Assembleia vai reforçar ações no combate ao coronavírus, diz Romanelli


A Assembleia Legislativa tem uma atuação importante no combate ao avanço do coronavírus no Paraná e vai reforçar as ações nas próximas semanas já que a previsão é de desenvolvimento na curva de contaminação, disse o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) em entrevista à imprensa nesta quarta-feira (3). Romanelli destacou o trabalho do legislativo desde o início da pandemia com uma série de leis e medidas para frear o avanço do vírus.

"A previsão é de que as próximas seis semanas serão as mais difíceis para nós do Paraná. Há um crescimento efetivo da transmissão do vírus. A chegada do inverno, por exemplo, vai resultar no aumento do número de casos. O governo, que tem a responsabilidade executiva, tem de se adequar. Para isso, precisa necessariamente de leis para ter ações específicas. Temos que continuar trabalhando", disse Romanelli.

Além das sessões remotas, Romanelli lembrou da suspensão do recesso parlamentar no mês de julho. A intenção é de que a Assembleia continue tomando decisões céleres no enfrentamento à pandemia. "Não será por falta de atuação do poder legislativo que não teremos ações do Estado para lutar contra o coronavírus.  Pelo contrário. Tudo na Assembleia é feito com a velocidade que o tema requer. Isso tem tido a contribuição e compreensão de todos os parlamentares", disse.

Romanelli lembrou ainda de ações do legislativo na contenção do avanço da covid-19. O deputado citou como exemplo que ao aprovar a  lei 20.189/2020, o Paraná foi um dos primeiros estados a adotar a obrigatoriedade da utilização de máscaras em espaços como ruas, parques, praças, transporte coletivo, rodoviárias, portos, aeroportos, transporte coletivo, táxi, transporte por aplicativo, repartições públicas, comércio, indústria, bancos, serviços e qualquer estabelecimento semelhante. "De uma maneira geral, a lei teve uma grande adesão da população. Ao lado do distanciamento social, isso ajuda muito", avaliou.

Saúde - 
Romanelli lembrou de  outra medida da Assembleia Legislativa: o repasse de R$ 37,7 milhões de recursos do legislativo para o Fundo Estadual da Saúde. Dinheiro para contratação de 1.500 leitos de UTI e de emergência e aquisição de equipamentos de proteção para os profissionais de saúde.

Segundo o deputado, a Assembleia tem focado sua atuação neste ano no auxílio ao sistema de saúde estadual. Um exemplo é um convênio assinado na quarta-feira em que o legislativo repassou R$ 2,5 milhões ao Hospital Erasto Gaertner. Os recursos serão utilizados para a compra de equipamentos e mobiliários para o novo Hospital Erastinho, que está em fase final de construção. O montante faz parte do total de quase R$ 8,3 milhões destinados ao hospital.

"Estamos trabalhando na Assembleia a boa gestão do dinheiro público, com foco grande na área da saúde. Vamos sair desta pandemia com uma estrutura melhor no Paraná", avaliou.


Já segue nossas Mídias Sociais

Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. 
CLIQUE AQUI
SIGA O BLOGGER. 
CLIQUE AQUI
SIGA O LINKEDIN. 
CLIQUE AQUI

Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas