Prefeitura notifica idosos e profissionais da saúde para agendarem vacina



Na manhã desta terça-feira (23), a Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, começou a enviar mensagens de texto (sms) para os idosos com mais de 85 anos e aos profissionais de saúde com 40 anos ou mais. Ao todo, 1.313 pessoas receberão essa mensagem, sendo que 460 são idosos e 853 profissionais da saúde.

O objetivo é reforçar a importância deles marcarem um dia e horário para tomarem a vacina contra a COVID-19 e facilitar esse agendamento. Por isso, na própria mensagem haverá um link direto (clique aqui para acessá-lo). Até o momento, a imunização é a forma mais eficaz de reduzir a transmissão, diminuir a gravidade dos casos da infecção viral e proteger tanto o indivíduo quanto a sociedade. Por isso, a Prefeitura espera vacinar o maior número de pessoas o mais rápido possível.

“A vacina é o que acabará com a pandemia do Coronavírus! Nossa expectativa é vacinar a população de maneira rápida, para que em um curto espaço de tempo possamos voltar a normalidade. Para isso estamos reforçando a equipe de trabalhadores, fazendo a busca ativa daqueles que já podem se vacinar e, agora, de forma inovadora, estamos entrando em contato por meio de mensagens. O foco principal são os idosos, que estão no grupo mais suscetível e vulnerável para a COVID-19, e os profissionais de saúde”, esclareceu o secretário de Saúde, Felippe Machado.

Desde o dia 10 de fevereiro, a Secretaria de Saúde vacinou 4.326 cidadãos com mais de 85 anos. Para isso, a SMS tem divulgado nos diversos meios de comunicação e nas redes sociais a importância do cadastro e do agendamento para a imunização. Além disso, os técnicos têm telefonado para os idosos através de uma central telefônica e feito a busca ativa, com a ajuda dos agentes municipais de saúde, na casa dos cidadãos. Agora, o envio de mensagens por celular é a mais uma tentativa de chamar essas pessoas para efetivarem o direito de tomar a vacina.

Como marcar o horário da vacina – Todos que tiverem o cadastro efetivado devem acessar o site da Prefeitura de Londrina, no seguinte link: www2.londrina.pr.gov.br/sistemas/cadastrovacinacovid/.

É preciso escolher o local onde irá receber a dose da imunização. Há duas opções: a Unidade Básica de Saúde do Jardim do Sol e o Centro de Imunização na Zona Norte. A UBS do Jardim do Sol fica na Rua Via Láctea, 877 e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Já o Centro de Imunização na Zona Norte foi instalado no prédio do CCI da região norte, na Rua Luís Brugin, esquina com a Avenida Saul Elkind. Ele está atendendo das 8h às 20h.

Educação – Após a escolha, o cidadão precisa imprimir o QR-Code disponível e levá-lo no dia e horário do agendamento da vacina. Quem não tiver acesso à internet ou tiver dificuldade para imprimir o documento pode buscar ajuda em uma das 120 unidades escolares municipais de Londrina. Todos os diretores escolares e professores estão aptos para auxiliar os idosos e aqueles sem acesso ao computador, à impressora ou à internet.

“Nossas escolas estão abertas, acolhendo os idosos e ajudando quem tem dificuldades. Quem precisar pode procurar o CMEI ou a escola municipal mais próxima de sua residência, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Tivemos até o caso de uma diretora que fez o agendamento do horário para um idoso de 98 anos e levou até a casa dele, que fica na Warta. Nossa intenção é ajudar todos que tenham dificuldade de acesso, para que eles recebam a vacina na UBS do Jardim do Sol ou no Centro de Imunização da Zona Norte”, ressaltou a secretária de educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes.

CTD – O sistema de envio do SMS da Secretaria Municipal de Saúde foi elaborado pela Companhia de Tecnologia e Desenvolvimento (CTD), que também montou o mobiliário que está no Centro de Imunização da Zona Norte. “Fazemos parte deste processo e temos certeza que poderemos contribuir bastante na campanha, que será bem sucedida”, diz o presidente da CTD, Luciano Kühl, referindo-se a parceria que está sendo feitoa com a Secretaria de Saúde.



FONTE: PREFEITURA DE LONDRINA

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas