Prefeitura fiscaliza obras do CREAS, das alças na Dez de Dezembro e do Oitão da Madre



Os secretários municipais de Planejamento, Orçamento e Tecnologia (SMPOT), Marcelo Canhada e de Gestão Pública (SMGP), Fábio Cavazotti, visitaram três obras importantes para o desenvolvimento urbano de Londrina. Durante a manhã desta terça-feira (29), eles estiveram na obra conhecida como Oitão que está sendo construído na Avenida Madre Leônia Milito entre a Rodovia Mábio Gonçalves Palhano e a PR-445; as alças de acesso na rua Bolívia à Avenida Dez de Dezembro e na sede do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), da região oeste de Londrina.

O CREAS Oeste é a obra mais avançada entre as vistoriadas hoje. Segundo o secretário de Gestão Pública, Fábio Cavazotti, no momento, ela está 99% finalizada e deve ser entregue nos próximos dias. Resta apenas a conclusão da ligação de energia elétrica e de água, por parte da Companhia Paranaense de Energia (Copel) e da Companhia Paranaense de Saneamento (Sanepar), e a instalação da placa de identificação visual por parte da Caixa Econômica Federal.



O também chamado CREAS II foi construído na Rua Saturno esquina com a Avenida Abélio Benatti, no Jardim do Sol. “Obra 99% finalizada, o que para nós é um motivo de alegria. Nesse estágio podemos ver a qualidade dela e atestar para a população que foi feita com capricho e preocupação com algo que tivesse durabilidade. A obra física está pronta. Estamos finalizando pequenos detalhes, para em questão de dias, fazermos a entrega para a população”, declarou o secretário.



O espaço será utilizado pela Assistência Social para garantir a efetividade dos direitos socioassistenciais, constituindo-o como referência para as famílias que vivem na região oeste da cidade. Assim, ele servirá para a qualificação dos serviços de proteção social especial do Sistema Único de Assistência Social (Suas) que já são ofertados no município, além de estimular a participação dos usuários e aumentar o acompanhamento das famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade e risco social.

Av. Dez de Dezembro – Na sequência, os secretários municipais e os fiscais da Prefeitura de Londrina foram até a Avenida Dez de Dezembro para verificar o andamento dos serviços na construção das alças de acesso na avenida ligando com a Rua Bolívia, nas proximidades da Vila Brasil.

A Prefeitura de Londrina está fazendo uma rotatória com uma alça de acesso para as pessoas que vem da Avenida Dez de Dezembro no sentido Centro-Zona Sul. Eles poderão acessar a Avenida Duque de Caixas, pela Rua Peru e pela Rua Panamá, com mais segurança e agilidade, até chegarem na Rua Bolívia.

A intenção é que, na região do Aeroporto e do Jardim Califórnia, a população tenha uma alça de acesso com calçada e toda a estrutura de mobilidade urbana, principalmente para quem vem da Avenida Dez de Dezembro e pretende acessar a Avenida Santos Dumont.


Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas