Atunorpi realiza reunião online sobre turismo no Norte Pioneiro


A Associação Turística do Norte do Paraná (Atunorpi) realizou nesta quarta-feira (20) reunião em forma de vídeo conferencia pelo aplicativo Zoom para debater e falar sobre projetos turísticos na região do Norte Pioneiro.
A reunião teve presença de representantes de várias entidades que puderam acompanhar as ações já realizadas e as que ainda serão colocadas em prática na região. Em pauta estavam a Rota do Rosário, Rota do Café e Angra Doce, projetos de incentivo ao turismo no Norte Pioneiro do Paraná e Sudoeste do Estado de São Paulo.
O presidente da Atunorpi, Welington Trautwein Bergamaschi comandou a reunião e citou diversos detalhes das ações desenvolvidas. Ele iniciou a explanação onde citou os 1150 quilômetros percorridos em apenas três dias para a sinalização rodoviária em estradas estaduais e federais e toda a extensão da Rota do Rosário.
“Esta sinalização é de extrema importância para colocar a Rota do Rosário em evidencia no Norte Pioneiro e até no estado de São Paulo”, destacou Welington. O consultor da Atunorpi, João Gouveia Cezar ressaltou a importância. “Com isto a Rota do Rosário passa a ter uma identidade maior e ganha destaque nos cenários turistico estadual e federal”, destacou.
Segundo Welington, com a sinalização adequada, toda região irá ganhar. “o DER referendará todo nosso trabalho e toda região terá indicação das placas, sendo nas rodovias; estadual, as Pr’s e Federal, Br’s, desde as cidades, até os santuários em locais estratégicos. Exemplo: implantação de pórticos de sinalização próximo ao pedágio de Marques dos Reis, chegada por Ponta Grossa nos Campos Gerais e na ponte de Chavantes”, explicou.
Durante a reunião online também foi comentado sobre a importância da Rota do Café para o turismo regional, o projeto Angra Doce que comtempla cinco cidades do Paraná e 10 do estado de São Paulo e ainda sobre a Atunorpi ser correspondente da Fomento Paraná.
“Sendo correspondente poderemos ajudar mais empreendimentos a alavancar suas atividades, pois poderemos por meio da Fomento Paraná, conceder até R$ 20 milhões que ajudarão empreendedores a expandir hotéis, restaurantes, atrativos e alavancar o turismo na região”, finalizou o presidente da Atunorpi, Welington Bergamaschi.

FONTE: JDS COMUNICAÇÃO

Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
Entre no nosso grupo do Telegram. CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. CLIQUE AQUI

SIGA O LINKEDIN. CLIQUE AQUI
Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas