Michele Caputo defende ampliação de políticas públicas para os idosos



O deputado Michele Caputo (PSDB) defendeu nesta terça-feira, 15, Dia Mundial de Conscientização contra à Violência ao Idoso, a consolidação e ampliação das políticas públicas de proteção, principalmente na saúde, que venham garantir a qualidade de vida na terceira idade. "As pessoas estão ganhando em quantidade de vida, mas não em qualidade. Precisamos que os sistemas públicos de saúde se organizem para trabalhar essa nova realidade, esse aumento no ganho quantitativo de vida, mas que precisa ser acompanhado por qualidade", disse


ENTRE EM NOSSO GRUPO DO WHATS. CLIQUE AQUI


Michele Caputo lembra de um provérbio de sua preferência citado pelo ex-secretário-geral da ONU, Bank Ki-Moon, numa abertura de congresso das Nações Unidas. “Quando morre um idoso, é como se incendiasse uma biblioteca". "O idoso não tem idade, ele tem vida".

"Nós precisamos respeitar os idosos, o que já acontece em muitos países e no Brasil, não. O idoso é um transtorno para as pessoas, os orientais de forma muito especial veneram seus idosos, têm um respeito profundo. Eu quero neste dia mundial fazer esse alerta, as cobranças devidas e reverenciar os idosos".

ASSESSORIA
Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas