Salas do Empreendedor da região recebem selos ouro e prata


Onze Salas do Empreendedor do Norte Pioneiro do Paraná foram reconhecidas pela qualidade e desempenho no atendimento aos empreendedores e seu impacto na promoção da sustentabilidade e competitividade dos pequenos negócios.
Os municípios de Andirá, Bandeirantes, Cambará, Ibaiti, Jacarezinho, Joaquim Távora e Wenceslau Braz receberam o Selo Ouro. Já os municípios de Carlópolis, Santana do Itararé, Santo Antônio da Platina e Siqueira Campos ficaram com o Prata.
O prêmio Reconhecimento Referência em Atendimento Salas do Empreendedor 2019/2020 tem como critérios: atendimento, gestão e soluções para clientes. Os parceiros são avaliados de acordo com a nota dada pelos clientes atendidos, estrutura física, cliente oculto, soluções diversificadas, resultados de atendimento, capacitação da equipe, comunidades digitais e planejamento.
A consultora do Sebrae/PR, Camila Eduarda dos Santos, destaca que o Selo é um reconhecimento importante. “É uma forma de mensurar o trabalho feito ao longo do ano. O Selo leva mais qualidade no atendimento às empresas, fomenta o desenvolvimento local dos municípios e agrega valor ao trabalho realizado pelos comitês gestores”, avalia.
Outro ponto positivo é a união da rede de agentes do norte pioneiro, que passaram a compartilhar boas práticas de gestão. “Isso aumentou o número de atendimentos aos MEI na região”, afirma.
Diferente de anos anteriores, a premiação de 2019/2020 ocorreu de forma 100% digital e precisou ser adaptada ao momento. Os participantes receberam uma caixa lacrada, contendo a modalidade do reconhecimento, que só poderia ser aberta durante o evento ao vivo, realizado em 26 de junho. A comprovação de integridade do material se deu por meio de fotos.

ANDIRÁ
A Sala do Empreendedor de Andirá ganhou o Selo Ouro como reconhecimento pelos serviços prestados aos microempreendedores individuais em 2019. A agente de crédito e desenvolvimento no município, Jheniffer da Silva Correia, ressalta que os MEI são responsáveis por grande parte da economia da cidade. “A Sala trabalha focada para oferecer soluções para que essas empresas gerem emprego e renda”, conta.
Segundo Jheniffer, o resultado é consequência do trabalho não apenas da Sala, mas também do apoio dado pelos parceiros, como o Sebrae/PR e a prefeitura. Ela destaca os benefícios trazidos pela premiação, como a visibilidade da Sala. “Isso faz com que mais empresas nos procurem e reconheçam o nosso atendimento como referência”, completa.
O agente de desenvolvimento da Sala de Santo Antônio da Platina, que conquistou o Selo Prata, Antônio Marcos de Souza, diz que a premiação representa uma grande vitória para o município e os empreendedores locais.
Segundo ele, ao longo dos últimos anos, o espaço ganhou um reforço na estrutura e na equipe para atender os MEI. “Trabalhamos com os sonhos das pessoas. Sem preparo, esses sonhos não saem do papel”, afirma.
Para Souza, essas adequações somadas à qualidade no atendimento aos clientes e capacitações oferecidas para as empresas têm contribuído para o desenvolvimento local e fortalecimento da economia.

Fonte: Imprensa Sebrae
Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas