Investimentos da União, Itaipu e do Governo do Paraná são destacados em Foz do Iguaçu



O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, e o vice-prefeito, delegado Francisco Sampaio, visitaram na última semana o canteiro de obras da Ponte da Integração Brasil-Paraguai, que já alcança 71,5% de execução. Custeada pelo governo federal, por meio da Itaipu Binacional, com gestão do governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), a nova estrutura  marca um novo ciclo de desenvolvimento em Foz e região.  


“A nossa região tem recebido importantes investimentos em obras estruturantes dos governos federal e estadual. São iniciativas que contribuem para o desenvolvimento e diversificação da economia, e que transformarão Foz em um grande hub logístico”, comentou Chico Brasileiro.  

“Nós só temos a agradecer a União, Itaipu Binacional e o Governo do Paraná por essas obras, que vão atrair mais investidores e, consequentemente, benefícios para a nossa população”, complementou o prefeito. 

Com investimentos previstos de R$ 323 milhões, a ponte terá 760 metros de comprimento e vão-livre de 470 metros – o maior da América Latina. Serão duas pistas simples com 3,6 metros de largura, acostamento de três metros e calçada de 1,7 metro nas laterais. 

A estrutura será maior que a primeira ponte de ligação ao Paraguai, a Ponte Internacional da Amizade, e se localiza a cerca de 10 quilômetros de distância desta.

“Esta ponte era um sonho antigo de muitos brasileiros e paraguaios, e já está se tornando realidade. É uma obra construída por muitas mãos e que fará a diferença para a logística de todo o Brasil. É uma honra ter em Foz uma obra desta magnitude”, disse o vice-prefeito, delegado Francisco Sampaio.

Perimetral Leste

Além da Ponte da Integração, também está em construção, com recursos do governo federal viabilizados pela Itaipu, as obras da Perimetral Leste, rodovia de 15 quilômetros que vai conectar a nova ponte à BR-277. As obras chegaram a 4,33% no mês de outubro. O investimento executado é de cerca de R$ 4,51 milhões. 
Postagem anterior
Proxima
Postagens Relacionadas