Escola do Legislativo encerra Semana Acadêmica com êxito



A Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Paraná concluiu nesta sexta-feira (1º), com êxito, a II Semana Acadêmica, que possibilitou a apresentação de trabalhos de mestrandos e doutorandos da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e da Pontifícia Católica do Paraná (PUC-PR). O evento atingiu o objetivo proposto pela Mesa Executiva da Casa, que é o de aproximar o Poder Legislativo das universidades, oportunizando o debate sobre temas relevantes, e mostrar à sociedade o resultado de pesquisas que são realizados no Estado.

E nesta edição da Semana Acadêmica, uma miscelânea de artigos científicos elevou a discussão sobre política, tanto no campo de estrutura e mobilidade urbana, quanto na questão eleitoral e de representação.

“Foi uma oportunidade de conhecer pesquisas muito atuais que vêm sendo desenvolvidas nas universidades sobre o universo político. Todas as pesquisas abordaram a atividade política de alguma forma, sendo analisado políticas públicas, ou a atuação dos vereadores e deputados estaduais nas Casas Legislativa, e também nas redes sociais. Acredito que foi uma forma de expandir o conhecimento sobre esse universo para todos que participaram”, avaliou a coordenadora Pedagógica da Escola do Legislativo, Roberta Picussa, que comandou os trabalhos durante os três dias de apresentações.

A Semana Acadêmica iniciou os trabalhos com uma mesa discussão sobre o trabalho das casas legislativas durante a pandemia da Covid-19. Neste aspecto, a Assembleia Legislativa do Paraná foi elogiada pelos professores doutores Isabele Mitoso, da Universidade Federal do Maranhão, e Leonardo Barbosa, do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IESP-UERJ), que analisaram o desempenho do Legislativo paranaense como um dos destaques por se adaptar rapidamente à situação de emergência sanitária, seguindo com os trabalhos legislativos com resposta imediata à população. Coube ao primeiro secretário da Assembleia, deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB), esmiuçar as ações desenvolvidas desde março de 2020, que resultaram na adoção de um sistema 100% digital, tanto no trabalho administrativo quanto legislativo e avanços para dar ainda mais transparência aos trabalhos dos deputados.

Com relação aos trabalhos, mestrandos e doutorandos se dedicaram às pesquisas diversas, que analisaram, entre outros, a ausência de um projeto de mobilidade urbana que contemple ciclistas nas novas concessões de pedágio que serão realizadas nas rodovias federais do Paraná. Também analisaram a relação entre a infraestrutura verde e a saúde respiratória nos espaços urbanos.

A Região Metropolitana de Curitiba ganhou destaque em ao menos três pesquisas acadêmicas, que avaliaram políticas públicas e os trabalhos das Câmaras de vereadores.

Pesquisas eleitorais, redes sociais de políticos, Câmaras dos Deputados também ganharam espaço nas discussões.

“É essencial para termos benefícios mútuos, onde os agentes políticos possam se beneficiar das pesquisas, dos olhares, das perspectivas do acúmulo de conhecimento que as universidades produzem e que devem estar mais presentes na agenda política e por outro lado a pesquisa que é feita não ficar restrita na intranet da universidade. A gente vê muita coisa boa sendo pesquisada, sendo feita, anos de dedicação de pesquisadores e aquilo que poderia ter um benefício direto à população acaba ficando restrito ao meio acadêmica”, avaliou o deputado Goura (PDT).

Todas as apresentações, bem como o evento de abertura da II Semana Acadêmica podem ser conferidos na íntegra no canal da TV Assembleia na plataforma Youtube (https://www.youtube.com/user/TVSinalAssembleiaPR).


FONTE: ALEP

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas