Prefeitura constrói duas novas unidades escolares na região leste



Os moradores de Londrina, que passam pela região leste da cidade, estão vendo o crescimento e a modernização da região. Acompanhando essas mudanças, o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia (SMPOT), Marcelo Canhada, e a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, foram visitar as obras das unidades escolares, que atenderão a população local.

Está em fase final, a construção da Escola Municipal Roberto Alves Lima Junior, que fica na Rua Akeo Hasuda, 235. A finalização das obras deve acontecer em meados de maio deste ano. A unidade educacional terá 3.412,12m² de área construídas em um terreno de 10.714,84m². A capacidade de atendimento da escola poderá chegar a 1.000 alunos, do P4 ao 5º ano, o que a tornará a maior escola municipal da rede pública de Londrina.



Para atendê-los, estão sendo construídos dois blocos, um deles contendo 12 salas de aula e o outro com mais 6 salas de aula. Haverá espaço para atender adequadamente as pessoas com deficiência, professores, funcionários e alunos, assim como ambientes administrativos, com sala para a direção, supervisão, secretaria, depósito de materiais e área de serviço. A escola terá um refeitório amplo, com cozinha equipada com eletrodomésticos novos e áreas especiais para o preparo de alimentos.

Além disso, duas quadras poliesportivas, sendo uma delas coberta, atenderão as aulas de educação física e atividades em contraturno escolar e uma horta será feita no jardim, para incentivar o consumo de alimentos saudáveis. “Desde o início do ano letivo, temos 150 alunos matriculadas na escola municipal, mas a capacidade dela chegará perto dos 1.000 alunos, quando finalizada, sendo eles distribuídos nos dois turnos escolares, matutino e vespertino. Nós pretendemos aplicar a metodologia de sala de aula invertida, usando salas virtuais e físicas e investirmos em esporte e cultura, por meio de atividades de contraturno escolar quando isso voltar a ser possível”, explicou o diretor da unidade escolar, Amauri Cardoso.

Durante a visita à escola, o secretário de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, elogiou o prédio que está na fase final de construção e disse que o espaço se compara às escolas privadas, visto sua magnitude e modernidade. “A grandiosidade da escola municipal é notável. Nosso projeto é levar a infraestrutura junto ao crescimento que a região leste está passando. Por isso, tem investimentos na duplicação de quase um quilômetro da Av. Dos Pioneiros, no Arco Leste-trecho 1, que acessa o bairro Acquaville até Ibiporã; tem avenidas duplicadas, iluminação de LED e uma creche modelo para atender bem a população durante muitos anos”, contextualizou o secretário.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, tanto o projeto da escola municipal quanto do Centro de Educação Infantil Nagib Abudi Filho atendem as especificações mais modernas e seguras para as crianças. “São locais modernos, seguros, aconchegantes e muito ventilados, o que é importante, principalmente para quando voltarmos presencialmente. Já temos toda a aquisição de mobiliário e de recursos humanos prontas, para que a gente possa atender aquela área da cidade, que tem crescido bastante, está bem bonita e contemplada com toda a estrutura viária e de educação. Com as duas unidades vamos atender desde bebês até as crianças do 5º ano que será a maior de Londrina”, disse Moraes.

FONTE: PREFEITURA DE LONDRINA

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas