Romanelli participa da homenagem ao ex-diretor da Uenp

Ao lado do prefeito Amin Hannouche (PSDB), o deputado Romanelli (PSB) participou na noite desta quinta-feira, 4, da inauguração do Monumento à Paz em homenagem ao professor Sérgio Roberto Ferreira no Campus da Uenp (Universidade Estadual do Norte do Paraná) em Cornélio Procópio. “É mais um momento oportuno para destacarmos a importância de uma boa convivência entre todos e de defendermos a cultura paz. A morte do professor Sérgio não foi em vão e este monumento perpetuará suas ações e seu amor por esta Universidade”, disse Romanelli.

"O professor Sérgio era uma pessoa que replicava sempre um comportamento muito respeitoso entre todas as pessoas. O fortalecimento da Uenp era também a sua missão, que nós temos de continuar e ampliar. Relembrar a memória do professor Sérgio faz com que o nosso país possa reencontrar o reequilíbrio na cultura da paz", completou.

Exemplo - Romanelli destacou ainda que a obra do campus da Uenp em Cornélio Procópio é fruto do sonho do professor Sérgio Ferreira. "Ele unificou o campus com  novos laboratórios e com esses laboratórios, Cornélio Procópio pode ganhar o curso de medicina", disse.

"Nós temos que buscar o respeito e a dignidade de todos, através de um comportamento ético. Sabemos que parte da nossa sociedade hoje sofre de uma patologia, do vírus da intolerância e da insensatez, do vírus daqueles que acham que a violência resolve tudo. Nós temos que combater esse vírus como agentes da cultura da paz", completa o deputado.

Monumento a Paz - A homenagem contou ainda com a participação da reitora Fátima Padoan, familiares, professores, alunos e convidados. O prefeito Amin Hannouche enalteceu o trabalho realizado pelo ex-diretor, falecido em dezembro de 2018 na própria universidade. “O professor Sérgio Ferreira fez muito pela Uenp e também por Cornélio Procópio. Era nosso amigo e um defensor constante deste campus. Sua partida nos entristeceu muito”, disse o prefeito. 

A solenidade foi marcada pela inauguração de um Monumento a Paz, plantio de Ipês brancos e destaque de uma foto do professor na galeria de ex-diretores do Campus. A reitora Fátima Padoan contou um pouco da convivência que teve com o diretor e sua eficiência e capacidade de gerenciamento. “Ele amava esta instituição como ninguém. Tinha disposição e defendia este campus com todo o seu vigor e inteligência. Foi uma grande perda para a comunidade universitária paranaense”, disse. 

A Universidade Estadual do Norte do Paraná convidou a toda comunidade acadêmica, estudantes, professores e agentes universitários dos três campi, Bandeirantes, Cornélio Procópio e Jacarezinho para participar do movimento “UENP pela Paz”. Balões brancos foram soltos durante a cerimônia. A grande maioria dos convidados estava vestido de branco no ato simbólico para celebrar a paz e a memória do professor Sérgio Ferreira.

A obra “Juntos”, escultura em aço carbono de autoria do artista Eduardo Alberto da Silva, de Londrina, foi inaugurada durante o evento. Patrocinado pela empresa Iguaçumec, o Monumento à Paz traz como referência a diversidade humana e simbolicamente a mensagem de que todos devem caminhar juntos, cuidando uns dos outros para que nada de mal aconteça.
Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas