"A Zona Azul é necessária, mas tem que ser mais transparente", desabafa Fúlvio Boberg


O Presidente da Câmara Municipal de Jacarezinho Fúlvio Boberg destacou nesta quinta-feira, 21, que o sistema de rodízio no estacionamento na área central é necessário, mas precisa de uma transparência maior.
O pagamento iniciou no mês de novembro é já é alvo de algumas reclamações dos usuários. Uma das principais situações é sobre a falta de fiscal em vários pontos para a cobrança.
Só que para o vereador Fúlvio Boberg a situação complicada nem é esta, mas o valor cobrado e o número de vagas que estão inclusas no estacionamento rotativo.
"Eu fui dos que mais cobrei a volta da Zona Azul. É necessário um treinamento melhor para as funcionárias e paciência para a população nesse início" argumenta Fúlvio Boberg.
Outro ponto destacado é sobre o valor que foi aprovado em Lei Municipal o valor de R$ 1,00 a hora e está sendo cobrado o valor de R$ 2,00. Além disto, Fúlvio Boberg ainda ressalta que a Prefeitura licitou 120 vagas e estão sendo utilizadas 290 vagas.
"Os fiscais estão colocando multa nos carros. Não podem fazer isso. É o papel da Polícia Militar. Estarei enviando um ofício para a Prefeitura Municipal para detalharem todo o funcionamento da Zona Azul em nosso município", finaliza Fúlvio Boberg.



Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. CLIQUE AQUI
SIGA O LINKEDIN. CLIQUE AQUI

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas