerçados no capital humano qualificado, na modernização pública e privada, no uso adequado das tecnologias de informação e comunicação, na excelência ambiental e cultural e na governança colaborativa e pactuada pelos atores locais. Com o turismo posicionado como atividade econômica estratégica e sustentável, promotora da qualidade de vida de seus habitantes”. (Plano Estratégico de Marketing Turístico Paraná 2018/2026).



FONTE: ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Romanelli e Hiroshi Kubo anunciam início das obras do prolongamento da Avenida Turística em Carlópolis

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD) e o prefeito Hiroshi Kubo (PSD) anunciaram na última semana o início das obras do prolongamento da Avenida Turística Elias Merhi Mansur em Carlópolis, cidade do Norte Pioneiro do Paraná. "É mais uma notícia aos moradores de Carlópolis. Logo vão começar as obras de prolongamento da avenida turística à beira do lago. Um investimento urbanístico importante que vai valorizar mais ainda a cidade", disse Romanelli.


A prefeitura de Carlópolis vai investir R$ 4 milhões - através de parcerias, entre elas, com o mandato do deputado Romanelli -  na pavimentação de um quilômetro em duas pistas da avenida até o acesso para Ribeirão Claro pela PR-151. "Um dos grandes desafios é melhorar urbanisticamente a cidade, atrair mais turistas e ao mesmo tempo fazer de Carlópolis cada vez melhor para seus moradores", destaca o deputado.


"É um grande investimento que levará mais desenvolvimento para a região, fruto da visão futurista do prefeito Hiroshi Kubo que faz de Carlópolis uma cidade cada vez mais bonita com novas melhorias, obras e serviços públicos de qualidade para toda a população", completou Romanelli, que representa Carlópolis na Assembleia Legislativa e no Governo do Paraná.


Atração turística - O prefeito Hiroshi Kubo disse que a obra de prolongamento da Avenida Turística sempre foi uma prioridade do Município, mas que em função do valor não foi realizada antes. "Agora com apoio do deputado Romanelli, vamos fazer esta obra que vai atender não só aos moradores do Jardim Americana, mas as pessoas que vão para Ribeirão Claro", disse. 


A Avenida Turística Elias Merhi Mansur está localizada às margens da represa no perímetro urbano de Carlópolis. A avenida é usada pelos moradores no início da manhã e final de tarde para caminhadas e outras atividades físicas.No seu entorno, estão localizados ainda um bosque, campo de futebol, área para jogo de bocha e a praça da Amizade Brasil-Japão com uma academia ao ar livre e playground. O pôr do sol da avenida é uma das atrações turísticas de Carlópolis.


FONTE: ASSESSORIA



Lobo vai assumir Coordenaria de Marketing da Fiep


O jornalista Jefferson Lobo, secretário de Comunicação e de Cultura de Cascavel, vai assumir na próxima quinta-feira, 1º de fevereiro, a Coordenadoria de Marketing da Fiep (Federação das Indústrias do Paraná). Lobo aceitou o convite do presidente da Fiep, Edson Vasconcelos, e sua indicação tem a benção do prefeito Leonaldo Paranhos (PSC);


Estrategista em comunicação e especialista em marketing digital, Lobo integra a equipe do prefeito Paranhos desde 2018 e é apontado como um dos responsáveis pela boa imagem de Cascavel nos cenários nacional e internacional e pela ótima aprovação (85,7%) de Paranhos, medida pelo Instituto Paraná Pesquisas, entre os moradores da cidade-polo do oeste do Paraná.


Lobo vai levar sua expertise em comunicação em redes sociais, análise de cenários e posicionamento na mídia ao marketing da Fiep. "A Fiep já é uma instituição com grande inserção junto ao segmento industrial em outros setores da opinião pública, e o desafio é torná-la ainda mais conhecida no estado e ativa nos debates e na construção de um Paraná cada vez mais forte e sustentável", aponta.

II Seminário Regional Família Acolhedora é realizado em Almirante Tamandaré

 

Vale a pena para uma família se apegar a uma criança ou adolescente por um período temporário?

A delicada questão, pela qual passam aos que aderem ao Programa Família Acolhedora, foi discutida no II Seminário Regional da Família Acolhedora realizado no Sindicato dos Empregados no Comércio de Curitiba e Região Metropolitana (Sindicom) em Almirante Tamandaré, uma realização do Consórcio Metropolitano de Serviços do Paraná (COMESP) e pelos municípios consorciados na área social: Almirante Tamandaré, Balsa Nova, Contenda, Fazenda Rio Grande, Rio Negro, Guaratuba, Itaperuçu, Lapa e Piên.

Participaram autoridades, gestores e técnicos de 31 municípios, entre eles o prefeito de Almirante Tamandaré, Gerson Colodel e a secretária da Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa do Paraná, Leandre Dal Ponte.

O seminário apresentou as finalidades do consórcio, na contratação de capacitação e supervisão técnica das equipes que atuam no Serviço de Família Acolhedora, visando o aprimoramento da oferta de serviços socioassistenciais, aos municípios consorciados.

Foram tratados assuntos relevantes como a sensibilização da Rede de Proteção Social, o qual será seguido de um cronograma de atividades futuras já estabelecidas, a saber: encontros de supervisão; capacitação EAD; oficinas presenciais; produção de relatórios.


Família Acolhedora


O Programa Família Acolhedora oferece um lar temporário para crianças ou adolescentes em situação de abandono ou afastados da família. Parte do princípio que a criança tem de ter os cuidados que um lar proporciona até que retorne para seus laços originais ou vá para adoção.

Almirante Tamandaré, tem o maior acolhimento de toda região metropolitana com 13 crianças ou adolescentes acolhidos.