AMUNORPI entrega carta de pedidos para Governo do Estado



O prefeito de Ribeirão Claro Mário Pereira realizou a leitura de uma carta de pedidos para a Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (AMUNORPI). A região é composta por aproximadamente 350 mil habitantes e já foi responsável por movimentar quase sozinha a economia do Estado (com a produção de café).
A entrega da carta foi realizada ao Secretário da Casa Civil Guto Silva durante visita a Exposição EFAPI em Santo Antônio da Platina na última quinta-feira, 25. Mário Pereira alavancou várias solicitações em âmbito regional que os prefeitos estão batalhando.
Um dos pontos destacados é a Duplicação da PR 092 entre os municípios de Santo Antônio da Platina e Jaguariaíva. Esta ação iria facilitar o escoamento da produção agropecuária e industrial da região, além de contribuir com a interrupção imediata de mortes causadas em acidentes no seu trajeto. Outro ponto solicitado é duplicação da BR 153 entre os municípios de Santo Antônio da Platina e Jacarezinho.

A Implantação da Faculdade de Medicina no Norte Pioneiro também foi destacada. “Um sonho e uma luta de mais de 20 anos que viria contribuir para suprir a falta de médicos, uma vez que estaríamos próximos ao núcleo de ensino”, comenta Mário Pereira.
Outro ponto solicitado foi a autorização da licitação para a construção do Centro Regional de Especialidades. Além disto, a realização de pequenas cirurgias e funcionamento das UTI’s no Hospital Regional, localizado em Santo Antônio da Platina. A carta explica a importância do funcionamento da unidade hospitalar.
O Angra Doce também foi pauta da carta. “Para que a falta de indústrias em geral, seja suprida pela indústria do turismo aquático, aliadas a Rota do Rosário. Turistas precisam de facilidade de acesso principalmente com a conclusão da PR 151, ligando Carlópolis a Santana do Itararé (passando por Salto do Itararé), rodovia que margeia a represa Xavantes”, explica Mário Pereira.
Mais um ponto que a AMUNORPI destacou sobre a construção de um Presídio Regional, para presos exclusivamente da região, que facilitaria a manutenção do vínculo familiar e de visitação, evitando que os presidiários sejam enviados para regiões distantes. “Estando perto, teriam maior possibilidade de recuperação. Esta construção deverá ser localizada a alguma distância dos centros urbanos, às margens de rodovias, o que facilitaria o acesso e não comprometeria a vida das cidades”, finaliza o prefeito Mário Pereira lendo a carta. 



Entre no nosso grupo do whats. CLIQUE AQUI 
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK. CLIQUE AQUI
SIGA NO INSTAGRAM. CLIQUE AQUI
 


Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas