Policial Militar salva dois bebês em menos de uma semana



Duas histórias de muita emoções aconteceram na região do Norte Pioneiro na última semana. O Cabo João Antônio Galvão Coser participou de duas situações que bebês lutavam pela vida. Ambas aconteceram no município de Santo Antônio da Platina.
No dia 8 de maio o policial atendeu um telefonema do município platinense. Às 10h45 a solicitante relatou que seu bebê de dois meses estava engasgada com leite materno e sem respirar. O policial orientou sobre a “Manobra de Heimlich”, para a desobstrução das vias aéreas da criança. O militar permaneceu cerca de vinte e cinco minutos auxiliando a mãe e só encerrou a ligação após verificar que a vida da criança estava assegurada.
Nesta quinta-feira, 8, às 14h55 a Polícia Militar recebeu uma ligação de um solicitante que seu sobrinho de apenas um ano estava engasgado e sem respirar. O policial Cabo João Antônio Galvão Coser orientou ao senhor os procedimentos.
Ao seguir tais orientações, a criança voltou a respirar normalmente, mesmo assim o policial orientou para que o responsável encaminhasse a criança ao hospital. O militar permaneceu na linha telefônica com o solicitante até a chegada ao Hospital Regional, garantindo assim que a criança realmente estivesse a salva.
Esse tipo de ocorrência, comumente, gera muita tensão por parte dos solicitantes e o preparo do policial é essencial para o resultado. O Cabo Coser possui 52 anos de idade, sendo 21 deles dedicados à Polícia Militar do Paraná.
O Comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, Ten.-Cel. Luiz Francisco Serra parabenizou o militar e destacou que a habilidade do policial foi fundamental para esse excelente resultado. Já o Cabo Coser disse ser pai, sabendo assim o valor de um filho, por isso está muito grato em poder auxiliar no salvamento de duas vidas e contribuir para o final feliz de dessas famílias.



COM INFORMAÇÕES DO BATALHÃO DA POLÍCIA MILITAR
Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas