Comissão da MP do Crédito Rural aprova plano de trabalho de Lupion

A comissão mista da medida provisória nº 897/2019, que trata de alterações no crédito rural, aprovou, por unanimidade, o plano de trabalho do deputado Pedro Lupion (DEM-PR), relator da proposta enviada pelo Poder Executivo.
Audiências públicas – O plano prevê a realização de três audiências públicas na comissão, nos dias 6, 13 e 20 de novembro, além de outras reuniões de trabalho a ocorrerem nos estados.
Convidados – Entre os convidados previstos, estão instituições ligadas ao agronegócio brasileiro, como a Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA) e a Organização das Cooperativas do Brasil (OCB). Além disso, representantes do setor financeiro, da B3 – Bolsa de Valores nacional -, o BNDES, Ministério da Economia e Banco Central também devem ser chamados aos debates.
Leitura – Pedro Lupion marcou a leitura do relatório e início da deliberação para o dia 27 de novembro: “É um prazo razoável para que possamos resolver todos os eixos que envolvem essa medida provisória. Precisamos tomar muito cuidado para não perdermos o objeto principal da MP, que é crédito agrícola. Ela é ampla, mas não trata do agronegócio como um todo”.
Linhas de ação – Os principais eixos da MP nº 897, que trata do crédito rural, são os ajustes e adequações, além da criação de linhas de fomento; o Patrimônio de Afetação, que permite aos produtores dar parte, e não toda, a propriedade como garantia para obter crédito; mudanças no registro das Cédulas de Produto Rural; a criação Fundo de Aval Fraterno, para garantir operações firmadas entre produtores e instituições financeiras; e a subvenção econômica para os cerealistas.

FONTE: ASSESSORIA
Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas