Incentivar produtores e agregar valor são prioridades de Lupion na Frente do Biodiesel



Brasília - Empossado como novo presidente da Frente Parlamentar Mista do Biodiesel (FPBio) nesta quarta-feira (19), em Brasília, o deputado federal Pedro Lupion defendeu, no primeiro discurso, que, apesar das dificuldades, é preciso valorizar os produtores, esmagadoras e todos aqueles que investem no agronegócio e na produção de biodiesel no país.


"O setor de biocombustíveis é extremamente importante, ligado a um setor em que eu milito, o agro, e que o ajuda a ser a força motriz do nosso país, sem parar mesmo neste momento de pandemia", disse o deputado.


O almoço de posse contou com a presença dos ministros Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovação), Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), além do governador do Paraná, Ratinho Junior, que foi citado por Lupion.


"O governador Ratinho já disse que chega da gente se dedicar só à exportação de grão in natura. Vamos fazer com que esse grande produto que nós temos, a soja brasileira, seja beneficiada aqui, em nosso território".


A Frente Parlamentar Mista do Biodiesel conta com mais de duzentos deputados e três senadores. Um deles, Carlos Fávaro (PSD-MT), será coordenador-geral do grupo. Além dele, deputados como o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), acompanharam a posse da nova diretoria.


Desenvolvimento


A ministra Tereza Cristina parabenizou Lupion pelo novo desafio, e destacou a importância do grupo nas discussões que virão sobre biocombustíveis no país.


"A gestão do Pedro à frente da FPbio será exitosa. Precisamos da política, precisamos de legislação aperfeiçoada, em um momento importantíssimo dos nossos biocombustíveis, vamos precisar muito do parlamento, para fazer com que programas nessa área cresçam cada vez mais"


O ministro Marcos Pontes deixou o Ministério da Ciência e Tecnologia à disposição da Frente, "para trabalharmos com inovação e tecnologia em todos os setores". Já o governador Ratinho Junior ressaltou que o trabalho da FPbio é essencial para fazer com que "os produtores possam avançar, e que as leis possam incentivar, cada vez mais, a produção de biocombustíveis no país". 


Lupion espera que o trabalho da Frente possa gerar novas oportunidades para as agroindustrias, usinas, esmagadeiras e produtores rurais. "Só mostra a necessidade que temos de trabalhar, a cada dia mais, o nosso produto, desenvolvermos nosso país, nossos estados e nossos municipios, e fazer com que o biodiesel seja uma das forças motrizes do nosso agro também. A gente quer que nosso produto seja beneficado aqui, e agregar valor aqui no Brasil".


Presenças


Entidades como a Ubrabio - União Brasileira do Biodiesel -, a Abiove - Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais -, e a Aprobio - Associação dos Produtores de Biocombustíveis, também compareceram à ocasião, assim como integrantes da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). 


Entre os deputados federais presentes, Pedro Westphalen (PP-RS), Aline Sleutjes (PSL-PR), Luis Miranda (DEM-DF), David Soares (DEM-SP), Neri Geller (PP-MT), Vicentinho (PL-TO) e Tereza Nelma (PSDB-AL), assim como representantes dos Ministérios de Minas e Energia e do governo do Paraná acompanharam a posse da nova diretoria.

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas