Postos de Saúde de Araucária estão retomando ritmo de atendimento anterior à pandemia



As unidades básicas de saúde (UBSs) são a porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS) e com a melhora do quadro pandêmico mundial, estão voltando a atender com a capacidade normal. Durante os meses mais críticos, os serviços de saúde em geral estavam atendendo os pacientes não urgentes em intervalos mais espaçados para evitar aglomerações. Araucária avisa aos pacientes do SUS que a partir de 1° de dezembro mais atendimentos serão realizados nos postinhos, assim como acontecia antes da chegada do novo vírus.

A previsão da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) de Araucária é de que o intervalo entre consultas de clínico geral diminua de 30 minutos para 17, por exemplo. O secretário municipal de Saúde, Adilson Suguiura, reforça que os profissionais apenas retomarão o ritmo que já era praticado no município, sem aumento de demanda normal. “Não há nada de novo, apenas estamos percebendo a possibilidade de dar esse passo. Cerca de 85% da demanda em saúde pode ser resolvida na atenção primária, que são as unidades básicas de saúde, onde pode ser prevenido o agravo de várias enfermidades”, avalia Suguiuri.

As unidades básicas de saúde são preparadas para atender desde o pré-natal, bebês, adultos até a terceira idade. Além das consultas com médicos (clínico-geral, ginecologista e pediatra), aplicam vacinas, ofertam acompanhamento psicológico, consultas com fonoaudiólogos, acompanham as mães em pré-natal, distribuem preservativos/anticoncepcionais para auxiliar no planejamento familiar, encaminham pacientes para realização de exames, fornecem medicamentos, realizam procedimentos de enfermagem (curativos etc.), desenvolvem ações de promoção e prevenção à saúde, cuidam da saúde bucal da população, orientam sobre situações de saúde por meio dos agentes comunitários, além de encaminhar casos de maior complexidade ou de maior urgência para outros serviços.

Procure as unidades básicas de saúde sempre que precisar e as unidades de pronto atendimento apenas em casos específicos que ofereçam risco à vida (urgência ou emergência). Se por acaso, houver dificuldade de acesso a algum atendimento específico, a SMSA orienta que seja registrada ocorrência na Ouvidoria da Saúde (tel: 0800-643-7744) informando detalhes do ocorrido: tipo de atendimento e unidade básica de saúde. O banco de dados da Ouvidoria da Saúde auxilia no planejamento de políticas públicas e embasa decisões para melhorias na rede pública.


FONTE: PREFEITURA DE ARAUCÁRIA

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas