Em Jacarezinho, condenados na Lei Maria da Penha não podem assumir cargo em comissão



As pessoas condenadas pela Lei Federal 11.340/2006 (mais conhecida como LEI MARIA DA PENHA) não poderão assumir cargos em comissão no município de Jacarezinho. A proposta foi apresentada pelos vereadores André de Sousa Melo, o Pastor André, e Sidnei Francisquinho, o Chiquinho Mecânico, e aprovada por unanimidade.
O Poder Executivo já sancionou através da Lei 3.801 que entrou em vigor a partir da data de publicação que foi no dia 22 de julho. A vedação prevista no caput deste Artigo inicia-se com a condenação em decisão transitada em julgado, até a comprovação do cumprimento integral da pena.
Na justificativa do projeto os vereadores destacam que a Lei Maria da Penha cria mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher, estabelecendo, entre outras disposições, que o poder público desenvolverá políticas que garantam os direitos humanos das mulheres no âmbito das relações domésticas e familiares.
“A aprovação deste Projeto de Lei no âmbito do Município de Jacarezinho constitui importante iniciativa, que servirá de exemplo também para outras instituições e municípios brasileiros ao reforçar a necessidade de enfrentamento e redução dos índices de violência, especialmente daqueles advindos do âmbito familiar e/ou doméstico”, finaliza a justificativa do Projeto que foi aprovado.




VEJA A LEI MARIA DA PENHA NA ÍNTEGRA

FOTO ILUSTRATIVA DA INTERNET




Já segue nossas Mídias Sociais?

ENTRE EM NOSSO GRUPO DO WHATS. CLIQUE AQUI
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
Entre no nosso grupo do Telegram. CLIQUE AQUI


Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas