Prefeito Amin Hannouche visita força-tarefa criada para ajudar pessoas de rua



Diante queda acentuada da temperatura da noite de quinta-feira (29), o prefeito de Cornélio Procópio, Amin Hannouche, não pensou duas vezes: juntou-se à equipe voluntária do plano emergencial montado pela prefeitura para ampliar o plano de acolhimento de pessoas desprotegidas nas ruas. Além da Casa de Passagem, montou um alojamento em uma das salas do ginásio de esportes 15 de Fevereiro para prestar o auxílio.

A prefeitura, através da Secretaria de Promoção Social, Fecop, com apoio da Defesa Civil, vem desenvolvendo essa missão através de uma força-tarefa para acolhimento dessas pessoas nesse período. Foi o caso de dois homens que acabaram sendo amparados e protegidos com cama e cobertores em uma das salas improvisadas no ginásio.

“Viemos aqui para ver de perto o trabalho que está sendo feito por nossa equipe que está trabalhando com pessoas voluntárias nessa missão. São pessoas do bem que querem nos ajudar a acolher e tratar bem as que moram nas ruas porque ninguém suporta o frio e a fome”, disse o prefeito.

“A gente vem aqui para aliviar um pouco o sofrimento delas. Temos que fazer o bem para elas, independente de serem daqui ou não. Temos que pensar que hoje são eles e amanhã, pode ser um de nós. Assim, temos que olhar para elas, estender a nossa mão porque isto não nos custa nada”, afirmou Hannouche.

Outra ação foi prestada na Estação Rodoviária para uma família de Cascavel. Lá, uma senhora estava com o marido e duas crianças e acabou amparada pela força-tarefa que a conduziu para a Casa de Passagem para receber alimento e pouso.

Durante a noite, as equipes prestaram atendimento a 15 pessoas, sendo, 12 adultos e 3 crianças. O trabalho da força-tarefa montada pelo município vai prosseguir enquanto persistir as baixas temperaturas. (Comunicação/Prefeitura)

“Prolongamento de avenida seria uma ligação entre o centro e a BR”, comenta Nilton Stein

 


A Avenida Rosa Prado de Almeida, situada no Jardim Canadá em Jacarezinho, poderá ter uma ampliação e ser uma ligação entre a BR 153 e o centro da cidade. Este foi um pedido realizado pelo vereador Nilton Stein através do Requerimento 130/2021 e enviado ao Poder Executivo.

O vereador Nilton Stein lembra que o pedido visa a necessidade de promover o desenvolvimento da cidade e ampliar as vias de acesso à área urbana. Ele ainda destaca que a Rua Otaviano Tonet, na Vila Rosa, é uma via estreita e que causa insegurança no trânsito e risco aos pedestres.


ENTRE EM NOSSO GRUPO DO WHATS. CLIQUE AQUI

“Um ponto importante é que esta ação seria após regularizar o processo de desapropriação nas áreas onde se encontram instaladas as torres de alta tensão”, explica Nilton Stein. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano informou que realizará um estudo e encaminhará ao Chefe do Poder Executivo para viabilizar ou não a obra solicitada.

Saúde de Ibaiti realiza monitoramento contra Covid-19 e Influenza nos idosos do Lar São Vicente de Paula



Em razão da pandemia da Covid-19, em maio de 2020 o governo aprovou a Nota Técnica nº 12/2020, com orientações e recomendações gerais quanto ao atendimento nos serviços de acolhimento de pessoas idosas ou com deficiência no contexto de emergência em saúde pública decorrente do novo Coronavírus.

ENTRE EM NOSSO GRUPO DO WHATS. CLIQUE AQUI

Entre várias medidas a realização de testagem para as pessoas acolhidas e trabalhadores dos serviços de acolhimento que apresentarem sintomas de Covid-19, ainda que seja o teste rápido imunológico, a partir do 8º dia do início dos sintomas, conforme Nota Técnica DESF/SAPS/MS nº 11/2020, priorizando-se o teste PCR para os casos de pessoas acolhidas com sinais de gravidade e/ou presença de comorbidades.
"O procedimento de Testagem para Covid-19 em Ibaiti teve início no dia 15/07/2020, a rotina definida pela 19ª Regional de Saúde foi fazer em todos os idosos e todos os funcionários do Lar de Longa Permanência. Em caso de algum positivar, repetir semanalmente até que desse negativo. Após dar negativo de todos, repetir a cada 15 dias somente dos funcionários. E caso alguém voltar a positivar, começamos o processo tudo de novo", disse o secretário Municipal de Saúde de Ibaiti Leandro Moreira dos Reis.
"Foi realizado um cronograma pela coordenadora do local, e uma lista com todos os nomes. A Vigilância Epidemiológica, agenda com o LAREN de Jacarezinho, digita os documentos e a enfermeira juntamente com uma técnica, realizam as coletas. O material é enviado e a Vigilância Epidemiológica monitora os resultados e comunica a 19ª Regional de Saúde imediatamente", declarou o secretário.

ENTRE EM NOSSO GRUPO DO WHATS. CLIQUE AQUI

No dia 15 de julho de 2021, Ibaiti completou um (01) ano de trabalho em conjuntoILPIS/ Vigilância Epidemiológica e Atenção Básica. Serviço esse executado como maior cuidado e dedicação. "O fruto recebido é o bem estar dos nossos idosos, e até hoje não tivemos nenhum surto no local e nenhum positivado dentro da Instituição", completou Leandro.
Durante esse período, foram entregues máscaras e oxímetros. Também foram realizadas vacinas antecipadamente, tanto contra a Covid-19 quanto contra a Influenza.
"Nossos parabéns a todos os envolvidos. Não é uma rotina fácil principalmente para os que são testados a cada 15 dias. Mas tudo em prol de um bem maior, a saúde e o bem estar dos nossos queridos idosos", concluiu o secretário.

FONTE: PREFEITURA DE IBAITI

“Infraestrutura é primordial”, ressalta Marcelo Palhares

 


O prefeito de Jacarezinho Marcelo Palhares destacou na última semana em entrevista ao Podcast “Gente Nossa” dos comunicadores Marcelo e Leonardo que o tema de infraestrutura é primordial. Durante a entrevista que durou aproximadamente 1 hora ele falou sobre vários assuntos. ASSISTA AO VÍDEO COMPLETO.

“Precisamos desenvolver obras estruturante para desenvolver o município de Jacarezinho e todo o Norte Pioneiro”, comenta Palhares. Ele ainda explicou sobre o projeto de pavimentação asfáltica na Vila Castro e no Jardim Panorama.

ENTRE EM NOSSO GRUPO DO WHATS. CLIQUE AQUI



“É uma Emenda do deputado Diego Garcia e em breve teremos a obra e estamos esperando a liberação do dinheiro inicial para já iniciar a obra de pavimentação”, explica. Sobre o Jardim Panorama, o prefeito Marcelo Palhares explicou no Podcast “Gente Nossa” que o recurso é de aproximadamente R$ 6 milhões e os trâmites já estão sendo feitos.

Hospital de Cambará recebe Menção Honrosa na Assembleia Legislativa

 


O Hospital Municipal de Cambará recebeu Menção Honrosa na Assembleia Legislativa do Paraná. O ato foi proposto pelo deputado estadual Michele Caputo e foi entregue nessa sexta-feira, 30, ao prefeito Neto Haggi, ao vereador Rafaelo Frascatti e a equipe da unidade hospitalar.



“É muito importante o reconhecimento que os hospitais estão realizando. Ainda mais nesta época de Pandemia. O trabalho é grande. Este é um reconhecimento para todos os funcionários que se dedicam diariamente em prol da saúde”, comenta Caputo.

ENTRE EM NOSSO GRUPO DO WHATS. CLIQUE AQUI



Recentemente foi anunciado que está em tramitação o convênio que garante o repasse de R$ 500 mil para o Hospital Municipal. A vez faz parte da indicação do deputado estadual Michele Caputo, através do programa Paraná Mais Cidades, e deverá ser utilizada exclusivamente na compra de equipamentos para a instituição. Atualmente o local está com os centros cirúrgicos e maternidade fechados, mas bem breve retomará todos os atendimentos.



Quando Secretário Estadual de Saúde disponibilizou mais de R$ 1 milhão para a reabertura do Hospital Municipal. Agora como deputado segue ajudando nosso município e garantiu essa verba de R$ 500 mil”, destaca Rafaelo Frascatti.



A lista de equipamentos a serem adquiridos com o recurso está sendo definida pela Prefeitura Municipal, responsável pela administração do hospital. Com a reabertura total, além dos atendimentos de urgência e emergência, que já estão acontecendo, os procedimentos cirúrgicos eletivos de média complexidade também voltarão a ocorrer. Dessa maneira, as gestantes do município voltarão a ter seus partos realizados na própria cidade.

Tomazina inaugura Parque do Trevo

 


O Parque Antônio José do Nascimento (o Parque do Trevo) em Tomazina foi inaugurado na tarde dessa sexta-feira, 30. Quem passou no início da noite pelo local já percebeu a iluminação e o novo visual que a obra proporcionou.


ENTRE EM NOSSO GRUPO DO WHATS. CLIQUE AQUI

“É um sonho que concretizamos. Muitas pessoas acharam que era uma loucura, mas foi uma loucura que deu certo e que mudou totalmente o visual da entrada de nossa cidade”, comentou Flávio Zanrosso emocionado durante o seu discurso.



No local foi instalado: caminhada, bosque, academia ao ar livre e iluminação. O prefeito Flávio Zanrosso lembra que com emenda do ex-deputado federal João Arruda, a segunda etapa teve um investimento de aproximadamente R$ 518 mil.


“Além de contar com uma área de lazer, o Parque ainda vai melhorar a visão de quem passa de carro e dar mais segurança aos pedestres que cruzam a rodovia reduzindo, assim, acidentes”, finaliza o prefeito Flávio Zanrosso.



Projeto Angra Doce é debatido em Carlópolis

 


Uma região às margens que da Represa Xavantes e que envolve municípios do Paraná e São Paulo. Este é o Projeto Angra Doce que vem trabalhando para fomentar ainda mais o turismo. Pelo lado paranaense estão: Carlópolis, Jacarezinho, Ribeirão Claro, Salto do Itararé e Siqueira Campos.

Uma reunião com o Secretário Estadual de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo Márcio Nunes, o deputado federal Pedro Lupion, o deputado estadual Romanelli, prefeitos integrantes pelo lado paranaense e lideranças deram mais um passo para a ação.

O prefeito de Carlópolis Hiroshi Kubo explica que a intenção e fomentar ainda mais o turismo e com o apoio do Governo do Estado será cada vez mais primordial esta situação. “A formalização como interesse turístico também impulsionará o projeto Angra Doce para o desenvolvimento do turismo, reformas de estradas, saneamento básico, saúde, obras, entre outros”, ressalta.



O deputado federal Pedro Lupion lembrou quando estava na Assembleia Legislativa foi um dos autores para a região ser considerada Lei a nível estadual. Ela foi sancionada pelo então governador Beto Richa através da Lei 19.369. Já na esfera federal a Área Especial de Interesse Turístico tem a Lei 13.921 que foi sancionada pelo Presidente Jair Bolsonaro.

O mapeamento do projeto Angra Doce teve o apoio das universidades da região e do Programa Cidades do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). A proposta prevê uma governança envolvendo vários setores dos dois estados, abrangendo governo, universidades e sociedade civil.


O deputado estadual Romanelli também destacou o potencial da região. “É um projeto que vem sendo concretizado a cada dia. Temos uma bela paisagem e potencial para ser referência em todo o Brasil no âmbito do turismo”, argumenta Romanelli.



ATRATIVOS

A região é propícia para a prática de vários esportes, como rafting, canoagem, trekking, asa delta, voo livre, paraglider, parapente, equitação, passeios náuticos e pesca esportiva. Além disso, também possui cachoeiras, trilhas, praias artificiais e lugares históricos, como a ponte pênsil Alves de Lima, que foi destruída durante a Revolução Constitucionalista de 1932 e reconstruída quatro anos mais tarde.

A região abriga água, cascatas e praias ao redor do lago da represa de Chavantes. São 400 quilômetros quadrados de extensão e o lago tem mais de 9 bilhões de metros cúbicos de água, formado pelos rios Paranapanema e Itararé.



Antes de chegar é preciso olhar a região de cima, do topo do Morro do Gavião, de onde se descortina um cenário deslumbrante – 360 graus de horizonte muito verde. Embaixo, a propriedade particular oferece estrutura para receber os turistas, como muitas outras pousadas, restaurantes e quiosques da região.

Rubens Bueno vistoria máquinas de patrulha mecanizada com presidente da Comcam



Durante sua passagem pela região, para prestação de contas do mandato, o deputado federal, Rubens Bueno, acompanhando do presidente da Comcam, Leandro Oliveira, prefeito de Araruna, estiveram no pátio do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) de Campo Mourão, na tarde dessa quinta-feira (29), onde fizeram uma vistoria às máquinas da patrulha mecanizada da Comcam/Condescom, adquirida com recursos de emendas parlamentares do deputado. 

            O investimento ultrapassa R$ 3 milhões. Estiveram presentes também o prefeito de Barbosa Ferraz, Edenilson Miliossi (ex-presidente da Comcam) e o deputado estadual Douglas Fabrício.  “Atendendo demanda da região destinamos estes recursos para aquisição destes equipamentos que tão logo estarão atendendo os municípios”, destacou Bueno, ao ressaltar que sempre está atento às demandas da Comcam.

            O presidente da entidade, Leandro Oliveira, informou que entraves burocráticos impedem as máquinas de já estarem atendendo os municípios. No entanto, conforme Oliveira, a expectativa é que os equipamentos estejam a campo ainda este ano. 

            “Sabemos que já estão paradas tempo demais. Enquanto isso os municípios estão precisando destes equipamentos. Mas desde que assumimos a Comcam estamos empenhados em resolver todos os entraves para colocar a patrulha em pleno funcionamento. O que deve ocorrer ainda este ano”, afirmou o presidente da Comcam. “Só temos a agradecer o empenho do deputado Rubens por esta parceria com os municípios da região. A aquisição destas máquinas foi um trabalho inciado pelo Miliossi, cujas ações serão concretizadas na nossa gestão”, lembrou.

Patrulha

            A patrulha rural foi adquirida com recursos de emendas parlamentares destinadas pelo deputado Rubens Bueno. O investimento ultrapassa R$ 3 milhões. Entre os equipamentos estão: rolo compactador, caminhão basculante, motoniveladora, retroescavadeira, escavadeira hidráulica, pá carregadeira, e um trator New Holland traçado. Os equipamentos atenderão os 25 municípios da Comcam.

Maioria dos municípios do Paraná ainda não solicitou recursos da Lei Aldir Blanc



A Superintendência-Geral da Cultura reforçou nesta sexta-feira (30) durante reunião por videoconferência com os gestores municipais desta área a importância e os prazos para fazer a solicitação dos recursos da Lei Aldir Blanc. Os valores são destinados aos municípios e estão no Fundo Estadual de Cultura. O prazo de solicitação é 2 de agosto, na próxima segunda-feira.

A Secretaria Especial da Cultura, do governo federal, publicou um comunicado com orientações aos municípios que executarão a Lei Aldir Blanc em 2021. A Lei 14.150/2021 permite que os estados transfiram recursos aos municípios que não solicitaram a verba em 2020 e aos que reverteram os recursos ao seu respectivo ente estadual – o que será viabilizado nos estados que possuírem recursos disponíveis e terá sua operacionalização definida por meio de regulamentação federal.

Até a manhã desta sexta-feira (30), dos 206 municípios do Paraná que têm direito aos recursos, 37 fizeram a solicitação. Isso representa menos de 20% das cidades paranaenses com direito à verba.

"Assim que a Lei foi publicada, mandamos ofício aos municípios, porém como o prazo é curto estamos fazendo um grande esforço para que todos possam requisitar essa verba e fazê-la chegar aos trabalhadores e trabalhadoras da Cultura de sua cidade", afirma a superintendente-geral da Cultura do Paraná, Luciana Casagrande Pereira.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Escolas abertas para proteger nossas crianças



A pandemia tem produzido situações que vão do encantamento à decepção, do aplauso à revolta. Nos encantamos com a genialidade que encontra soluções incríveis para problemas complexos; admiramos a solidariedade que nunca deixa de socorrer quem precisa; aplaudimos o desprendimento que salva vidas. 

São marcas da índole do brasileiro, que gostamos de exaltar como princípios éticos de uma população formada por “gente do bem”. Sim, há no Brasil uma maioria que preserva valores sociais, culturais, humanitários e cristãos em quaisquer situações.

Mas, para tristeza de muitos, há uma minoria que nos surpreende negativamente. É o lado sombrio desses tempos difíceis, que apaga o brilho da nossa longa tradição de praticar o bem, e nos impõe uma reflexão: o que justifica o aumento assustador dos casos de violência contra mulheres e crianças? 

O que podemos – e precisamos – fazer para retomar o caminho da normalidade? Porque nada justifica a violência, nem mesmo a pandemia que bagunçou nossas vidas.

Como Embaixadora da Organização Mundial da Família (OMF), vejo com preocupação a escalada desse tipo de violência. Se levarmos em conta o fato de que há subnotificação, por causa das limitações impostas pela pandemia, é de se supor que estamos diante de uma tragédia de grandes proporções.

Dados recentes revelam que temos hoje mais casos de violência e maus tratos contra mulheres, crianças e adolescentes do que em situações normais. 

Também cresceram muito os números de crianças nas ruas, pedindo esmola e comida nos semáforos de todas as cidades – já não é um fenômeno restrito aos grandes centros urbanos.

Com as escolas fechadas, a sociedade perde uma importante referência no combate a esse tipo de crime. Além de ser fator inibidor da violência, a escola também faz a notificação dos casos às autoridades competentes, e a mediação com as famílias para identificar a origem dos problemas que levam à violência. 

Outro ponto bastante preocupante é o fato das escolas particulares já estarem funcionando há alguns meses de forma presencial, enquanto que muitas públicas permanecessem apenas com aulas virtuais, em muitos casos, precárias por falta de infraestrutura nas instituições de ensino  e/ou nas casas dos estudantes. Isso acentua a desigualdade entre os alunos que pode ser irreversível no futuro. 

É mais do que urgente retomar a atividade escolar. Sabemos que há recomendações técnicas que precisam ser rigorosamente seguidas. Afinal, ninguém quer colocar em risco a saúde da grande comunidade escolar: nossas crianças e jovens, professores, pais, servidores. Mas é possível compatibilizar a atividade escolar com medidas de prevenção sanitárias. 

Confinadas em casa, algumas famílias se converteram em focos de violência. O que revela uma distorção, pois ali deveria reinar a harmonia, a segurança e a proteção, longe dos perigos do mundo externo. 

Por isso, é necessário avaliar outros fatores, como o desemprego, a queda na renda das famílias e a dificuldade de adaptação ao trabalho remoto. E, em última instância, os problemas de relacionamento interfamiliares.

De todo modo, a sociedade precisa ficar atenta a esse fenômeno, subproduto da pandemia, e cobrar das instituições – em especial as públicas – uma atuação mais firme e resolutiva. 

Proteger nossas crianças é investir no futuro. Já temos problemas que nos bastam; não podemos permitir que a violência venha engrossar estatísticas tão desabonadoras para o Brasil. 


Cida Borghetti

Embaixadora da Organização Mundial da Família (OMF)

Samu atende nas nove cidades do sul do Paraná, destaca Santin Roveda

 


O ex-prefeito Santin Roveda disse nesta quinta-feira, 29, que a habilitação pelo Ministério da Saúde do Samu para atuar em nove cidades do sul do Paraná dá condições agora de atender todos os moradores da região. "Era um pedido de toda a população de União da Vitória e das nove cidades que antes tinham um serviço deficitário e que dependia de cada prefeitura, agente ou gestor político. Agora uma verdadeira democratização do Samu que vai atender desde o mais humilde morador até o mais abastado", disse.

Agora, o Samu Regional tem cinco ambulâncias de suporte básico nas cidades de União da Vitória, Bituruna, São Mateus do Sul, General Carneiro e Cruz Machado e duas ambulâncias de suporte avançado com UTI Móvel em União da Vitória e São Mateus do Sul.

O serviço passa atender uma população de 165.695 moradores de nove cidades: União da Vitória, Bituruna, São Mateus do Sul, Cruz Machado, Paula Freitas, Antônio Olinto, Porto Vitória e Paulo Frontin. "Desde 2009, havia muita discussão a respeito do Samu, mas pouca efetividade. Quando assumi a presidência da Amsulpar (associação dos municípios do sul do Paraná), priorizei e trabalhei intensamente até que a região conseguiu concretizar a demanda. O Samu está presente em nove cidades com atendimento 24 horas, urgência e emergência pelo 192".

"Isso muda muito a saúde da região inteira porque o Samu tem porta aberta em qualquer hospital. Antes, em qualquer acidente ou trauma, a pessoa era levada a uma UPA ou Pronto Atendimento para depois, através de uma triagem, ser encaminhada um hospital. Hoje, o que acontece: o Samu pode levar esse pacientes diretamente a outros centros como Curitiba, Pato Branco, Campo Largo. Esse tempo a mais faz a diferença. Para mim é um orgulho, a implantação do Samu em União da Vitória e e mais oito municípios da região" completou Santin Roveda.

Com as informações repassadas número 192, o médico já vai poder direcionar para qual hospital ou unidade de saúde o paciente deve ser encaminhado, fazendo com que o serviço seja o mais rápido e ágil no salvamento de vidas. O encaminhamento do paciente para a unidade de saúde ou hospital é feita pelas central do Samu, que vai ter numa tela todas as informações de leitos e serviços disponíveis em cada cidade e região.

FONTE: ASSESSORIA

Campanha Marmitex Solidária distribui refeições prontas para famílias em Ibaiti



Nestes dias de frio, uma iniciativa organizada e coordenada pela primeira dama e presidente do Provopar, Flaviana G. Fadel Carvalho com apoio da Prefeitura de Ibaiti através da secretária Marcia Andréia Pereira Lemes da Secretaria Municipal de Assistência Social, da secretária Tânia Fátima Fadel Bueno da Secretaria Municipal de Educação, e Vera Lúcia Bernardes presidente da Fundação de Apoio à Criança e Adolescente de Ibaiti - FACAI, está levando refeições quentes para as famílias que mais necessitam no município.

A Campanha Marmitex Solidária distribui mais de 500 refeições duas vezes por semana, nas terças e quintas-feiras a partir das 17 horas no Centro de Apoio a Juventude de Ibaiti - CAJI na Rua Dr. Euclides Monteiro, Vila Sossego.



O público-alvo da campanha é formado por pessoas em situação de insegurança alimentar e/ou vulnerabilidade social, e são famílias identificadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social, como gestantes desnutridas, crianças, desempregados, trabalhadores formais e informais de baixa renda e idosos. Os cadastros para retiradas das refeições devem ser feitos no Centro de Referência e Assistência Social - CRAS, na Rua Jonas Teixeira, 404, Bairro João Edmundo de Carvalho das 8h às 12h e das 13h às 17h.

A ação tem por objetivo beneficiar essas pessoas com uma refeição balanceada e cheia de nutrientes pelo menos duas vezes por semana. Segundo a primeira dama e presidente do Provopar Flaviana, a ação faz parte de uma séria e promoções que serão desenvolvidas pelo Provopar com apoio do prefeito municipal Dr. Antonely de Carvalho.


FONTE: PREFEITURA DE IBAITI

Cidades paranaenses registram temperaturas negativas, nenhuma no Norte Pioneiro



A maior massa de ar frio que atingiu o Paraná em 2021 fez despencar as temperaturas em todas as regiões do Estado na madrugada desta quinta-feira (29). Das 63 estações meteorológicas analisadas pelo Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), 34 registraram temperaturas negativas. A mais baixa foi em Palmas, com -4,5°C.

O frio intenso já bateu recordes em todo o território paranaense. Ao todo, 26 localidades registraram as temperaturas mais baixas em todo o ano.

“Foi uma madrugada bem gelada em todo o Paraná, com temperaturas negativas principalmente na metade sul paranaense, com destaque para a região de Palmas e General Carneiro, com valores de -4°C nos termômetros já no meio da madrugada”, informou Lizandro Jacóbsen, meteorologista do Simepar. “As temperaturas negativas foram registradas no Oeste, Sudoeste, Centro-Sul, Campos Gerais, Região Metropolitana de Curitiba e em algumas cidades da faixa Norte”.

ENTRE EM NOSSO GRUPO DO WHATS. CLIQUE AQUI

Foram registradas temperaturas abaixo de zero em Apucarana (-0,2°C), Assis Chateaubriand (-2,4°C), Campo Mourão (-3,1°C), Capanema (-1,5°C), Cascavel (-4,1°C), Cerro Azul (-2,3°C), Clevelândia (-3,4°C), Colombo (-1,6°C), Curitiba (-0,8°C), Cândido de Abreu (-2,3°C), Foz do Iguaçu (-1,4°C), Francisco Beltrão (-0,9°C), General Carneiro (-2,2°C), Guarapuava (-4,2°C), Guaíra (-0,4°C), Inácio Martins (-4,0°C), Irati (-1,8°C), Jaguariaíva (-2,9°C), Lapa (-2,1°C), Laranjeiras do Sul (-1,5°C), Marechal Cândido Rondon (-0,7°C), Palmas (-4,5°C), Palmital (-0,8°C), Palotina (-3,4°C), Pato Branco (-2,0°C), Pinhais (-1,6°C), Pinhão (-3,5°C), Ponta Grossa (-4,3°C), Santa Helena (-0,4°C), São Miguel do Iguaçu (-1,2°C), Telêmaco Borba (-2,6°C), Toledo (-3,9°C), Ubiratã (-0,5°C) e União da Vitória (-0,3°C).

As sensações térmicas chegaram a -10ºC em Palmas, -5,5ºC em Guarapuava e -4,8ºC em Cascavel.

GEADA  O frio é resultado de uma massa de ar polar que avançou pelo Paraná entre segunda e terça-feira, e deve deixar as temperaturas baixas até o fim de semana. O meteorologista do Simepar informa que, além da temperatura baixa, o vento deixa a sensação de frio mais acentuada do que os valores de termômetro. Apesar de incômodo, o vento ajuda a conter a geada em diversos municípios nas primeiras horas da manhã. No entanto, a atenção ainda é necessária.

“Mesmo assim, as geadas aparecem sobre o Estado, porque os valores de temperatura estão baixos até mesmo no Norte e no Litoral”, explicou.

Para as próximas 24 horas, a previsão do Simepar é de formação de geadas em quase todos os municípios do Paraná, sendo mais fortes no Centro-Sul, Campos Gerais e Região Metropolitana de Curitiba.

Conforme se desloca para o Oceano Atlântico, a frente fria começa a perder intensidade no fim de semana, mas ainda mantendo temperaturas baixas e alerta de geada no Sudoeste, Sul, Região Central, Campos Gerais e RMC, além do sul do Norte e Norte Pioneiro. A expectativa é que, no domingo, áreas de instabilidade apareçam a partir do Paraguai, diminuindo a previsão de geadas.


FONTE: AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Curitibinhas vão aprender noções da Língua Brasileira de Sinais



O universo da Língua Brasileira de Sinais - Libras vai ficar mais acessível aos curitibinhas. O Departamento dos Direitos da Pessoa com Deficiência, da Prefeitura de Curitiba, criou um novo projeto para que crianças de 7 a 12 anos aprendam sobre Libras. O “Conversação em Libras para Curitibinhas” vai começar a ser feito no mês de agosto. 

Serão reuniões on-line e gratuitas, todas as sextas-feiras, pela plataforma Google Meet. O projeto foi todo desenvolvido pela equipe da Central de Libras, do Departamento dos Direitos da Pessoa com Deficiência. 

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até o dia 18 de agosto. Um formulário precisa ser preenchido pelos pais ou responsáveis legais pela criança. O link para inscrição pode ser acessado aqui.

O e-mail usado para a inscrição precisa ser do pai ou da mãe ou do responsável legal pela criança. O horário da Conversação On-line será definido conforme a maioria escolher. Pela manhã, será das 9h às 10h, à tarde, das 14h às 15h. Nas próximas conversações, dependendo da necessidade, o turno pode ser intercalado a cada semana.

A primeira Conversação em Libras para Curitibinhas será feita no dia 20 de agosto. No formulário de inscrição, os pais/responsáveis devem informar se a criança é surda ou ouvinte. Não serão usadas imagens das crianças que participarem da atividade.

Durante as conversas on-line, os curitibinhas podem precisar estar próximos aos pais ou responsáveis para acompanhar a atividade. O link para participar de cada reunião será enviado pelo e-mail cadastrado no formulário. 

Entre os objetivos do Conversação em Libras para Curitibinhas estão promover atividades lúdicas e abordar temas como: bullying; diversidade da área da surdez e suas identidades; surdos com down, com transtorno de espectro autista, sinalizantes, oralizados, surdocegos, com múltipla deficiência; conceito de inclusão social; sensibilização para as diferenças; e aprendizagem de Língua Brasileira de Sinais bem como sinalizar o nome, além do nome de batismo, cores, números, animais, objetos, e verbos.

“A Conversação não será só para aprender Libras, mas também para conhecer sobre a comunidade surda e toda a diversidade humana”, disse Daniela Cristina Silva Lima Ramos Guidugli, que trabalha na Central de Libras.

Outras informações podem ser obtidas no e-mail centraldelibras@curitiba.pr.gov.br ou pelo WhatsApp (41) 99255-8206.

Adultos

Todas as quartas-feiras, das 9h às 11h, a Central de Libras também promove a Conversação em Libras On-Line. Este projeto é feito desde 2017 e é direcionado para qualquer pessoa que queira aprender sobre Libras. A participação é gratuita. 

Em razão da pandemia, os encontros agora são feitos de forma on-line. 


FONTE: PREFEITURA DE CURITIBA

Jacarezinho oferece consultoria gratuita para empreendedores

 


O município de Jacarezinho em parceria com o SEBRAE irá oferecer consultoria gratuita para os Micro Empreendedores Individuais (MEI) e Micro Empreendedores (ME).

No cronograma está como divulgar os produtos e serviços nas mídias digitais ou administrar as finanças. Para agendar a Consultoria online e gratuita, os interessados devem entrar em contato pelo telefone: (043) 3911-3056 com o nome completo, CNPJ da empresa e telefone para contato.



Sertaneja inscreve três projetos no “Prêmio Gestor Público”

 


O município de Sertaneja inscreveu três projetos no Prêmio Gestor Público Paraná, iniciativa do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Paraná com apoio da Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas do Estado e Associação dos Municípios do Paraná (AMP). O prefeito Jamison Donizete e o deputado estadual Romanelli parabenizaram os projetos desenvolvidos.

O Pipa (Projeto Integrado de Proteção ao Adolescente, Projeto Social Espaço Infância), que oferta serviço de convivência e fortalecimento de vínculos, é um dos projetos inscritos pela prefeitura de Sertaneja. O Pipa atende adolescentes de 12 a 17 anos da área urbana e do distrito de Paranagi, um dos principais pontos turísticos do Norte do Paraná.

O Projeto Social Espaço Infância que atende crianças de 6 a 11 anos, também inscrito, traz como proposta o fortalecimento da convivência e dos vínculos.

O terceiro projeto inscrito é a Padaria Comunitária Pão Para Todos, que recebeu apoio do deputado Romanelli, com a liberação de recursos de emenda parlamentar para ampliar o atendimento à famílias carentes de Sertaneja. O programa fornece pães e lanches saudáveis para usuários atendidos nos projetos sociais, alunos da rede municipal e trabalhadores na coleta de lixo.

19ª Regional parabeniza Tomazina pelo “Selo Atenção Primária”

 




O Diretor da 19ª Regional de Saúde Marcelo Nascimento parabenizou nesta semana o prefeito Flávio Zanrosso e o Secretário Municipal de Saúde João Hélio pelo “Selo Atenção Primária de Qualidade”. Ele é entregue pelo Ministério da Saúde e reconhece iniciativas adotadas por municípios brasileiros para a manutenção de pontuação em indicadores considerados fundamentais para a área.

“Em nome do Secretário Estadual de Saúde Beto Preto e da 19ª Regional quero parabenizar em nome do prefeito Flávio Zanrosso e do Secretário Municipal João Hélio a todos os funcionários do setor. Parabenizado também aos outros 21 municípios de nossa região que se dedicam diariamente em suas ações”, comenta Marcelo Nascimento.

Para a entrega do selo foram avaliados os critérios de: consultas pré-natal, atendimentos odontológicos na gestação, realização de exames para sífilis e HIV em gestantes, cobertura de exame citopatológico, aplicação da vacina contra a poliomielite e vacina pentavalente, acompanhamento de pessoas hipertensas e solicitação do exame de hemoglobina glicada para pessoas com diabetes.

Santa Cecília do Pavão completa 61 anos com entrega de veículos

 


O município de Santa Cecília do Pavão comemorou nesta quarta-feira, 28, o aniversário de 61 anos de Emancipação Política. O prefeito Edimar Santos, o vice-prefeito Paulo Vietze, o deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli, a deputada federal Luisa Canziani e os vereadores entregaram veículos que serão utilizados em várias áreas.



Foram entregues: três ônibus escolares, dois veículos (um para a Apae e outro para a prefeitura), uma ambulância e um kit esportivo (bolas de futebol, futsal, handebol, voleibol, pares de rede, bolas de iniciação, uniformes, coletes e cones). Edmar Santos é vice-presidente da AMP (Associação dos Municípios do Paraná).



“Quero agradecer a todos os deputados que auxiliaram com a destinação de recursos para o nosso município. Estes veículos serão de extrema importância para a volta às aulas que acontecerão na próxima segunda-feira”, finaliza Edimar Santos.